facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Quanto tempo sua empresa leva para processar e entregar um pedido? Lead time é a resposta

LoadingFavorito
Quanto tempo sua empresa leva para processar e entregar um pedido? Lead time é a resposta

Calcular o lead time significa conhecer o intervalo exato entre o recebimento de um pedido e a entrega dele ao cliente

Imagine a seguinte situação: você montou uma pequena fábrica, e precisa contratar um gerente de produção. Durante as entrevistas, um dos candidatos dispara a pergunta: “qual é o lead time ideal para a produção?” Você gagueja, desconversa, olha para o alto e diz que ainda não definiu a questão. Então, assim que o candidato sai da sala, o que você faz? Acessa o site da Endeavor para tirar a dúvida, claro!

Pois bem, o termo vem da Engenharia de Produção. E, se você perguntar a algum amigo engenheiro o que significa, ele provavelmente dirá que lead time se trata “do tempo decorrido entre a chegada de um pedido efetuado por um cliente até que este pedido seja entregue”.

Essa é a definição clássica. Mas aqui veremos que a questão do lead time é um pouco mais complexa. Afinal, suponhamos o seguinte: você encontrou o gerente de produção que procurava. Trabalhando a partir dessa definição, o profissional pode acreditar que uma forma de reduzir o lead time seria mantendo altos níveis de estoque. Porém, a verdade é que, tendo o produto em estoque, o gerente estará reduzindo o tempo que o cliente interpreta em relação à sua empresa, mas não o lead time.

Este é, na verdade, o tempo que demora para um produto atravessar todas as operações requeridas dentro de uma cadeia de suprimentos. E assim, os estoques consistem, em último caso, em filas que AUMENTAM esse tempo de atravessamento, e NÃO O DIMINUEM.

Mas do que se trata, então, lead time?

Uma definição mais adequada é a de que o conceito se refere ao tempo do caminho crítico da manufatura – em inglês, manufacturing critical-path time, ou MCT. Guarde essa sigla, pois ela é fundamental para o lead time.

De acordo com especialistas, o MCT é a típica quantidade de tempo, em dias corridos, desde a criação da ordem de serviço, passando pelo caminho crítico, até que pelo menos uma peça do pedido seja entregue ao cliente.

Outra definição semelhante e precisa é a seguinte:

Lead time é uma medida de tempo gasto pelo sistema produtivo para transformar matérias-primas em produtos acabados.

Em suma, é o tempo de aprovisionamento – ou o processo que abrange todos os aspectos na relação entre os fornecedores e o abastecimento de uma empresa. Por isso, trata-se de um termo relacionado à logística também, pois este abastecimento envolve matérias-primas, componentes de produção sobressalentes, módulos, produtos acabados e semiacabados, transporte, linha de montagens e armazéns.

As definições de lead time acima, assim, auxiliam o gerente de produção a pensar em todas as etapas que um pedido percorre até chegar ao cliente. Dessa forma, ele consegue elaborar e implantar iniciativas para reduzir o tempo total por meio da eliminação, ou pelo menos alcançar a redução das esperas ao longo do MCT.

Por que é importante?

A partir do momento em que uma empresa adota técnicas administrativas para melhorar a produtividade (como kanban e poka-yoke, por exemplo), ela deve se dedicar a reduzir o tempo de aprovisionamento ou de entrega. Por isso, o conceito se constitui em uma peça fundamental no bom atendimento aos clientes.

E é importante também porque o lead time pode servir ao planejamento da sua empresa. Tomemos, como exemplo, uma área de compras: as pessoas envolvidas nos processos devem saber exatamente qual é o lead time, o intervalo de tempo para comprar os materiais necessários para a produção, desde a emissão do pedido até que o material esteja de fato à disposição para uso.

Na produção, o lead time é o intervalo de tempo necessário para que o material passe pela fabricação – do primeiro até o último processo – e esteja pronto para outra etapa. Ou ainda, o lead time de entrega, intervalo de tempo necessário desde o momento que o cliente adquiriu a mercadoria até que ele realmente a tenha em mãos.

Como posso calcular um lead time?

Este artigo da eHow Brasil traz um passo a passo bastante oportuno. Resumimos abaixo a trajetória para você:

1 – Para começar, liste todos os produtos exigidos por um trabalho específico. Nessa lista, inclua também os itens necessários para serviços de reparo, instalações. Não se esqueça, claro, das matérias primas utilizadas para obter o produto a ser vendido.

2 – Com a lista em mãos, descubra quanto tempo será necessário para adquirir cada item. Por exemplo, se você encomendar um material que virá de outro estado, então o tempo entre o pedido e o recebimento pode ser de cinco dias, ou mais. Aliás, se o seu fornecedor trabalhar somente em dias úteis, acrescente os dias de final de semana ao tempo de entrega.

3 – Selecione o item com o prazo de entrega mais longo identificado na etapa acima e anote o quanto será necessário esperar para recebê-lo. Se você mantiver um inventário de matéria prima ou produtos necessários para a possível venda, então assuma um lead time de um dia para colocar o item em processo de produção.

4 – Estabeleça o número de dias ou horas necessários para fabricar o produto ou completar o serviço. Por exemplo: sua empresa pode precisar de três dias para produzir um lote de shampoos após receber os materiais necessários para fabricá-los. Não se esqueça de contar os finais de semana e a manutenção ou os atrasos que possam acontecer. E caso você tenha uma máquina avariada que precise ser usada para o serviço, então é preciso acrescentar o tempo necessário para o reparo. E, ainda, caso esteja fornecendo um serviço mas o funcionário responsável não se encontre disponível por três dias, você deve incluir esse período no cálculo do lead time.

5 – Tudo definido? Hora de acrescentar o tempo de espera necessário para receber os produtos para a venda ao cálculo do tempo exigido para fabricar o item ou para conseguir um funcionário para a instalação. Então, o total entre esse dois pontos será o lead time estimado para o trabalho em questão.

De forma um tanto resumida, este é o conceito de lead time. O importante é que você esteja sempre atento a ele, de modo que consiga aprimorar cada vez mais a produtividade da sua empresa.

Onde posso me informar mais?

Este artigo mais técnico do portal InfoQ também aborda o cálculo do lead time.

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: