11 ferramentas para acelerar suas vendas 11 ferramentas para acelerar suas vendas

11 ferramentas para acelerar suas vendas

Antonio Carlos Soares
Antonio Carlos Soares

Antonio Carlos Soares (AC) iniciou sua carreira como consultor no Monitor Group. Foi sócio e diretor de planejamento e gestão da Trip Editora de 2000 a 2007. Em junho de 2007, juntou-se à Aorta Entretenimento como sócio e CEO, tornando-se responsável pelo reposicionamento que levou a empresa à liderança do setor de desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis para empresas, obtendo um crescimento de 12 vezes em 4 anos e conquistando os mais importantes prêmios do setor. Hoje, como empreendedor serial, dedica-se à criação do runrun.it, um software para gestão de equipes na nuvem. Além disso, é vice-presidente da ONG Ação Comunitária, voltada à educação de crianças em áreas de risco social.

Do primeiro contato ao atendimento: conheça plataformas para ajudar nas vendas.

Quando se fala em vendas, o que você pensa? Uma feira com várias barracas disputando a atenção dos fregueses? Um shopping com vitrines belíssimas e cartazes de “sale” e “off”? Uma loja online em que apenas um clique pode fazer a diferença entre um visitante e um cliente? Todas as alternativas estão corretas e, para todas, é preciso existir um esforço de convencimento: gritar o preço mais alto, fazer a oferta mais encantadora ou manter o usuário numa plataforma limpa e intuitiva, facilitando a venda.

Existem várias armas e estratégias para vender, e o processo de atrair, converter e reter é válido para qualquer empresa. Afinal, é preciso acompanhar o cliente do começo ao fim, desde quando ele é apenas um visitante até virar uma oportunidade e, depois, um cliente satisfeito. E existem ferramentas para ajudar a acelerar cada etapa, podendo ser usadas nos mais variados tipos de negócio, online ou offline.

Aqui no Runrun.it, usamos ferramentas antes, para nutrir o lead, educando-o para usar nosso software; durante, para ajudar na gestão da venda; e depois, para nos relacionar com ele, nos certificando de que ele está satisfeito com nosso produto – e não irá embora. Seguem, abaixo, algumas delas e outras, que podem ajudá-lo a decolar seus negócios.

Antes: Nutrição

1. RD Station e 2. Hubspot: Ferramentas que analisam todas as visitas à sua página, os leads, os leads qualificados, as oportunidades e as vendas. Possui ferramenta de criação de landing pages para a inscrição e fluxo de nutrição do lead e de email marketing para a sua base (para o envio de novidades, promoções, newsletters de conteúdo etc). Também ajuda a otimizar páginas para determinadas palavras-chave. O Hubspot ainda acompanha toda a trajetória do lead, desde onde ele foi impactado pela marca pela primeira vez (seja por conteúdo pago – anúncio – ou por visita orgânica).

Durante: CRM

3. Pipedrive, 4. Agendor e 5. Plug: Esses softwares ajudam a organizar os potenciais clientes entre os membros da sua equipe de vendas e também oferecem relatórios de performance de cada vendedor. Têm integração com as ferramentas de nutrição.

Durante: Contato

6. Five9 e 7. Talkdesk: São call centers, mas na nuvem, sem a necessidade de ter toda a infraestrutura telefônica. Tudo fica registrado na ferramenta, por isso, é possível saber quantas ligações foram realmente feitas, quantas foram finalizadas, entre outros dados.

8. Sidekick: Serviço oferecido pelo Hubspot para conferir se os e-mails enviados foram ou não abertos pelos destinatários. Isso ajuda a entender o tipo de contato que deve ser feito por telefone, por exemplo, para saber se o lead está frio ou quente (se recebeu suas comunicações anteriores ou não).

Depois: Relacionamento e Pós-Vendas

9. Intercom.io: Ao integrar o Intercom.io com a base de dados do seu software, você terá vários gatilhos sobre o comportamento do usuário para usar em comunicações de relacionamento, em medidas anti-churn, em newsletters genéricas ou em réguas de nutrição. Também oferece chat ao vivo dentro da aplicação.

10. Zendesk: Ferramenta de SAC, para o atendimento de usuários via e-mail, redes sociais e site de suporte. Registra todos os chamados e cria um histórico da conversa. Também promove avaliações do time de suporte a partir da visão de quem foi atendido e fornece relatórios que ajudam a entender melhor as demandas dos clientes.

11. Totango: Mede o engajamento do usuário dentro da ferramenta, indicando sua atividade para a tomada de decisão em relação à evolução da ferramenta, possíveis correções e abordagem da área de sucesso do cliente, reduzindo o churn.

Leia mais:

13 ferramentas de finanças para você não perder a conta

12 ferramentas para sua empresa crescer online

[eBook] Funil de Vendas na Prática