facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Liderança: 4 pontos de atenção que todo empreendedor deveria saber

LoadingFavorito

Liderar pessoas e a si mesmo é um tema importantíssimo para qualquer pessoa, mas principalmente para empreendedores. Pensando nisso, trouxemos Brian, CEO da Viva Real, e Daniel Castello, para conversar sobre gestão de pessoas e liderança.

Brian não tinha experiência nenhuma de negócios quando, juntando-se a três empreendedores de diferentes culturas – um americano, um alemão e um brasileiro – fundou a Viva Real. Sonhando grande, eles começaram com uma startup e fizeram questão de manter vivo o espírito empreendedor e inovador, marcando presença em todos os lugares onde estão os clientes. Atualmente, Brian é CEO da empresa e lidera uma equipe que avalia, anualmente, seu negócio como sendo um dos melhores ambientes para trabalho.

Ao seu lado está um dos nossos mentores, Daniel Castello. Com uma experiência mais estratégica, o mediador é consultor e palestrante nas áreas de Estratégia e Gestão de Pessoas. Seus principais focos são: Inovação, Estratégia (Identidade Organizacional e Planejamento Estratégico) e Gestão de Pessoas (Desenvolvimento Organizacional e Formação de Liderança).Com uma vasta experiência com os mais diversos perfis de organizações, essa dupla vai desvendar os 4 segredos por trás de um bom líder.

  1. A cultura da empresa é um reflexo do líder

A cultura de uma empresa diz muito sobre os seus líderes. Vamos pensar na Disney. Um parque de diversões que se tornou case de marketing e business e tudo isso graças à cultura que seus funcionários alimentam dia após dia, ano atrás de ano. Muitas empresas tentaram replicar esse modelo de gestão dentro de suas empresas, mas falharam.

Por que é tão difícil criar uma cultura ao menos parecida com a da Disney? Brian e Daniel, ao longo de seu bate papo, conseguiram trazer diversos pontos que podem fazer parte dessa resposta. Aqui vão dois deles:

Primeiro, para que uma cultura se enraíze na empresa é preciso tempo e comprometimento de todos, principalmente do líder das equipes. Líder é, em muitos casos, sinônimo de exemplo. Se a sua empresa preza pela transparência, mas todos os colaboradores sabem que a organização frauda documentos, a cultura já está em risco, pois eles não conseguem acreditar em algo que sabem ser mentira.  Sejamos sinceros, quem conseguiria?

Em segundo lugar, uma cultura precisa fazer sentido para você e para todos que fazem parte da sua equipe. Seu time precisa ser relembrado, quase que diariamente, o porquê deles estarem na sua empresa e não na concorrência. O que vocês têm de tão especial que faz com que eles acordem de manhã com vontade de ir trabalhar?

Ser líder, nesse sentido, é ser um exemplo vivo do que a empresa acredita e realiza. É conseguir engajar todos os funcionários a acreditarem na sua causa. Ou melhor, na causa de vocês.

  1. Metas são um processo de conhecimento do time

Você já deve estar cansado de ouvir que as metas são essências para qualquer tipo negócio, mas o que vamos te contar agora é algo totalmente novo. As metas podem aprisionar a sua empresa se não usadas corretamente. Isso mesmo, as metas estipuladas, tanto para você quanto para seus funcionários, podem ser a razão do seu negócio não estar indo tão bem como no planejado.

Isso acontece, porque, muitas vezes, uma fase essencial na hora do estabelecimento das metas é ignorada: o entendimento do perfil da sua empresa e também dos seus funcionários. Estabelecer o que você deseja atingir é uma tarefa fácil, mas conseguir chegar ao método mais eficaz para alcançar seus resultados leva tempo e paciência. Você precisa delegar as tarefas corretas para as pessoas que mais são qualificadas para o trabalho, e como você consegue isso? É ai que entra o papel da liderança.

Como líder, seu papel é conseguir estabelecer uma relação de confiança com o seu time, seja por meio de conversas informais ou feedbacks construtivos. Esse contato vai fazer com que você compreenda melhor o papel de cada um dos seus colaboradores dentro da sua empresa. Isso vai te economizar, além de tempo, muitas dores de cabeça e, se realizada na forma correta, vai estreitar a sua relação com a sua equipe.

  1. Seja um líder servidor

Além de manter uma boa relação com os seus funcionários, um bom líder é aquele que se mostra aberto a críticas e sempre acessível. Brian ressaltou que a cultura brasileira é muito diferente da americana, no sentindo que, nos Estados Unidos, a hierarquia não é tão presente dentro de uma empresa, o que facilita a comunicação e a devolutiva dos colaboradores.

Para tentar quebrar um pouco dessa cultura brasileira, o empreendedor estabeleceu que a sua primeira pergunta ao se encontrar com seus funcionários seria sempre: como posso te ajudar? A tarefa não é fácil, muitas vezes o orgulho quer passar na frente da maturidade, afinal, você pode estar em uma das mais altas posições dentro da nossa tão enraizada hierarquia. Mas, com tempo e exercício constante, esse modelo começa a fazer cada vez mais sentido, afinal, só um bom líder consegue deixar seu lado pessoal de lado e fazer a escolha certa para a sua empresa e também para o bem estar do time.

  1. Crise pode ser sinônimo de motivação

 A crise ainda está muito presente no Brasil e atormenta cada vez mais os empreendedores e startups. Mas, fique calmo, diferente do que muitos pensam, esse pode ser o momento ideal para exercer seu papel como líder e motivar sua equipe a manter-se unida.

Quer um case maior do que a própria Viva Real? A empresa começou a funcionar em 2009, no meio de uma crise global que estava fechando diversos negócios ao redor do mundo inteiro. Mesmo assim, Brian e seu sócio abriram sua startup no Brasil e, com muita dedicação, conseguiram crescer e sair de uma sala 3×4 para um prédio inteiro.

Como fizeram isso? Com uma equipe motivada que acreditava na causa que estavam construindo.

Em momentos de crise, é importante deixar claro ao seu time quais são os próximos passos do negócio. Além de acalmar seus funcionários, isso fará com que eles entendam pra qual direção seguir. Mas não é sempre que sabemos qual será o rumo da empresa, ainda mais em tempos incertos como os de hoje. Nesses casos, como Daniel disse, é preciso ser transparente. Ser líder é, nas palavras do nosso mediador: “Poder mostrar vulnerabilidade e contar para o seu time que você também não tem todas respostas, mas sabe que a solução deve ser pensada em conjunto, admitindo que você precisa da ajuda de deles.

Correalização:

Logo Sebrae SITE
A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

4 Comentários

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. Adriano Migani Teixeira - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Muito bom!

  2. Marcos Arruda - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Amigos da ENDEAVOR,
    Video esclarecedor, obrigado por compartilhar os conhecimentos.
    Um observação: a abertura demora 6:48 segundos…

  3. 1 curtidas
     
    Curtir

    Aprendendo muito! Sou líder de uma equipe que possui pessoas com o dobro da minha idade.

  4. Aline Benites Pisani - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    O volume está muito baixo!

Parceiros
Criação e desenvolvimento: