facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

O que aprendemos com o fim da Shoes4You

LoadingFavorito

Em bate-papo com empreendedores do programa Startup Network, o fundador da Shoes4you compartilha as maiores lições dessa experiência, começando por usá-la como fonte de aprendizado.

Cientes do valor para qualquer empreendedor de encarar experiências malsucedidas como uma fonte de aprendizado – vendo-as até como mais enriquecedoras do que o progresso – o Startup Network, programa da Endeavor Brasil destinado às startups de tecnologia, organizou um bate-papo entre os empreendedores participantes e Olivier Grinda, fundador da Shoes4you.

Criada em 2011, com a proposta de ser “a primeira marca fashion online do mercado brasileiro associada a uma experiência personalizada de consumo”, a empresa apostou em um modelo de vendas por assinatura: o cliente (em sua maioria, mulheres) fazia uma inscrição e pagava um valor fixo mensal para ter direito a comprar um par de sapatos por mês. Se nenhum produto interessasse, podia congelar o plano.

A Shoes4you contava com investimentos de grandes fundos, como Flybridge Capital Partners (que aposta na OpenEnglish, por exemplo), Accel Partners (investidora do Facebook e Groupon), Redpoint Ventures (Netflix), IG Expansión e Romero Rodrigues (Buscapé), além do histórico de sucesso de Olivier nas startups ClickOn e BrandsClub.

O conjunto todo parecia uma ótima aposta: bons investidores, bom empreendedor e modelo já provado no exterior. Mas, menos de três anos depois da sua criação, em abril de 2013, a empresa teve de encerrar suas atividades. Neste bate-papo, Olivier Grinda compartilhou o que deu errado e os ensinamentos que podemos tirar sobre criar, desenvolver e fechar uma empresa. Confira a seguir (e mais na segunda parte da matéria):

Foco e modelo de negócio

Em novembro de 2012, a Shoes4you estava fechando uma nova rodada de investimentos para começar a escalar. O processo de funding tirou o foco do empreendedor da operação e, já em dezembro, surgiu uma questão relacionada à falta de pagamento por parte dos assinantes. O problema, que começou pequeno, aumentou: os clientes estavam cancelando a assinatura do site no cartão de crédito, mas não na Shoes4you, e a falta de transparência nos meios de pagamento impossibilitava a empresa de identificar quem estava deixando de pagar. Pior: a margem ainda não cobria os custos de marketing quando os clientes desistiam da assinatura. Dois meses se passaram até que reconhecessem a movimentação do mercado.

No fim, diante de um custo já alto de equipe e operação e um problema que invalidava o modelo de negócio, viram-se na situação de decidir entre: usar o capital levantado recentemente para “pivotar” (mudar o modelo) ou encerrar as atividades da empresa. Depois de muita conversa, resolveram encerrar a empresa, pois o risco de continuar diminuía a oportunidade.

Mantenha a transparência

No processo de fechamento, o empreendedor manteve a transparência. Assim que identificou o problema, em vez de tentar escondê-lo, avisou aos investidores com rapidez. Conversou individualmente com eles e revelou as opções que tinham pela frente. A decisão do fechamento foi consensual. Em pouco tempo, o estoque foi liquidado, o que devia aos consumidores foi pago e, o restante, devolvido aos investidores.

Um dos pontos destacados por Olivier é que é muito importante que você, como CEO, procure fazer um bom negócio para todos envolvidos, não apenas para um dos investidores ou para os fundadores. Sempre vale ser justo e pensar em como gerar mais valor compartilhado entre todos no negócio.

 

Confira a parte 2 da matéria

 

Por Pablo Ribeiro, da equipe Startup Network

 

 

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: