facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Mentores são a arma secreta das startups de sucesso

LoadingFavorito
Mentores são a arma secreta das startups de sucesso

Veja que lições podemos retirar dos estudos sobre ter os melhores mentores ao seu lado.

“Eu provavelmente revisei esta apresentação para investidores 200 vezes”, uma fundadora me disse recentemente. Ela se encontrou com mais de 50 potenciais investidores antes de levantar uma rodada de capital semente (seed investment) no mês passado. Isso pode parecer exagerado para alguns, mas sua experiência não é incomum.

Empreendedores muitas vezes passam centenas de horas levantando fundos com investidores-anjos ou investidores de capital de risco. Enquanto estas atividades são obviamente importantes, a análise de novos dados sobre startups sugere que seus empreendedores também deveriam dedicar um bom tempo a algo que muitas pessoas ignoram: o recrutamento de grandes mentores. Essa estratégia simples pode, mais do que qualquer outra coisa, aumentar as chances de sucesso de uma empresa.

Descobrindo os Segredos dos Melhores Empreendedores

Nosso time estudou milhares de empresas de tecnologia no ano passado. Nós focamos especialmente em empresas do setor de tecnologia de Nova Iorque, que foi o setor que cresceu mais rápido entre 2003 e 2013, e é agora o segundo maior polo de tecnologia do mundo. O objetivo desse estudo era investigar como as empresas de tecnologia de Nova Iorque haviam se tornado tão bem-sucedidas.

Nossos analistas juntaram dados da CrunchBase, AngelList e LinkedIn, e entrevistaram quase 700 empreendedores (ao todo, os empreendedores de empresas do setor tecnológico de Nova Iorque dedicaram mais de um mês de seu tempo para esse projeto). Essas fontes nos possibilitaram criar a maior base de dados do mundo sobre uma única comunidade empresarial.

Nós descobrimos que algumas características que geralmente são destacadas como responsáveis pelo sucesso de startups – como fundar uma empresa ainda na faculdade – na realidade não fazem muita diferença. Embora essas respostas para os mitos sobre das startups fossem interessantes, examinando os hábitos das melhores empresas e empreendedores, nós revelamos muitas outras descobertas intrigantes.

Criando uma Vantagem Empreendedora

O tamanho do nosso conjunto de dados sobre as empresas de tecnologia de Nova Iorque nos permitiu fazer algo sem igual. Nós comparamos empresas dentro de grupos homólogos, startups lançadas no mesmo ano e que operam na mesma cidade e indústria. Dentro de cada grupo de companhias nova-iorquinas, nós identificamos as de alto desempenho quando elas cumpriam um ou mais dos seguintes requisitos:

• Aquisição ou fusão significativa: um “desinvestimento” de pelo menos 100 milhões de dólares

• Aderência de investidores: dentro de cada grupo, os 10% que mais levantaram recursos de investidores externos.

• Escala Interna: as 10% maiores empresas de cada grupo em número de funcionários.

Apenas 13% das empresas de tecnologia de Nova Iorque atenderam a um ou mais destes requisitos. Entre estas empresas de alto desempenho estão Gilt Groupe, Huffington Post, MongoDB, Shutterstock e Tumblr.

A nossa análise das empresas de alto crescimento do setor de tecnologia de Nova Iorque revelou um padrão interessante. Nós descobrimos que muitos dos empreendedores liderando essas startups tinham fortes vínculos com os empreendedores de outras empresas de sucesso.

Um dos mais fortes vínculos identificados em nossa análise era a relação de mentoria. Empreendedores de alto crescimento, como Chad Dickerson e Nat Turner da Flatiron Health, têm sido orientados por outros empreendedores de sucesso, como a Caterina Fake do Flickr e o Brian O’Kelley do AppNexus.

Relacionamentos como esses são muito poderosos. Como ilustrado no gráfico abaixo, 33% dos empreendedores orientados por empreendedores de sucesso tornaram-se empreendedores de alto desempenho. Isto é mais do que três vezes o índice apresentado por outros empreendedores do setor de tecnologia de Nova Iorque.

Mentores e startups

Esse padrão de mentoria pode ser observado também entre empreendedores fora de Nova Iorque. Quando o Steve Jobs faleceu, Mark Zuckerberg notou que o fundador da Apple havia sido um mentor inestimável. Os criadores do Dropbox, Drew Houston e Arash Ferdowsi são orientados por Ali e Hadi Partovi, dois empreendedores de sucesso do Vale do Silício.

Os benefícios da mentoria não estão limitados ao empreendedorismo. Pesquisas em outras áreas também evidenciam que bons mentores tendem a melhorar o desempenho de seus pupilos. No entanto, o tamanho da diferença de desempenho entre empresas com mentores de sucesso e aquelas que não têm mentores sugere que o valor dos mentores pode ser particularmente alto para as startups.

Tirando o Melhor Proveito dos Mentores e das Relações de Mentoria

A Endeavor já apoiou mais de 1000 empreendedores de empresas com rápido crescimento em mais de 20 países. Além do nosso trabalho para conectar empreendedores a investidores e programas de treinamento, nós cultivamos milhares de relações de mentoria entre os novos empreendedores, executivos e empreendedores experientes. Esses mentores têm ajudado as empresas da rede da Endeavor a alcançar médias de crescimento de mais de 60% ao ano. Algumas destas companhias abriram seu capital ou foram vendidas bem acima dos 100 milhões de dólares.

Abaixo, há três lições que podem ser usadas na construção de relacionamentos de sucesso com mentores.

Lição 1: A qualidade do mentor é importante. Apenas ter um mentor não é o suficiente. Se você quer que sua companhia esteja entre as melhores, você precisa de um mentor que saiba como chegar a esse nível. Nossa análise mostra que mentores que já alcançaram sucesso na indústria de tecnologia foram capazes de ajudar novas startups de tecnologia a ter um desempenho três vezes acima do de suas concorrentes. Os benefícios gerados por mentores de qualidade mais baixa foram muito menores.

Lição 2: Uma boa mentoria requer uma relação sustentável. De acordo com nosso estudo de Nova Iorque, os mentores e pupilos com alto crescimento encontraram-se três ou mais vezes. Em nosso trabalho ajudando os empreendedores nós também vimos que um relacionamento consistente é vital. Na verdade, todos os novos empreendedores que se juntam à rede da Endeavor passam a ter um conselho consultivo formado por vários mentores que se encontram com o empreendedor ao menos uma vez por trimestre.

Lição 3: Grandes mentores enfocam em questões críticas aos negócios. É importante usar os talentos de seus mentores ao máximo. As relações que identificamos entre empreendedores com alto crescimento davam ênfase às discussões sobre os maiores problemas enfrentados pelas empresas dos pupilos. Os melhores mentores são pessoas muito ocupadas. Os empreendedores devem usar o tempo e a experiência deles nas áreas em que elas trarão maiores benefícios.

Para maiores informações, clique aqui. Um agradecimento especial a Mike Goodwin, que liderou nossa pesquisa sobre o setor de tecnologia de Nova Iorque, e aos membros da Global Entrepreneurship Research Network, que contribuíram com este projeto.

Artigo gentilmente cedido pelo autor. Para ver a publicação original em inglês, clique aqui.

Rhett Moris é Diretor na Endeavor Insight, a área de pesquisas da Endeavor Global. Endeavor Insight produz estudos sobre como os empreendedores de alto impacto se tornam bem sucedidos e como suas empresas geram empregos e crescimento econômico.
Seus artigos sobre empreendedorismo são publicados pelo TechCrunch, Harvard Business Review e Huffington Post. Antes de trabalhar na Endeavor, ele era consultor da Bain & Company.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: