Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

A sua empresa é lucrativa? Qual é a sua margem de lucro?

LoadingFavorito
A sua empresa é lucrativa? Qual é a sua margem de lucro?

Saber o que é margem de lucro e que informações você pode tirar a partir deste dado é fundamental para saber se sua empresa é lucrativa o que você pode fazer para ela ser cada vez mais 

João conseguiu, finalmente, marcar um almoço com seu primeiro potencial investidor. Lá, já falando sobre as origens, propósito e a grande oportunidade por trás de sua empresa, foi interrompido com uma pergunta direta do investidor: “Qual a margem de lucro da empresa?”. Pego de surpresa, João respondeu meio sem pensar. O azar foi que a resposta pegou na trave. Ele respondeu com a informação relativa ao seu lucro, não à margem de lucro. Que gafe.

Você pode nunca ter passado pela situação acima, mas saber bem a margem de lucro de sua empresa é fundamental para muitas coisas. A margem de lucro é a porcentagem de lucro que a empresa terá em cima de suas vendas. É essencial  conhecer o desempenho da margem de lucro de uma empresa para poder estabelecer metas e manter as contas em dia. Além disso, a margem de lucro é um dos principais fatores que um empreendedor deve considerar no momento de precificar o seu produto ou serviço.

Como você avalia a lucratividade de diversos produtos ou serviços dentro de uma mesma empresa? Muitas vezes você pode descobrir que determinado produto tem uma margem de lucro muito menor do que outro, apesar de vender mais, e eventualmente você pode estar perdendo dinheiro com isso. Se esse for o caso, então talvez seja melhor rever sua estratégia.

Afinal, o que é margem de lucro? Para entender, vamos primeiro falar de lucro.

É importante entender a diferença entre lucro e margem de lucro, pois uma empresa pode ter muito lucro com a venda de determinado produto, mesmo que a margem de lucro em cima de cada unidade seja baixa, bastaria vender um grande volume. Então, no do caso João, o dado diferente poderia mudar completamente o panorama da negociação.

Lucro é o valor total que você ganha em cada venda, ou seja, o valor que sobra da venda de cada produto ou serviço depois que você paga todas as contas envolvidas na produção e comercialização do mesmo.

Então, se você vende o par de chinelo a R$15 e tem um custo de R$ 10, seu lucro é de R$ 5. Para saber mais sobre esse conceito e outros relacionados (lucro bruto, líquido, por exemplo), leia este artigo aqui.

Ok, mas e a margem de lucro?

A margem de lucro mede quanto uma empresa ganha em cima de suas vendas, e é um valor embutido no preço. A fórmula para calcular é:

margem de lucro = lucro/receita  x 100

Veja um exemplo:

Lucro: R$5.000,00

Receita total: R$8.000,00

Margem de lucro: 5.000 / 8.000 = 0,63 x 100 = 63%

A margem de lucro será determinada por uma série de fatores, como o mercado, a concorrência e a aceitação do público, portanto, cada empresa terá uma margem de lucro diferente. Por exemplo, caso seu mercado seja altamente competitivo, como o mercado de carne de um frigorífico, você pode escolher espremer sua margem de lucro para ganhar mais com o volume e tirar market share da concorrência.  Por outro lado, caso seu produto ou serviço seja altamente inovador e/ou tenha um mercado pequeno, você pode querer maximizar sua margem de lucro, garantindo a maior lucratividade possível em cada venda e possivelmente abrindo mão de volume.

Para definir a sua margem de lucro ideal, você também precisa avaliar quanto investiu na empresa e o quanto deseja ser remunerado por esse investimento.

Também é possível calcular a margem de lucro de produtos ou serviços individuais a partir de seu preço aplicando a seguinte fórmula:

Margem de lucro do produto ou serviço = Preço – custo individual (todos envolvidos na produção e comercialização)

Nesse caso, é possível que você precise ratear seus custos fixos (de salários, por exemplo) entre os produtos ou serviços para poder calcular seus custos individuais.

Para saber mais sobre precificação, você deve ler este artigo aqui.

Ainda, é importante saber que há tipos específicos de margem de lucro: a margem de lucro bruta, a margem de lucro líquida e a margem de lucro de contribuição. Saiba calculá-las nesse artigo aqui.

Como sei se a margem de lucro que estou considerando é adequada?

No artigo “Calculando e entendendo a margem de lucro”, o consultor Paulo Sérgio Dortas traz algumas considerações importantes sobre o tema.

Em primeiro lugar, ele ressalta a importância do empreendedor saber como quer que seu capital investido seja retornado – e isso está diretamente ligado à definição do preço e da margem de lucro do produto.

“Há no mercado uma métrica de retorno a depender do tipo de setor em que se irá empreender. No varejo, por exemplo, há uma remuneração de cerca de 4% sobre o total das vendas. Para a atividade de serviços, se espera algo em torno de 20% sobre o total das vendas”, aponta. Ele também alerta o empreendedor de que é preciso conhecer essas métricas para avaliar se o desempenho do seu produto ou serviço está além ou aquém do mercado.

Se o resultado da conta da margem de lucro for inferior à margem do setor em que você está atuando, é hora de olhar a sua operação e rever a rentabilidade do produto ou serviço.

Sobre a precificação, e a sua relação com a margem de lucro, ele também faz um alerta: preste muita atenção no momento de listar os custos envolvidos na entrega de sua proposta de valor. Para se chegar à margem de lucro deve-se partir do preço de venda – e nesse ponto é importante considerar aquele que o mercado está disposto a pagar e não o que você gostaria de praticar - deduzindo os custos para produzir e entregar, inclusive impostos. E não se esqueça de incluir todos os custos necessários para operar, inclusive aqueles que se costuma esquecer, como custos fixos – aluguel, manutenção – rateados entre seus produtos ou serviços.

“De uma forma geral, uma boa dica é sempre associar o retorno esperado ao que seria possível de se conseguir de remuneração no mercado financeiro. Feita as contas é hora de empreender”, aponta o consultor.

Saiba sua margem de lucro, mas não esqueça de fazer análises mais amplas

É muito importante calcular a sua margem de lucro, mas é muito importante ter sempre em mente que para fazer um bom diagnóstico da sua empresa e formular as melhores estratégias, analisar dados isolados não é suficiente. Para fazer uma análise profunda do seu negócio e definir sua estratégia, você precisa avaliar outros índices, como o volume de vendas, sua receita total, etc.

Se você ainda quer saber mais sobre margem de lucro, pode ler este post do glossário da Conta Azul ou este artigo publicado no site da PEGN.

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: