facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

A propósito: você sabe aonde quer chegar?

LoadingFavorito

Lucro + justiça social, competição + espiritualidade, eficiência + bem estar: atualmente, ter um propósito faz toda a diferença. E quanto antes você descobrir o seu, melhor para sua empresa. 

“Se um homem não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável.”

Sêneca

Sexta feira, final do dia e do mês. Em um momento de rara tranquilidade, você, empreendedor(a), está em sua sala, olhando para o horizonte e refletindo sobre o propósito desta semana e das três que a antecederam: elas foram absolutamente frenéticas. Reuniões e mais reuniões, relatórios intermináveis para preencher, processos para acompanhar, contratações para realizar, planejamentos para coordenar, viagens de um dia; tudo embalado pela trilha estridente do telefone, que não parou de tocar.

O telefone, aliás, toca nesse momento. Escandaloso, o aparelho soa e vibra ao lado da sua caneca de café. Ambos estão na sua mesa que, com objetos espalhados e torres de papel por todos os lados, parece a maquete de uma metrópole caótica. Tudo aparentemente sem propósito. Aparentemente.

Então, após um longo suspiro e um gole de café frio, você:

1) sorri satisfeito e atende o telefone

2) deixa que toque até parar, porque você não aguenta mais

Independentemente da resposta dada para a situação hipotética acima, ela tem a ver com uma questão fundamental não apenas para qualquer empreendedor, mas para qualquer pessoa. Tem a ver com saber onde queremos chegar. Tem a ver com o propósito – e é disso que este artigo vai tratar.

Nos corações e mentes das novas gerações

Hoje em dia, felizmente, o propósito como o conhecemos voltou à pauta. A vontade maior de realizar ou conquistar algo retornou à voga, e isso é tremendamente promissor. Afinal, é consenso, entre antropólogos e outros especialistas, que as novas gerações se distinguem cada vez mais das anteriores por buscarem fazer aquilo que realmente gostam, a arriscar por aquilo que as move de fato – de acordo com a consagrada máxima de que “dinheiro é consequência”.

Há uma série de explicações para este retorno triunfal. Novas possibilidades tecnológicas, ausência de guerras significativas, conjunturas econômicas favoráveis, etc; mas deixaremos esta contextualização a cargo dos especialistas.

Aqui, vamos refletir sobre o propósito no seu âmbito, caro empreendedor. E você verá que, por mais que pareça uma discussão um pouco abstrata, é uma reflexão fundamental para qualquer atividade com a qual você venha a se envolver.

Não sei se tenho um propósito

Será? Pode até ser que você tenha, mas que utilize outro nome ou expressão: objetivo, finalidade, desígnio, etc. De toda forma, a nosso ver propósito é um termo mais exato, pois expressa justamente aquela vontade imensa que sentimos de realizar/alcançar algo.

Ter um propósito claro na vida é saber onde se quer chegar – e, sobretudo, dispor da energia necessária para enfrentar a trajetória, que certamente não será fácil.

Tomemos como exemplo a situação hipotética do início do texto. Claro que se trata de uma suposição; porém, se você ainda não tem um propósito bem definido, é provável que opte pela segunda opção. Afinal, quando você não tem muita ideia do que pretende realizar, nenhuma atividade será realmente de seu contento. Nenhum vento será favorável, como propôs o pensador romano Sêneca na epígrafe deste artigo.

Então, nas situações-limite – e elas são muito frequentes na vida de um empreendedor –, o mais provável é que você, irritado e infeliz, sinta vontade de mandar tudo às favas, quando deveria ser o contrário.

Mas como definir o meu propósito?

Não existe uma fórmula definitiva. Afinal, ele é o seu propósito; é uma questão muito íntima e subjetiva, com a qual cada um tem seu próprio jeito de lidar. Às vezes o propósito surge por eliminação – após nos envolvermos em uma série de atividades, enfim o descobrimos; às vezes já temos a certeza desde a mais tenra idade; às vezes o propósito surge por inspiração de alguém que você admira.

De toda forma, o fato é que um propósito não é identificado sem que façamos, em dado momento de nossas vidas, algumas perguntas incômodas a nós mesmos: qual é o sentido de viver para trabalhar? Qual o propósito de dedicar pelo menos um terço – geralmente muito mais – da minha vida a atividades cujo sentido desconheço? E talvez a mais temida de todas: sou feliz com o que faço?

“O meu propósito é o dinheiro”, você pode responder. Claro, um propósito mais do que legítimo. Porém, refazemos a pergunta: qual o propósito de ir em busca desse dinheiro? “Conforto”, “casa própria”, “viagens”, “educação de qualidade para meus filhos…”; perfeito. Mas – e pedimos perdão pela insistência –, para que tudo isso?

As perguntas são mesmo incômodas; mas as respostas podem te ajudar a ter muito mais clareza, tanto na vida quanto no momento de se posicionar diante dos clientes.

É somente ao descobrir o seu propósito que você poderá realmente oferecer algo ao mercado, diferenciando-se daqueles que apenas querem alguma coisa dele.

Ter um propósito é ter algo a entregar de fato

Em relação aos negócios, quando o seu propósito é bem definido, é muito provável que o da sua empresa também seja. Em consequência disso, fica muito mais fácil promover uma oferta de valor para o mercado, porque você conseguirá transmitir confiança naquilo que oferece. Se algum cliente não quiser, sem problema; outro há de querer. E aí, sim, a prosperidade financeira será mera consequência destes valores intangíveis que você oferece.

Por outro lado, se você ainda não identificou o seu propósito, é importante que comece a refletir. Primeiro porque, se for somente dinheiro, é mais difícil passar a confiança necessária para os consumidores. E segundo porque, com um propósito, a vida fica certamente muito mais leve, e os desafios que ela impõe, mais suportáveis.

Empreendedorismo: um propósito e tanto

Para concluir, algumas palavras sobre a dimensão do propósito empreendedor em termos econômicos e sociais aqui no Brasil.

Uma última pesquisa realizada pelo GEM (Global Entrepreneurship Monitor) mostrou que no Brasil há, hoje, aproximadamente 27 milhões de pessoas envolvidas ou em processo de criação de negócios por conta própria. E estes 27 milhões são responsáveis por mais de 60 milhões de empregos formais e informais – ou seja, a mais de 75% da massa trabalhadora em atividade. De acordo com este artigo do portal Administradores, o Brasil aparece em terceiro lugar no ranking de 54 países do estudo. Uma outra pesquisa, realizada pela Cia. de Talentos, indica que 56% dos jovens entrevistados pretendem abrir um negócio por conta própria.

São números assombrosos, sem dúvida; mas que apenas comprovam o fato de que cada vez mais pessoas vão em busca de seus propósitos, transformando seus sonhos em negócios, e transformando assim também a vida de outras pessoas e, enfim, da nossa sociedade.

Alguma recomendação de leitura mais aprofundada?

Claro. Recentemente, o jornalista Alexandre Teixeira lançou o livro De dentro para fora: como uma geração de ativistas está injetando propósito nos negócios e reinventado o capitalismo.

Na obra, Teixeira cita exemplos de empreendedores que lutam para conciliar lucro e justiça social, competição e espiritualidade, eficiência e bem estar; enfim, como procuram um caminho mais sustentável e um sentido mais profundo sem abandonarem o mercado. O texto pode ser muito inspirador neste momento em que você talvez busque seu próprio propósito. Além disto, na Ferramenta Propósito Pessoal para Empreender você pode fazer uma reflexão mais prática.

Então, boa leitura — e boa busca!

Afinal, todos merecemos marcar a primeira opção naquela hipótese lá de cima.

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

17 Comentários

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. James Mendes - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Excelente artigo! O propósito e tudo. Em alguma fase da nossa vida ficamos desmotivados até o ponto que não acharmos que nada mais vale a pena. É porque, esquecemos de buscar o nosso propósito. Obrigado.

  2. André Medina - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Desde que defini o meu propósito minhas decisões se tornaram muito mais fáceis. Inclusive também escrevi sobre isso no meu blog: https://andremedina.com.br/2016/01/01/proposito-o-que-e-e-por-que-voce-deveria-ter-um/

  3. Sonia Maria da Cruz amorim - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Gostei muito da matéria, realmente da para aproveitar.

  4. Marcos Adalberto Missão - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    aos poucos, começa a definhar o conceito: “deve o desejo de um sobrepujar o de muitos, ou o desejo de muito deve sobrepujar ao de um”, esperança, não morre, mas em momentos se acostuma com a falta de sol, há um único momento, um único espaço, um único badalar das horas, perder o tempo, acumulará as consequências de colher frutos amargos.

  5. Lívia Resende - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    É isto aí!
    Não podemos iniciar um Plano de Negócios sem um propósito.
    Eu iniciei o meu é no meio do caminho tive que parar tudo e analisar os porquês.
    Vale a pena esclarecer o propósito e continuar a caminhada com mais assertividade.
    Pois tudo vai ser mais coerente.

  6. Jorge Luiz Barros Frederico - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Nosso proposito hoje é criar um produto de melhor qualidade usando o mesmo maquinário só mudando os insumos e substratos dando ao mercado um oportunidade de mudança .

  7. Eduardo Reis - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Não importa o tamanho do seu proposito, mas sim a sua conquista.

  8. Éliton Banhos - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    É sempre bom parar, refletir e ajustar a rota, a direção! Entender que temos uma missão, que fomos criados com um propósito faz toda a diferença, mas percebo que nem todos, ou a grande maioria não tem nenhum interesse em carregar esse piano. :)

  9. Maurício Levi - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Jogo Sinuca de Boteco à trinta anos. Criei um Método dinâmico e eficaz para iniciantes. Ao longo desse tempo percebi que o público feminino é evitado e estigmatizado. Através desse Método uma mulher se torna apta à jogar em pouco tempo. Hoje a maioria dos bares tem Sinuca. Um mercado virgem e em expansão.
    Se você é um dos parceiros para tocar o projeto, contate-me: mauriciolevi69@gmail.com

  10. Menezes LP - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Artigo Excelente. Estou buscando mais informações sobre o modelo de negócio que quero abrir. Conhecer mais o mercado e ligar esses fatores: lucro e justiça social, competição e espiritualidade, eficiência e bem estar.

  11. Regina Soares de Miranda Sebold - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Que artigo incrível! De arrepiar! Com certeza ter um propósito faz toda a diferença não só em um negócio de alto impacto mas em qualquer atividade que tenhamos que desenvolver.
    Aprendendo muito com as matérias da Endeavor. Parabéns!

  12. Geordane Luciano da Silva - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Ter clareza de propósito é como ter um porto seguro. Sempre que as coisas ficam difíceis, e durante a jornada de um empreendedor isso acontece com grande frequência, a observação do propósito central nos dá o equilíbrio emocional e a fé tão importantes para vencer.

  13. Paula Souza dos Santos - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Adorei o artigo, relata muito bem meu momento. Estudo empreendedorismo, e meu propósito e estar bem, satisfeita e feliz. Ainda estou em busca da minha ilha!

  14. 2 curtidas
     
    Curtir

    Descobrir nosso propósito, algo que parece difícil pois vivemos com base no que a sociedade nos diz ser melhor, e não por propósitos. Empreender fazendo de uma paixão um negócio já é um passo importantíssimo para o sucesso desta empresa. Conversamos sobre este assunto em um episódio do podcast InquYetos. Quem quiser ouvir ta ai: http://www.inquyetos.com.br/podcast/08-como-encontrar-seu-proposito/

  15. LILIANE LIMA - says:

    3 curtidas
     
    Curtir

    Gostei bastante do artigo. Pois fazia um tempo que tentava descobrir o meu propósito diante de tantas vontades e sonhos que tenho. Com esse artigo veio claramente qual é o meu! Obrigada!

  16. antonio santini - says:

    3 curtidas
     
    Curtir

    Ter um propósito, é ter algo singular e único. é uma bússola essencial para todo vida.

  17. gerson.morettini@gmail.com - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Gostei bastante do artigo.
    Acrescentaria além de definir seus propósitos, ter equilíbrio emocional e muita Fé em Deus para conseguir viver na alegria deste pais maravilhoso e com inúmeros desafios pela frente.

Parceiros
Criação e desenvolvimento: