O futuro aberto do Open Banking

Endeavor Brasil
Endeavor Brasil

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 30 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Esperar a regulamentação para agir pode ser tarde demais — conheça o caso do Guiabolso.

Em Agosto deste ano, Thiago Alvarez, cofundador do Guiabolso, participou de um jantar com demais empreendedores de fintechs que tinha como propósito discutir os desafios do mercado.

Dois temas foram os destaques dessa noite: talentos em tecnologia e regulamentação. O segundo foi especialmente apontado como obstáculo para um setor que, tendo alguns processos facilitados, poderia prover serviços financeiros bem melhores à população brasileira.

Quando Thiago cofundou o Guiabolso, em 2012, fintech ainda não era um termo utilizado por aqui. Os potenciais investidores eram, inclusive, céticos — “já existem sete grandes bancos, está tudo consolidado, não tem o que fazer”.

Mas essa barreira de entrada se devia também aos regimentos que cortavam iniciativas inovadoras pela raiz.

Open Banking, por exemplo, não existia nem como conceito. Acreditava-se ainda que os dados dos usuários pertenciam às instituições. E o Guiabolso surgiu, justamente, contestando essa realidade, como a primeira tecnologia (e única que funciona no Brasil até hoje) de agregação bancária. O objetivo era permitir que pessoas compartilhassem suas informações bancárias com outras plataformas.

Isso era inimaginável, tanto pelas forças organizacionais que monopolizavam esses dados, quanto pela falta de clareza sobre as regras em torno do assunto.

“Regulamentação é super importante. Mas a gente resolveu não esperar por ela, porque ela nivela o jogo. Se a gente tivesse esperado, a gente não teria feito nada”, diz Thiago.

Em seu painel no Scale-up Summit 2019, ele convida outros empreendedores a se anteciparem às mudanças, em vez de aguardar o momento perfeito: “Acho que a gente tem que pensar no impossível e, diariamente, trabalhar para que esse impossível se torne realidade”, diz. Confira no vídeo acima!