facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

De onde vem os empregos que os candidatos tanto falam que vão gerar?

LoadingFavorito
empregos-empreendedor

Você sabe quando aquele político promete gerar mais de 5 mil empregos? Essa é uma promessa bem frequente, mas você já parou para pensar de onde eles surgiriam?

No último dia 16 de Agosto, candidatos à prefeitura e câmaras legislativas municipais por todo o Brasil deram a largada em suas campanhas. Como de costume, diversas propostas para melhorar a vida dos cidadãos brasileiros, em todas as áreas de interesse, foram apresentadas. Teve gente falando de saúde, educação, segurança pública, mobilidade urbana, inclusão social, igualdade de gênero…a lista é longa, mas a gente ficou pensando:

Cadê o empreendedorismo no meio dessa história de campanha, propostas e melhoria de vida do cidadão?

Convenhamos, a vida do brasileiro não está fácil. Segundo pesquisa do IBOPE, a questão do desemprego é a terceira maior preocupação do brasileiro e, segundo o IBGE, há 11 milhões de desempregados no país atualmenteMas por que nós estamos falando disso? Para lembrar o que muitos esquecem: a origem da grande maioria dos empregos está ligada ao empreendedorismo!  

Para se ter uma ideia, no Brasil, menos de 1% das empresas têm crescimento acelerado, e, apesar de serem pouquíssimas, elas são responsáveis por gerar mais de 3 milhões de novos empregos .Agora é só fazermos uma conta simples: se 1% das empresas possuem tanto impacto, imagine a quantidade de empregos gerados no Brasil se o ambiente de negócios das cidades brasileiras fosse mais simples e incentivasse os empreendedores a continuarem crescendo.

Uma coisa é incontestável: apesar de a resposta para o problema de desemprego que enfrentamos atualmente no país parecer simples, todos nós sabemos que crescer com as amarras e burocracias que temos no Brasil não é fácil.

E, mais do que geração de empregos, os cidadãos querem encontrar inovação espalhada por suas cidades, querem oportunidades, querem o futuro hoje. E quem melhor do que essas empresas para ajudar nisso?

Pensando em tudo isso, e com base no Índice de Cidades Empreendedoras da Endeavor, em melhores práticas nacionais e internacionais e em dezenas de conversas com empreendedores e especialistas, nasceu um movimento para definir propostas do que o futuro Prefeito poderá fazer nos próximos quatro anos para que cada vez mais empreendedores cresçam, inovem e gerem empregos na cidade. São mais de 25 organizações espalhadas pelas principais cidades do país que se reuniram para, juntas, direcionar o debate para termos cidades mais empreendedoras.

São três compromissos que buscamos de todos os candidatos que vão ajudar a termos mais empreendedores e mais empregos:

  • Um Prefeito parceiro dos empreendedores

É um fato: 74% dos brasileiros concordam que o desenvolvimento do país depende muito dos empreendedores. Ainda assim, somente 23% acreditam que o governo local apoia quem está a frente de um negócio. Para mudar esse cenário, a principal liderança municipal precisa estar mais próxima dos empreendedores e, mais do que isso, ouvir quem está empreendendo e crescendo na cidade. E, por isso, queremos que os futuros Prefeitos se comprometam em, uma vez por mês, visitar empreendedores e os receber em seus gabinetes para conhecer suas histórias e desafios.

  • Uma cidade mais fácil e menos burocrática para quem quer empreender

Registrar uma empresa no Brasil, segundo o Índice de Cidades Empreendedoras, demora, em média, 129 dias. Durante esse tempo, o empreendedor poderia estar focado em melhorar seu negócio e, inclusive, gerar mais empregos! Queremos que os futuros Prefeitos assumam o compromisso público de diminuir o tempo de abertura de empresas em suas cidades, o qual pode e deve ser inferior a uma semana.

  • Um governo que trabalha junto com os empreendedores

Uma cidade tem diversos desafios, nós sabemos. Mas, mesmo investindo bilhões em compras públicas, muitas vezes as inovações das novas empresas não chegam aos cidadãos. Pensando nisso, porque não unir esses dois universos e trazer soluções inovadoras para os principais problemas das cidades brasileiras? Nós queremos que os futuros Prefeitos criem um programa de inovação aberta que promova o ganha-ganha: a Prefeitura inova em seus serviços, a cidade ganha soluções inovadoras para resolver seus problemas, e as empresas ganham escala, aumentam seu impacto e geram empregos.

Mas tudo isso só será possível se milhares de empreendedores e cidadãos, que não se dão por vencidos, lutarem, lado a lado, por um Brasil melhor para seus negócios. É clichê, mas quando realmente queremos fazer a mudança acontecer, a união faz muita diferença. Se você, assim como nós, também não quer ficar de braços cruzados no meio desse cenário, acesse o nosso movimento e saiba como contribuir.

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. Sigfrid Beilfuss - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Assim como os políticos não criam as vagas de emprego, quem dá emprego são os empreendedores (controversos e odiados patrões), a insegurança/violência não é por falta de polícia ou incompetência e falta de investimento do governo, mas é produto da atitude dos bandidos. Quem algum dia já ouviu um político ou a imprensa dirigir seus discursos aos bandidos afim de resolver essa questão?

Parceiros
Criação e desenvolvimento: