facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Mercado e Timing: Escolhas de Sucesso

LoadingFavorito

A escolha do mercado e do momento: porque essa combinação é um passo certo para começar uma empresa que cresce?

A maioria dos empreendedores são criativos e intensos, e seus processos de criação carregam essas características agregadas a sofrimento e prazer. Essa fórmula propicia momentos únicos e idéias inovadoras. No entanto, essa “adrenalina” e o êxtase que ela provoca são, ao mesmo tempo, um desafio para os empreendedores.

O desafio aqui é saber equilibrar o prazer gerado pela sensação de sucesso com a missão que temos de criar, crescer e manter uma empresa.

Essas atividades exigem muita disciplina e humildade dos empreendedores que, independentemente de terem boas idéias, deverão identificar o mercado em que irão atuar e os momentos de interação com o mesmo.

A identificação do mercado não implica apenas em definir para quem queremos vender, mas, o mais importante, quais as necessidades da sociedade (ou parte dela) temos condições de atender, e se essas necessidades e nossas soluções são, combinadas, suficientemente relevantes a ponto de as pessoas estarem dispostas a pagar por essas soluções, direta ou indiretamente.

Isso pode parecer simples, porém, é mais comum do que se imagina ver empreendedores que ficam com suas visões ofuscadas pelas soluções geniais que criaram, se esquecendo de que, para uma idéia virar um negócio, ela tem que ser oferecida ao mercado de forma organizada e, obviamente, comprada por ele.

Essa oferta organizada poderia ser resumida no seguinte processo, que acredito deva ser constantemente repetido para fomentar o crescimento de uma organização: (i) geração da idéia, (ii) análise formal do mercado, (iii) desenvolvimento do produto ou serviço (incluindo preço), (iv) definição da estratégia de ida ao mercado e seu timing (v) ajuste da estratégia e desenvolvimento de novas soluções (produto ou serviço) e (vi) volta à analise formal do mercado.

Essa interação, além de testar o mercado em suas necessidades e as relevância das soluções, será crucial para verificar o “timing” correto das ações com foco no mercado, baseadas em processos contínuos “dialogo” com o mesmo, onde deverão ser criadas ações provocativas, identificando as reações do mercado.

A flexibilidade de mudar de acordo com o que se recebe de “feedback” e a capacidade de reagir rapidamente, readaptando uma idéia e o timing das ações são tão importantes para o sucesso de um negócio, quanto uma boa idéia.

Temos exemplos famosos de processos como esses: O Google utiliza-se da vantagem de estar constantemente conectado com seu consumidor, gerando periodicamente novas soluções, que são colocadas no momento certo, adaptando-se constantemente às necessidades do mercado. Da mesma forma podemos citar a Apple, que vai além do processo de identificar uma necessidade tangível, mas que, através de seus processos de inovação, geram “necessidades” inéditas para o consumidor que passa a ter uma dependência de algo que nunca precisou na vida.

Isso é ao, mesmo tempo, o mais básico e o mais crítico para o desenvolvimento de inteligência estratégica: estar conectado no mercado e saber o momento correto de apresentar o que ele necessita.

Carlos Miranda é sócio-fundador da BR Opportunities, gestora de Private Equity com foco em empresas de rápido e alto crescimento.

 

Veja Também:

Quando e Porque Mudar Seu Modelo de Negócio

Criando Uma Estratégia Para Crescer

, BR Opportunities, Fundador
Carlos Alberto Miranda é sócio-fundador da BR Opportunities, gestora de Private Equity com foco em empresas de rápido e alto crescimento. É Mestre em Administração de Empresas pelo IBMEC RJ. Participou do programa de Gestão e Estratégia para Executivos da Kellog School of Management da Northwestern University, Chicago - USA. Carlos trabalhou durante 21 anos na Ernst & Young, sempre nas áreas de Corporate Finance e Gestão Estratégica. 

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: