facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Transforme seu negócio em uma máquina de vendas

LoadingFavorito
Transforme seu negócio em uma máquina de vendas

Máquina de vendas é uma expressão que quer dizer: construir um modelo escalável de vendas. Saiba mais sobre isso e qual sua importância para o seu negócio

Crescer um negócio não é uma tarefa simples. Escalar uma empresa requer do empreendedor e sua equipe um esforço em conjunto das áreas de produção, marketing, comercial, logística e dos fornecedores. Se você já amadureceu o seu negócio e acha que é hora de dar esse passo, precisa entender o que é máquina de vendas e como esse conceito pode te ajudar a alavancar suas vendas.

Mas, é bom deixar claro que o desafio de vender mais é realmente enorme. E não interessa o que exatamente você vende, a não ser que esteja voando sozinho em um oceano azul (situação, sejamos sinceros, que pode não durar para sempre), você precisará articular passo a passo de todo o processo para conduzir o seu cliente do contato inicial, até a venda ser finalizada.

“Vender não é fácil. Lidar com o medo da rejeição é angustiante. Prospectar é difícil porque não sabemos quem quer comprar. Diagnosticar é difícil porque não sabemos o que eles realmente querem e se podem pagar. Apresentar o produto é difícil porque temos que articular uma história convincente. Negociar é difícil porque temos medo de perder a venda. A única maneira de lidar com todas as dificuldades e medos é se preparar. É construir uma Máquina de Vendas“, explica Edson Rigonatti, neste post em seu blog.

Fazer uma máquina de vendas significa, literalmente, que você vai criar uma estrutura de processos e ações que sustente um crescimento constante do volume dos leads qualificados da sua empresa, ou seja, aqueles potenciais clientes que irão, de fato, finalizar a compra.

“Máquina de vendas é criar um processo de aquisição e manutenção de clientes que seja previsível, escalável e lucrativo. Previsível para que eu sempre tenha em mente o que está acontecendo: quais são meus pontos de alavancagem e quais são minhas taxas de conversão, descobrindo ao longo do processo onde estão as maiores oportunidades de melhoria. Escalável porque essa máquina vai ficar melhor com o tempo, sem desgastar meus canais de vendas. E, por último, lucrativo para que cada cliente novo ofereça um retorno maior do que aquilo que investi para adquiri-lo”, explica Eric Santos, CEO da Resultados Digitais, neste bate papo sobre aquisição de clientes.

E Eric sabe do que está falando. Sua empresa, a Resultados Digitais, foi de 30 a 2.000 clientes e 10 a 160 funcionários em menos de 3 anos. Para conquistar esses números, para ele, é preciso crescer com inteligência, encontrando alavancas de crescimento, com ações que gastam menos energia e geram maiores resultados.

 Afinal, como construir uma máquina de vendas?

Quanto mais sintonizadas estiverem algumas áreas estratégicas da sua empresa (marketing e vendas, basicamente), melhor e mais eficiente será o trabalho de construção da máquina de vendas. O Marketing atuará como um grande carro-chefe de geração de demanda, oportunidade e educação do mercado; e Vendas, sendo o conversor dessas oportunidades em novos negócios.

A seguir, confira 5 dicas para fazer sua máquina de vendas:

1: aumente seus leads

Para aumentar o volume de clientes em potencial, você precisa, antes de mais nada, entender muito bem qual é o perfil de seu público-alvo, assim, poderá pensar estratégias mais eficientes para apresentar a proposta de valor do seu negócio para eles. Por exemplo: de que adianta focar seus esforços de marketing em campanhas em canais digitais se seu consumidor é, prioritariamente, leitor de revista? Ou vice-versa. Ou então, de que adianta investir em campanhas para televisão se seu consumidor é digital? Não seria mais eficiente pensar uma estratégia que envolva produção de conteúdo relevante para meios online?

Pode parecer besteira falar isso, mas vemos por ai muitos empreendedores insatisfeitos com os resultados de seus esforços de marketing. Mas, a pergunta que não quer calar é: será que os tais esforços estão sendo feitos na direção correta? Conhecer e entender o comportamento do seu público-alvo é a resposta para essa questão.

2: você precisa separar o joio do trigo

Ok. Você aumentou muito seu número de leads. Parabéns. Agora, isso não quer dizer que vai vender mais. Afinal, de que adianta ter 1 milhão de contatos cadastrados no seu site, ou uma lista de 100 nomes para ligar se ninguém quer comprar o seu produto? Então, é preciso investir, também, em qualificar a sua audiência, ou levantar critérios que possam te ajudar nessa missão.

3: preste atenção aos detalhes para melhorar seu processo sempre

Ouvir de verdade o cliente é sempre muito revelador. Então, prepare-se para anotar dúvidas e ansiedades de seus potenciais clientes com palavras, frases, imagens que ajudem o processo de percepção, consideração e compra. Com isso, você consegue melhorar o seu funil de vendas, treinar sua equipe e pensar constantemente em melhorias para seus clientes.

4: pense na sua equipe estrategicamente

Cada pessoa tem um perfil diferente, e habilidades específicas para desempenhar melhor ou pior tarefas diferentes. Pode ser que a pessoa que prospecta não seja a melhor para dar continuidade no trabalho de relacionamento com o cliente, por exemplo. Então, conheça bem o seu time e organize os processos e as etapas de acordo com as habilidades e potenciais de cada um.

5: invista em treinamento

Muitas empresas ainda cometem o erro de achar que a ponta da operação não é tão importante assim. Seus vendedores serão os embaixadores da sua marca. No final do dia, serão eles que vão resolver os problemas de seus clientes, e começar o relacionamento deles com a sua empresa. Acredite, será muito ruim para o seu negócio se o trabalho feito pelos seus vendedores não estiver alinhado à linguagem e à imagem que você vende do seu negócio.

Então, não perca tempo: você precisa garantir que todo seu time conhece a cultura da empresa e está devidamente alinhado com ela. Que tal, por exemplo, criar uma reunião de repertório semanal para discutir desafios e dificuldades de sua equipe?

Agora você já sabe a importância de fazer sua máquina de vendas. não perca tempo!

Leia mais:

Funil de vendas: passo a passo para vender mais e melhor

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
  1. MARCELO SAMOGIN - says:

    2 curtidas
     
    Curtir

    A estratégia de recompensa deve fazer parte da estratégia de crescimento de vendas. Evite as fórmulas de comissionamento, selecione indicadores de curto e médio prazos, crie uma arquitetura que valorize a receita, retenção, vendas a novos clientes, recuperação de clientes, e a satisfação destes com o relacionamento comercial. Marcelo Samogin Diretor da Remunerar – Inteligência em meritocracia

Parceiros
Criação e desenvolvimento: