Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Lucro bruto: um dado indispensável para a saúde financeira da sua empresa

LoadingFavorito
Lucro bruto: um dado indispensável para a saúde financeira da sua empresa

Com o lucro bruto, você obtém indicativos importantes para avaliar sua rentabilidade. Veja aqui do que se trata exatamente, e como calculá-lo

Então você decidiu mudar. Resolveu largar o antigo emprego e tirar da gaveta aquela cheia de potencial; escolheu abrir seu negócio e se tornar empreendedor. E para se capacitar, você passou a trocar ideias com amigos que já tinham alguma experiência no ramo, começou a fazer cursos e a participar de congressos e eventos correlatos. E em todas essas ocasiões, você se deparou com conceitos que nunca tinha visto mais gordos. PLR, Cross Docking, Poka Yoke, só para citar alguns dos mais estranhos. E outros nem tão estranhos assim, mas dos quais você não era muito familiar: como o de lucro bruto.

Bem, saiba que esse é um assunto que te interessa muito, porque diz respeito a uma questão central de qualquer atividade comercial: o faturamento. E o primeiro passo para você se familiarizar com lucro bruto é entender exatamente do que se trata.

Antes de tudo, vale recuperar a definição do próprio conceito de lucro: de forma simplificada, trata-se do retorno positivo de um investimento. Ou seja, é a diferença positiva entre o que se gastou e o que se recebeu por uma atividade comercial. Ora, a definição de lucro bruto é muito próxima, pois se trata da diferença positiva entre a receita líquida das vendas da sua empresa e o custo envolvido para dispor do produto ou do serviço vendido – sem que impostos e outras taxas tenham sido deduzidos.

“Receita líquida? Poxa, vai definir um conceito e apresenta outro?”, você pode perguntar. Tem razão: não dá para abordar o lucro bruto sem esclarecer questões como as de receita bruta e líquida.

A primeira, receita bruta, é o produto das suas vendas de bens e serviços. Ou seja, é tudo aquilo que você recebeu de clientes, o valor decorrente das atividades executadas. E receita líquida é o valor desta receita bruta após serem feitas deduções de impostos (PIS/Cofins, ISS, ICMS, entre outros), as devoluções de vendas (produtos devolvidos, no caso) e os descontos comerciais.

Da mesma forma, o lucro bruto é, como dissemos, a diferença entre a receita líquida e os custos de um produto ou seviço, sem a dedução dos impostos, despesas e outros custos variáveis. Quando esta diferença sofrer as deduções, teremos o lucro líquido.

Note que, para que ocorra o lucro bruto, a diferença deve ser positiva. Caso seja negativa, o resultado é um prejuízo – o que não faria sentido, uma vez que você teria que vender algo por um valor menor do que o que o custo envolvido.

Em outras palavras, o lucro bruto é o rendimento que permanece após a dedução de todos os custos necessários para a a obtenção deste rendimento.

Mas que custos são esses?

Depende do tipo de atividade da sua empresa. Caso você tenha uma loja de cosméticos, por exemplo, os custos a serem abatidos são aqueles da mercadoria que vende. Caso tenha uma fábrica de biscoitos premium, são os custos envolvidos na fabricação. E caso se trate de uma empresa que vende serviços – de, digamos, gerenciamento de documentos –, os custos serão os relacionados aos serviços propriamente ditos.

Claro que sua empresa também poderá ter mais de um tipo de custo combinado. Se você fabrica e vende seus produtos, por exemplo.

Você deve considerar também, na hora de calcular seu lucro bruto, que alguns pagamentos indiretos podem entrar na conta. Podem se tornar custos diretos. Como a folha de pagamento, caso os funcionários estejam envolvidos na produção ou na obtenção de um produtos ou serviço.

O lucro bruto também é conhecido como lucro das vendas e lucro operacional bruto.

Algum exemplo?

Claro. Primeiro, o cálculo da receita líquida: imagine que sua receita bruta seja de R$ 100.000. Suponha que, destes, R$ 1.000 em mercadoria tenham sido devolvidos, que haja R$ 500 em descontos comerciais e que os impostos incidentes sobre as vendas sejam de R$ 40.000. Então:

Receita líquida: 100.0000 – 1.000 – 500 – 40.000 = 58.500

Agora, presuma que os custos envolvidos na obtenção do que foi vendido sejam de 30.000:

Lucro bruto: 58.500 – 30.000 = 28.500

Certo, obtivemos o lucro bruto. E agora? O que faço?

Bem, antes de tudo, o ideal é que você tenha traçado um sólido planejamento financeiro, que lhe fornecerá os passos a seguir.

De toda forma, você pode utilizar o lucro bruto para obter um importante indicador chamado de margem bruta, que mede a rentabilidade da sua empresa. Este é um cálculo fundamental, pois permite que você saiba o quanto está ganhando por meio de suas atividades. Assim, consegue comparar o desempenho passado e atual da sua empresa, além de avaliar como ela está em relação aos concorrentes.

A margem bruta é obtida da seguinte forma:

Lucro bruto : receita líquida x 100.

Então, assumindo o mesmo exemplo acima, teríamos:

28.500 : 58.500 x 100 = 48,7% de margem bruta.

Enfim, este é apenas um indicativo da imensa importância que o lucro bruto tem para seus negócios. É um assunto do qual você não pode prescindir, e, com este artigo, esperamos ter contribuído para que você o entenda melhor.

Alguma dica de leitura complementar?

Sem dúvida: neste artigo você encontra informações sobre contabilidade gerencial, que pode ser uma importante aliada na gestão das suas finanças.

E neste, o especialista Fernando teixeira conta o que não pode faltar em um bom gestor financeiro.

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: