Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Como criar uma Spin-off, ou: lidando com um novo core business

LoadingFavorito
Como criar uma Spin-off, ou: lidando com um novo core business

Tem um produto secundário bombando? Em vez de desfocar do seu core business, já pensou em criar uma spin-off?

Investimento inicial baixo e alto potencial de crescimento são 2 fatores que explicam por que o universo de startups não para de crescer (em 2014, estas já somavam mais de 10 mil no país). Segundo um levantamento feito pela Anjos do Brasil, o país alcançou, no ano passado, a incrível marca de R$ 688 milhões aportados em startups! O que isso tem a ver com spin-off? Tudo.

A relação é que, muitas vezes, o crescimento de um produto dentro de uma startup é tão grande que a criatura ganha vida e se separa do criador, dando origem ao que chamamos de spin-off (spin-off empresarial ou derivagem), uma expressão que deve estar na ponta da língua de qualquer empreendedor que tenha os olhos fincados no sucesso. Hoje você vai entender o que significa essa expressão, quais as diferenças entre spin-off acadêmica e spin-off corporativa e quando é a hora de desenvolver essa estratégia!

Não deixe o sucesso de um produto se tornar um problema em sua startup!

Descubra aqui se já não está na hora de “spinoffar” algo em sua empresa.

O que significa spin-off no mundo do empreendedorismo?

Já ouviu falar que a mesma isca lançada para pescar uma sardinha às vezes pesca um tubarão? Pois no mundo dos negócios, especialmente no das startups, muitas vezes, é exatamente isso o que acontece. Assim como ocorre na TV, quando um personagem de uma série, por exemplo, faz tanto sucesso que ganha um novo seriado onde passa a ser ainda mais explorado, ao abrir uma startup, com poucos recursos e sonhos transbordantes, muitos empreendedores se surpreendem com o êxito brusco de algum dos produtos de seu portfólio (que não foi pensado originalmente como produto-foco da empresa), que se torna ponto de atração para aporte de altos valores e, por consequência, a verdadeira menina dos olhos de seu negócio.

Ocorre que, ao manter atrelado a uma startup um produto de crescimento exponencial, em um dado momento, essa vinculação pode começar a “segurar” o crescimento do produto, bem como ofuscar o desenvolvimento de outros itens do portfólio. Ou seja, o que era para ser comemorado passa a ser motivo de tensão na organização. Essa é a hora de pensar na derivagem.

Como criar um spin-off do seu negócio? Em que situações isso pode ser vantajoso?

Quando oriunda de universidades ou laboratórios, essa estratégia é chamada de spin-off acadêmica, em contraposição à spin-off corporativa (nascida dentro de uma empresa). No caso do ambiente estudantil, é mais fácil visualizar a hora de dar mais corpo a essa ideia de sucesso precoce. Mas e no caso de uma empresa? Como criar, como saber em quais situações isso pode ser vantajoso?

A criação de uma empresa a partir de um produto de outra passa, necessariamente, pelas seguintes etapas:

  1. Criação da empresa-mãe (startup);
  2. Elaboração do plano de negócios;
  3. Divulgação da tecnologia;
  4. Incubação/aportes financeiros;
  5. Desenvolvimento dos produtos;
  6. Crescimento exponencial de um deles;
  7. Nova empresa!

A decisão do momento ideal para a criação de uma nova empresa focada no produto-destaque da startup passa pela sensibilidade em perceber se esse produto está impedindo o foco do time nos demais itens do portfólio.

Além disso, é preciso entender se a estrutura limitada da startup pode estar sendo um empecilho para alavancar novas oportunidades.

Qual é a diferença entre startup e spin-off? (Spin-off não é uma franquia!)

Uma startup nasce a partir de uma ideia inovadora, ligada à tecnologia, com possibilidades de crescimento exponencial e que apresenta um grande diferencial no mercado. É a partir da elaboração de um plano de negócios que mostre a viabilidade dessa ideia que é possível atrair o que se chama no mercado de seeds (ou, em português, “capital semente”) das mãos de investidores-anjo que aportam capital em negócios de alto potencial. No entanto, a startup (empresa-mãe) pode ter um “filho prodígio” (produto de destaque), fazendo com que os sócios entendam que seria mais útil centralizar as atenções nessa “joia emergente”, de forma desconectada da startup original. Aqui teremos então um spin-off. Percebeu a diferença?

Outro ponto é que, enquanto startups costumam começar totalmente do zero em termos de estrutura, ou se instalam em incubadoras ou aceleradoras (quando selecionadas), a spin-off comumente inicia suas atividades com a estrutura herdada de sua empresa-mãe.

É importante deixar claro que spin-off empresarial nada tem a ver com franquias. Enquanto a primeira se refere a uma nova empresa com base em um produto que ganha destaque — a princípio, completamente diferente da empresa-mãe —, a franquia é uma modalidade de negócios em que uma empresa permite o uso de sua marca e distribuição de seus produtos a outros, por meio de um contrato firmado entre as partes e repasse de um percentual sobre o faturamento - mantendo-se, assim, a mesma empresa.

Quando é melhor internalizar uma mudança ou inovação e quando é melhor fazer um spin-off do negócio?

Se o produto tem guarda relação com outros do portfólio, pode ser interessante mantê-lo em seu case. Entretanto, se suas sucessivas melhorias o transformaram em um item com pouca relação com a missão da empresa, tenha a certeza que é hora de pensar em “spinoffar”.

Algumas dicas importantes para serem adotadas antes de fazer um spin-off do negócio:

1. Desenvolver um bom plano de negócios

Compreender seu ambiente externo é essencial para decidir com assertividade se realmente é uma boa ideia desvincular um produto de uma empresa. Assim, fazer uma boa análise de mercado, compreender as necessidades de seus clientes, desenvolver um MVP — Minimum Viable Product (versão do produto com funcionalidades mínimas, a título de teste), são algumas medidas que certamente irão auxiliar no processo decisório.

2. Não tente forçar relações entre produtos que não dialogam entre si

Se os produtos não forem complementares, insistir em desenvolvê-los pensando em integrá-los “na marra” só vai prejudicar a empresa como um todo.

3. Dialogue constantemente com profissionais do mercado

Seria como obter uma espécie de “benchmarking verbal”. Orientação e direcionamentos de quem já trilhou esse caminho ajudará o empreendedor a perceber se deve adotar a estratégia.

Cases de sucesso

  • Programas espaciais que desenvolveram tecnologias usadas pelo mercado (já ouviu falar no travesseiro da NASA?);
  • Programas Smiles e Multiplus, das companhias aéreas Gol e TAM, fizeram tanto sucesso, que foram transformadas em empresas independentes;
  • BB Seguridade, vertente securitária do Banco do Brasil, também apresentou ótimos resultados em sua estreia na Bolsa de Valores e também de desvinculou do banco que lhe deu origem.

Perceba, portanto, que spin-off (spin-off empresarial ou derivagem) é uma estratégia inteligente e  que pode ser interessante tanto para as empresas nascentes, quanto para os “tubarões” do mercado. Spin-off acadêmica ou spin-off corporativa, o importante é que o empreendedor elabore um planejamento adequado e um preciso estudo do mercado. E em sua empresa, há algum produto a “spinoffar”?

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. marilenemirandat@icloud.com - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Tenho uma sorveteria, é uma loja de noiva, queria saber novidades sobre menus negocios?

Parceiros
Criação e desenvolvimento: