facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

O Segredo das Boas Contratações

LoadingFavorito

Esqueça o lema “Se quer bem feito, faça você mesmo”. Os bons líderes sempre contratam pessoas melhores do que ele.

Millor Machado

Imagine só a situação: você começa sua empresa praticamente do zero, com o tempo começam a aparecer clientes e você consegue atende-los de forma personalizada, entregando um excelente atendimento. Com o tempo, o boca-a-boca se espalha e cada vez mais clientes querem comprar da sua empresa. Eis que então você precisa trabalhar mais e mais para satisfazer a todos, até o momento em que já não tem tempo pra nada e os clientes começam a procurar atenção em outro lugar.

PreviewTriste né?

Pois é, mas não precisa ser assim. Todo empreendedor que quer ir mais longe sabe muito bem que para que sua empresa cresça, ele precisará contratar pessoas para ajuda-lo no dia-a-dia.

Porém, é importante destacar que saber como contratar pessoas não é algo tão simples. Não é à toa que 37,9% dos micro empresários atribuem dificuldade na atração e retenção de talentos como obstáculo para o crescimento, atrás apenas da alta carga tributária.

Esqueça o lema “Se quer bem feito, faça você mesmo”.

O que empreendedor precisa ter muito claro é que, por mais que ele seja bom em quase todas as atividades da empresa, isso não significa que ele deve fazê-las.

Digamos por exemplo que você seja muito bom em Excel e consiga organizar os dados de uma planilha em 10 minutos, enquanto outra pessoa levaria meia hora.

A princípio, esses 10 minutos não fazem tanta diferença, mas imagine que ao invés de ficar mexendo no Excel você usasse esse tempo para ligar para aquele cliente mais importante.

Será que essa ligação não vale muito mais do que o custo de ter alguém levando meia hora para terminar a planilha? Provavelmente sim!

Enquanto um funcionário normalmente tem um salário fixo no final do mês, o empreendedor é diretamente responsável por trazer mais faturamento. Por isso, se uma tarefa não está diretamente relacionada ao crescimento da empresa, ela deve ser delegada.

Autonomia é o segredo das boas contratações.

Como já falamos no artigo As 3 coisas que realmente motivam as pessoas, o dinheiro faz diferença, mas não é a única coisa.

Na maioria das vezes, uma empresa pequena não consegue cobrir todos os benefícios e estabilidade que as grandes corporações oferecem. Em compensação, a possibilidade de aprendizado acelerado, flexibilidade no dia-a-dia e possibilidade de propor e criar novas ideias é algo que chama muita atenção nos melhores profissionais.

Por isso, de nada adianta você contratar uma pessoa para cada tarefa da empresa se ela tiver que pedir autorização a cada passo que der. Lógico que existe um tempo de treinamento em que você supervisionar os profissionais, mas assim que eles começarem a pegar o jeito, dê autonomia a eles e testemunhe um belo aumento na performance da empresa.

Como líder, sua maior função é aprender a definir responsabilidades e expectativas.

Apesar de destacar a importância da autonomia para tomar decisões, uma coisa fundamental é saber definir de forma específica o que você espera. Uma boa comunicação é o que vai diferenciar uma equipe funcionando de forma eficiente de uma bagunça completa em que todo mundo sai frustrado.

Por exemplo, ao invés de falar “Faça uma análise dos fatores que impedem o crescimento das micro empresas no Brasil”, você pode ser mais específico “Entreviste 50 micro empresários e peça para cada um listar, em ordem, o que eles consideram como as maiores causas que atrapalham o crescimento de suas empresa”.

Lembre-se, por melhor e mais esforçado que seja um profissional, ele não consegue ler sua mente. Mostrar exemplos e especificar exatamente o que você espera é fundamental para conseguir resultados cada vez melhores.

Seja como for, é importante saber que investir no crescimento dos seus profissionais é a melhor forma de investir no crescimento da sua empresa.

Sobre o medo de perde-los para o mercado, deixo a frase “Se você acha arriscado treinar alguém e ela ir embora, imagina só o risco de não treiná-la e ela ficar!”.

Abraços,

Millor Machadotrabalha com desenvolvimento de produtos e planejamento estratégico na Empreendemia e é um dos editores do blog Saia do Lugar.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: