Gestão financeira: guia básico para se planejar

Endeavor Brasil
Endeavor Brasil

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 30 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Uma boa gestão financeira faz sua empresa crescer no mercado. Valorize itens como a poupança e gastos menores para sua gestão financeira ser completa.

PreviewJá houve um tempo na história em que era possível viver sem a necessidade de um controle absoluto sobre as finanças, é verdade, mas atualmente, viver sem utilizar bem o dinheiro é quase utopia e, quando se trata de negócios, não contar com uma gestão é quase como atirar no próprio pé. O que resta, então, é aprender a lidar com ele, praticando a gestão financeira para evitar que o dinheiro se transforme no carrasco da sua empresa.

Quando o assunto é gestão financeira, a premissa mais importante é: gaste menos do que ganhe. Mas, como fazer para gastar menos do que se ganha? Os especialistas financeiros costumam recomendar um guia básico para finanças saudáveis da sua empresa, com três regras eficazes: planejar, fugir do ciclo vicioso de dívidas e desenvolver o importante hábito da poupança.

Aprenda a se planejar na gestão financeira

A melhor ferramenta para uma administração financeira é um orçamento realista que ajude a planejar e controlar todos os gastos minuciosamente e que mostre onde os recursos podem ser aplicados corretamente. Com um mercado cada vez mais exigente e competitivo, é preciso estar sempre preparado para novas oportunidades.

Muito cuidado para não cair no ciclo vicioso das dívidas.  Evite compras a prazo que comprometam dinheiro com o qual você ainda não conta no caixa. Os analistas chamam isso de hábito da dívida – ou seja, o péssimo costume de assumir uma prestação seguida da outra, superando-se o próprio limite de renda e de qualquer possibilidade de investimentos ou de poupança.

E, falando em poupança, pratique fervorosamente esse hábito saudável. Considerando que todas as pessoas e também as empresas estão sujeitas às oscilações da roda da fortuna, experimentando períodos de bonança e escassez, é prudente manter uma poupança para administrar os problemas financeiros em possíveis épocas de vacas magras. O recomendável é um bom plano de gestão das finanças que viabilize reservar, por ano, como poupança, um valor mínimo de pelo menos três vezes o total dos gastos da empresa por mês.

A recomendação final é que, seja qual for o tamanho de sua empresa, não despreze a necessidade de uma boa gestão financeira para ajudar a lidar com dinheiro, ganhos e investimentos de modo equilibrado, mantendo sua empresa em plena saúde financeira.

Veja mais: Orçamento Base Zero