facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Lucro operacional: o que é e como calcular?

LoadingFavorito
Lucro operacional: o que é e como calcular?

Conhecer o lucro operacional da sua empresa é ter a dimensão exata da rentabilidade que ela oferece com as suas operações. Veja aqui como fazer isso

Neste artigo, falamos de lucro bruto e sobre como, ao calculá-lo, você obtém indicativos indispensáveis para avaliar a sua saúde financeira. Com ele, você entende o quanto sobra da sua receita após o custo de produto ou serviço. Agora, vamos abordar outro cálculo que você deve conhecer para ter ideia da sua rentabilidade: o do lucro operacional.

A definição de lucro operacional é simples: trata-se do lucro gerado única e exclusivamente pela operação do negócio, descontadas as despesas administrativas, comerciais e operacionais. Assim, exclui-se qualquer movimentação financeira.

É um dos indicadores que compõe a Demonstração do Resultado do Exercício. O DRE é um relatório contábil que oferece uma síntese financeira dos resultados de uma empresa durante um certo período (geralmente um ano), e é uma das mais poderosas ferramentas de análise para os gestores de uma empresa. Também é um dos primeiros relatórios para os quais os potenciais investidores olham.

Lembre-se, é importante não confundi-lo com o lucro bruto, já que este é obtido em um estágio anterior.  Após calculado o lucro bruto, tira-se as despesas administrativas, comerciais e operacionais para encontrar o lucro operacional. Dessa forma, esse último indicador permite ter uma visão mais profunda do resultado operacional da empresa, já que ele considera todos os custos relacionados à entrega do produto ou serviço, não só seus custos de produção.

Como posso calcular o lucro operacional?

Simplificando, chegaremos a esse indicador com o cálculo seguinte:

Lucro operacional = Lucro Bruto – Despesas Operacionais + Receitas Operacionais

Mas para que você entenda como chegamos nesse cálculo final, vale relembrar a sua estrutura até o cálculo propriamente dito:

Receita Operacional Bruta 

(-) Deduções da Receita Bruta

      Devoluções de Vendas

      Descontos sobre Vendas

      Impostos diretos sobre Vendas (ICMS, PIS/ COFINS, ISS)

(=) Receita Operacional Líquida

(-) Custos da Mercadoria Vendida ou Serviços Prestados

(=) Lucro Operacional Bruto

(-) Despesas Operacionais

      Despesas Comerciais

       Despesas Administrativas

       Despesas Operacionais

(+)  Receitas Operacionais

(=) Lucro operacional Líquido

Agora recapitulando cada conceito com um exemplo concreto:

Tudo começa com a Receita Operacional. As receitas operacionais são todas aquelas originadas diretamente da atividade principal da sua empresa. Ou seja, se você, por exemplo, vende artigos para bebês (mas não os produz), então, a receita operacional é aquela que vem exclusivamente da venda de uma peça qualquer. Se você adquiriu um brinquedo por 50 reais e vendeu por 70, teve uma receita de 70 reais no caixa; essa receita é a operacional, pois foi originada diretamente da atividade principal da empresa.

No exemplo que citamos acima, imagine que sua receita bruta com venda de artigos para bebês seja de R$ 100.000. Suponha que, destes, R$1.000 em peças tenham sido devolvidos, que haja R$ 500 em descontos comerciais e que os impostos incidentes sobre as vendas sejam de R$40.000.

Então temos:

Receita líquida: R$100.0000 – R$1.000 – R$500 – R$40.000 = R$58.500

Agora, presuma que os custos de mercadoria vendida sejam de R$30.000, então calcularemos nosso lucro bruto:

Lucro bruto: R$58.500 – R$30.000 = R$28.500

A partir do lucro bruto, calcularemos as despesas operacionais para chegar ao lucro operacional.

As despesas operacionais são todas aquelas também relacionadas com a atividade primária da empresa. São todos os gastos com vendas,  administrativos e operacionais que se relacionam diretamente com a atividade principal, menos a somatória da depreciação e da amortização.

Lembrando que para chegar ao lucro bruto já descontamos o custo de aquisição do brinquedo, de R$30 mil reais. Agora você deverá descontar todas as despesas que incidem na venda do produto – folha de pagamento dos vendedores, custos mensais para rodar a operação, como aluguel, água, luz, telefone, etc. Ou seja:

Despesas operacionais = Despesas com vendas + despesas administrativas  despesas operacionais – (depreciação + amortização)

Assumindo o mesmo exemplo, suponha que: despesas com vendas – R$7.000; despesas administrativas – R$  3 mil; despesas operacionais – R$5 mil; depreciação – R$ 2 mil; amortização – R$2 mil.

Então, temos:

Despesas operacionais = R$7.000 + R$3.000+ R$5.000 – (R$2.000 + R$2.000) = R$11.000

A essas despesas operacionais, você poderá somar outras receitas operacionais que não sejam ligadas diretamente à venda de seus brinquedos, mas que ainda assim estejas ligadas à sua operação principal, como a receita de aluguéis, por exemplo, ou a receita de uma reversão de uma provisão de devedores duvidosos para finalmente chegar ao nosso objeto de estudo.

Vamos considerar que tivemos R$ 8.000 de receita de aluguel e R$2.000 de receita de reversão de provisão de devedores duvidosos, portanto:

Receitas operacionais = R$3.000 + R$2.000 = R$5.000

Finalmente, então, podemos calcular nosso Lucro Operacional.

Lembrando que é igual ao Lucro Bruto – Despesas Operacionais + Receitas Operacionais, temos:

Ou seja, R$28.500 – R$11.000 + R$5.000 = R$22.500

Ufa.. Depois de tudo isso,  por que é tão importante?

Porque, é por meio dele que você medirá a sua rentabilidade operacional real, ou seja, a capacidade que o seu negócio tem de gerar lucro. Se fosse avaliar apenas o lucro bruto, o empreendedor poderia pensar que sua operação é bem mais lucrativa do que é. Ele não pode esquecer que, além do custo da mercadoria em si, ele precisará manter custos fixos, como o custo do aluguel ou de seus colaboradores administrativos além de outros custos de vendas para que a operação aconteça.

Esse indicador também é muito relevante para qualquer potencial investidor que se interesse pelo seu empreendimento. Afinal, ele quer saber quanto pode esperar de lucratividade do seu negócio. Por isso, você jamais pode prescindir do cálculo.

Tenho ouvido falar muito em EBITDA, LAJIDa, coisas assim. São o mesmo que lucro operacional?

Quase. Assim como o lucro bruto é calculado anteriormente, o lucro operacional é obtido antes do EBITDA, que é a sigla em inglês de Earnig Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization — ou, em tradução direta, Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (LAJIDA). Assim, a fórmula para obtenção é:

Ebitda = Lucro Operacional Antes do Imposto de Renda e Despesa Financeira + Depreciação + Amortização

Caso você queira se informar melhor, falamos sobre EBITDA e LAJIDA neste artigo.

Estas foram apenas algumas dicas e informações para você conhecer e calcular o lucro operacional da sua empresa. Por mais enroscados que pareçam estes conceitos, você verá que, uma vez incorporados, ficarão para sempre. É um conhecimento que faz toda a diferença para a gestão de um negócio. Por isso, quanto antes você o detiver, melhor.

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. Jose Antonio Bueno - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Olá , baseado no material acima , gostaria de saber se uma vez aplicado o CMV na conta Custos de um DRE isto modifica em que o resultado operacional ??

    Pelo que vi até agora , quanto menor o meu CMV melhor o resultado operacional .
    Confere ??

Parceiros
Criação e desenvolvimento: