Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Vai entregar? Então saiba mais sobre o frete

LoadingFavorito
Vai entregar? Então saiba mais sobre o frete

Em um mercado onde o e-commerce cresce cada vez mais, o serviço de frete vem ganhando importância. Veja aqui algumas dicas e informações úteis para utilizá-lo com sabedoria

Retomemos a suposição de sempre: você teve a ideia inovadora, abriu uma empresa, desenvolveu o produto, testou-o com sucesso (via, por exemplo, um MVP) e enfim resolveu lançá-lo, operando por meio de e-commerce. Até aí, tudo certo. Mas agora vem a pergunta que vale ouro: como é que o seu produto vai chegar às mãos dos consumidores?

Pois é. Pode ser que você não tenha refletido sobre este pormenor, mas vai descobrir que na verdade é um pormaior. O transporte de cargas é uma engrenagem essencial, sem a qual a economia não gira. Afinal, sem o frete, empresas e indústrias não produzem e fornecedores não entregam. Nada acontece.

Foi para tirar suas dúvidas sobre este serviço fundamental que elaboramos este artigo. Para que você conheça e utilize melhor o serviço de frete de forma a otimizar sua operação, reunimos algumas informações que podem ser bastantes úteis.

Olá, sou novo aqui! Do que se trata?

De um serviço praticamente indispensável! Dos ônibus e voos fretados ao “frete grátis” dos sites de e-commerce, passando pelo frete cobrado por caminhoneiros e transportadoras: é este o tamanho da abrangência do termo.

Aqui, por se tratar de um espaço dedicado a você, empreendedor, falaremos sobretudo da modalidade transportes de pequenas cargas, realizado por meio de veículos de pequeno porte, como motos, utilitários e pequenos caminhões.

Como o frete pode ser importante para a minha empresa?

Se o seu modelo de negócio envolve entregar produtos, é evidente que você não o colocará em prática sem transporte. Por isso, o ideal é que você conheça bem os mecanismos do serviço de frete, para que não perca tempo e dinheiro batendo a cabeça por aí; as dicas abaixo podem ajudar bastante neste sentido.

Mas, ainda que você não trabalhe com transporte de mercadorias, não deixe de dar uma espiada também. Vai que você tira um insight da leitura!

No meu modelo de negócio, a entrega de mercadorias é o epicentro. Como devo encarar o serviço de frete?

Com toda a atenção e a dedicação possíveis, já que o êxito das suas operações estará vinculado ao bom funcionamento do serviço. Tomemos, como exemplo, uma floricultura online cujo diferencial é a promessa de entregas urgentes, para o mesmo dia. Ora, para cumprir esta promessa, a floricultura precisa estar muito estruturada em relação ao serviço de suas entregas, já que um atraso poderia representar a ruína. E isto num mercado em que o e-commerce vem ganhando mais e mais espaço.

Ou seja, conhecer bem a ferramenta de frete e elaborar um sólido planejamento a este respeito pode contribuir e muito na sua gestão de custos e nos diferenciais das suas operações.

Investir em frota própria ou terceirizar o processo? 

Essa é a primeira pergunta que você deve se fazer. E antes de responder, lembre-se de que o transporte é uma atividade de meio, que não agrega valor ao seu produto final. Então, neste momento, escolha a opção que representar menos custo.

Pode ser que, caso a sua movimentação mensal de carga seja pequena, uma frota própria não configure a alternativa mais eficiente. Mas não descarte totalmente a possibilidade: conforme as vendas aumentam e o mercado cresce, montar uma frota própria pode sair mais barato e evitar uma série de problemas, já que assim você terá mais controle sobre suas entregas.

Escolhi a frota própria. E agora?

Ok, você já colocou na ponta do lápis e optou por montar sua própria frota. Agora, deve calcular o tamanho e o formato dessa frota.

Caso você já tenha uma previsão precisa de demanda, esta tarefa não será tão difícil. O fundamental é estabelecer a demanda mensal de carga, a capacidade de cada veículo e a velocidade média de deslocamento na rota escolhida. Embora pareça simples, o gestor da área deve levar em consideração todos os detalhes envolvidos na operação.

Neste sentido, procure realizar um passo a passo detalhado de todas as etapas. Elabore um checklist.

Veja abaixo alguns erros comumente cometidos neste momento:

- Má escolha da rota (por falta de um estudo aprofundado);

- Desconsiderar tempo necessário para o almoço e descanso do motorista;

- Deixar de incluir um intervalo de variabilidade, em razão de condições meteorológicas e de condições da pista;

- Esquecer cálculo do tempo necessário para realizar a carga e a descarga.

E na hora de escolher uma transportadora?

Certo, você optou por contratar uma transportadora. Neste caso, considere escolher alguém que seja muito mais do que um mero prestador; afinal, a transportadora se responsabilizará por um serviço central de suas operações.

O ideal é procurar um verdadeiro parceiro para integrar sua cadeia. Por isso, pesquise, pesquise muito. Conheça as melhores (e as piores) opções disponíveis no mercado, faça uma pesquisa informal de satisfação, converse com amigos; vá em busca de quem for mais confiante, transparente e competente. Porque aqui se trata de encontrar um parceiro que será determinante para seu sucesso. Então, invista todo o tempo necessário nesta busca.

E o frete grátis?

No caso do frete grátis, você deverá arcar com os custos do envio. É importante ter em mente que, entre pequenas e médias companhias e grandes varejistas, haverá uma diferença significativa nos preços de frete cobrados, devido ao poder de negociação. Por isso, é pouco provável que a política do frete grátis seja uma realidade em um momento inicial. A recomendação da E-commerce girl e especialista Solange Oliveira é de que os pequenos empreendedores podem realizar campanhas de curta duração com frete grátis; mas o que fará a diferença, mesmo, será o posicionamento. De acordo com ela, a política destes empreendedores deve estar relacionada a outros diferenciais, como um pós-venda de qualidade, por exemplo.

Segundo consta neste artigo do Sebrae, é normal que, sobretudo no início das atividades de um negócio, o frete ocorra dentro do perímetro urbano das cidades. Isso por meio de transportadoras que fracionam as entregas, dividindo as mercadorias em pequenas quantidades e que, com isso, podem percorrer distâncias mais variadas e agilizar as entregas.

Ou seja, caso você opte por contratar uma transportadora, neste primeiro momento, de estabelecimento do seu negócio, você pode priorizar a rapidez da entrega e a segurança do transporte, o que garante a integridade dos bens e, em consequência, a satisfação de seus clientes.

Onde posso encontrar mais informações?

Neste artigo do portal E-commerce Brasil, o gestor Thiago Zampieri reflete sobre os riscos que o frete pode oferecer aos empreendedores.

E no site do Guia Transvias, você encontra um catálogo com mais de oito mil empresas transportadoras distribuídas por todas as regiões do Brasil, de todos os tamanhos.

Boa pesquisa!

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: