Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

A jornada do empreendedor: 47 passos para ser o melhor que você pode ser

LoadingFavorito
A jornada do empreendedor: 47 passos para ser o melhor que você pode ser

“No final da jornada, só lembrarás de uma batalha.
Aquela que lutaste contigo mesmo, o verdadeiro inimigo;
a batalha que te fizeste único”

Existem inúmeras maneiras de definir o que é sucesso, infinitas maneiras de medi-lo, e uma miríade de significados para ele. Mas invariavelmente, tais definições, medições e significados estão mais relacionados com os outros — o que pensam de nós — do que com nós mesmos.

E quanto mais relacionado aos outros, mais difícil fica alcançar o sucesso. Isso porque temos pouco ou nenhum controle das situações. Não há nada que possamos fazer quando uma empresa capta mais dinheiro do que a nossa, quando um garoto de vinte e poucos anos vende sua empresa por US$1 bilhão, quando um IPO é precificado a 30x receita, quando você nasceu no Brasil e não no Vale do Silício, ou quando o presidente errado foi reeleito etc. — a lista é longa.

Mas quando somos a própria régua com o qual medimos nosso sucesso, passamos a ter total controle dos inputs e, consequentemente, total responsabilidade pelos outputs.

John Wooden, um dos maiores técnicos esportivos de todos os tempos, definia sucesso como “a paz de espírito resultante da satisfação em saber que você se esforçou para se tornar o melhor de que é capaz”. Ou seja, que você tenha dado o seu máximo, o seu melhor, que você tenha sido profissional.

Todas profissões têm uma definição do que é profissionalismo, um código de conduta. Em muitos casos, como na medicina, ela é explícita, em outros, completamente implícita. Mas todas têm ao menos 4 elementos básicos que definem o que se espera de um profissional:

1. Abnegação: aceitar a responsabilidade que temos pelos outros e colocar as necessidades e a preocupação daqueles que buscam nosso profissionalismo acima das nossas próprias.

2. Habilidade: buscar continuamente a excelência nas nossas habilidades e do nosso conhecimento.

3. Confiança: assumir a responsabilidade pela estabilidade dos resultados esperados ao longo do tempo.

4. Disciplina: ter autocontrole para seguir o padrão de comportamento esperado. Se você espera isso do seu médico, do seu advogado e do seu ídolo do futebol, por que não esperar de você mesmo e aceitar que são essas características que serão esperadas de você?

Além da abnegação, da confiança e da disciplina que você precisa domar, como CEO (Chief Entrepreneur Officer) você tem 4 principais habilidades a serem desenvolvidas e aprimoradas:

1. Articular a visão e comunicá-la a todos envolvidos: clientes, associados, parceiros e investidores (o atributo Steve Jobs);

2. Recrutar e desenvolver os melhores talentos, tanto associados quanto advisors (o atributo Larry Page);

3. Construir e gerenciar a máquina que vai executar a visão (o atributo Andy Grove);

4. Garantir que sua empresa tenha dinheiro e recursos necessários (o atributo Warren Buffett).

Há uns dois anos, eu e meus sócios começamos a nos questionar muito sobre onde nos encontrávamos, dentro desses 4 elementos e 4 habilidades, em relação aos nossos competidores. Só que, numa discussão em meio a algumas taças de vinho, percebemos que nosso sucesso não tinha nada a ver com eles: nós precisávamos ser nossa própria régua de sucesso.

Assim, iniciamos uma jornada, uma busca por um ideal, por um grande desafio. Seja qual for o seu objetivo, para chegar lá é preciso força de vontade sobre-humana. Por isso, no ano de 2015, nos dedicamos a escrever um diário (que na verdade era semanal) de nossas descobertas nessa luta – uma batalha contra nós mesmos para sermos o melhor que poderíamos ser. Essa jornada se transformou em um livro, que lançaremos nesta quinta-feira (22), em São Paulo.

“A Jornada do Empreendedor: O Herói da nossa Era” reúne 47 passos, pontos essenciais de atenção, que vão de desenvolvimento de produto à criação de uma máquina de talentos.  A cada passo, você e seu time estarão mais preparados para trilhar seus próprios caminhos, sabendo como adaptar-se a cada demanda com um processo mais aprimorado. Nós estaremos ao seu lado, com bússola e mapa na mão.

Que tal eleger como principal meta para o futuro próximo superar você mesmo e ser o melhor de que é capaz? Que tal pensar nos “4 elementos básicos” e nas “4 principais habilidades” como a sua régua do seu sucesso?

Boa batalha contra você mesmo! Sucesso!

“A Jornada do Empreendedor: O Herói da nossa era”

Autores: Edson Rigonatti, Laura Mello e Martino Bagini

Editora: Casa do Código

Quanto: de R$ 29,90 (ebook) a R$ 69,90 (impresso)

Lançamento: 22/09, às 19h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (av. Paulista, 2073 – Consolação, São Paulo/SP)

, Astella Investimentos, Sócio
Edson é sócio da Astella Investimentos e um dos mais ativos mentores da Endeavor Brasil. Com mais de US$ 3bi em transações de M&A  e Mercado de Capitais nos setores de Tecnologias da Informação e Comunicação, foi também gestor em empresas familiares e multinacionais. Possui experiência em prospecção e estruturação de investimentos, compra e venda de participações e gestão de empresas familiares e multinacionais. Foi o sócio responsável pela prospecção e estruturação de M&A e mercado de capitais da Cicerone Capital, e Vice-Presidente de Vendas e Desenvolvimento de Negócios da Lucent Technologies.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: