Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Por que a cultura importa mais nesta época do ano?

LoadingFavorito

No fim do ano, época de festas, mas também de pressões e tensões, os valores de uma empresa tornam-se fundamentais para manter a equipe engajada.

A cultura de uma empresa não se resume a valores que giram em torno do método de trabalho, da produtividade e da forma de encarar o cliente. Ela representa também a forma como as pessoas se relacionam dentro da organização, e determina se o trabalho de cada colaborador é encarado como uma função importante e essencial.

Ao mesmo tempo, se esses valores contagiam a equipe de forma positiva, a empresa melhora as relações dentro de casa e se torna mais produtiva. Por isso, as pequenas confraternizações de time, capazes de fortalecer esses laços e conceitos, são tão importantes, em especial na época de festas do calendário, no fim do ano.

Em um artigo publicado na revista Inc.com, a empreendedora do e-commerce Metal Mafia, Vanessa Merit Nornberg, compartilhou a sua forma de mostrar aos funcionários como aprecia o trabalho feito todos os dias. Além de promover refeições em conjunto, ela procura ir na contra mão dos varejos tradicionais e, em vez de aumentar ainda mais a carga de trabalho no fim do ano, fecha a empresa desde a véspera de Natal até o segundo dia do ano, remunerando a semana como férias.

Para a co-fundadora do Instituto Beleza Natural, Leila Velez, as pessoas que fazem parte da empresa têm de ser, antes de tudo, bem atendidas pela própria organização. Ela procura organizar ao longo do ano eventos que retribuam o trabalho realizado todos os dias por seus funcionários. Em uma de suas ações, sócios e gestores preparam pizzas como agradecimento a suas equipes. Leila reconhece essa prática como ‘endomarketing’, ou seja, um marketing voltado para o público interno.

Nesta época do ano, também é possível que o empreendedor perceba a necessidade de uma transformação nos rumos da empresa. Mas, como observou Deidre Paknad, presidente e CEO da PSS Systems, em uma entrevista ao 30seconds MBA, da revista Fast Company, mudar a cultura de um negócio não é tarefa fácil. Segundo ele, é muito difícil mudar as pessoas que não estão alinhadas com os valores da organização.

“Você terá de plantar novas sementes para colher novas flores. É praticamente impossível mudar a cultura de uma empresa sem mexer nas pessoas do time. Todos os líderes também têm que estar alinhados. Tenha certeza de que você tem as pessoas certas no lugar certo caminhando na direção certa”, orientou.

Para quem está vivendo dificuldades no engajamento do time, selecionamos algumas dicas que podem ser efetivas para incentivar sem pressionar e para motivar de acordo com a sua situação.

 

Por Vinícius Victorino, da equipe de Cultura Empreendedora – Endeavor Brasil.

 

 
 
 
 
 
A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: