facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Fluxo de caixa descontado: a ferramenta que calcula o valor da sua empresa

LoadingFavorito
Fluxo de caixa descontado: a ferramenta que calcula o valor da sua empresa

Você sabe quanto pode valer a sua empresa? Em um mercado em que fusões e aquisições são cada vez mais comuns, é muito importante conhecer o potencial de investimento que ela oferece.

Imagina se sua empresa representa uma oportunidade imperdível para investidores? Vale a pena dedicar alguns minutos de atenção a um assunto que é super importante nessa situação: o valor dela. Felizmente, hoje em dia existe uma série de ferramentas por meio das quais você consegue avaliar sua empresa com precisão. E neste artigo procuraremos tirar suas dúvidas a respeito de uma das mais utilizadas: o Fluxo de Caixa Descontado – ou FCD, para os mais chegados.

Fluxo de caixa, tudo bem. Mas “descontado”? O que é isso?

Como dissemos, o Fluxo de Caixa Descontado é uma ferramenta de cálculo de valor de uma empresa, de um projeto específico ou de um ativo - mas aqui falaremos estritamente do primeiro caso.

Por meio do Fluxo de caixa descontado, é possível trazer, para o presente – mediante uma taxa de desconto – o fluxo de caixa futuro da sua empresa. Esta taxa de desconto costuma ser composta por todos os custos do capital e pelos riscos do empreendimento.

A ferramenta é amplamente utilizada por investidores, consultorias e demais interessados em conhecer o valor de uma empresa. Assim sendo, geralmente é acionada no momento em que uma empresa vai captar investimento, oferecer ações para seus colaboradores, se fundir com outra, ou quando vai ser vendida.

Para dar uma ideia de como a ferramenta pode ser importante, imagine a seguinte situação: você lançou um app que facilita e agiliza a preparação de receitas culinárias para um público bastante específico – jovens que moram sozinhos. O aplicativo está consolidado, e já fatura por meio de propaganda. Em um dado momento, um investidor demonstrou interesse no seu empreendimento. Então, ele poderá utilizar o FCD para conhecer o potencial do investimento que eventualmente fará.

Qual é a utilidade na prática?

Bem, pra começo de conversa, é fundamental conhecer o valor exato da sua empresa, não? A partir disso, por meio do Fluxo de caixa descontado você pode ter uma ideia exata do potencial de investimento que seu negócio oferece – e, em consequência, do capital que ele pode atrair.

Como é que funciona?

A metodologia do Fluxo de caixa descontado leva em conta quatro elementos-chave da sua gestão financeira:

1 – Estimativa de fluxo de caixa - ou seja, o montante de caixa recebido e gasto por uma empresa durante um período específico.

2. Determinação da taxa de desconto – é  determinada pelo custo médio ponderado de capital e pelos riscos de investimento.

3. Cálculo de valor residual – aqui, é importante que você saiba que o valor residual de um bem é o valor estimado do ativo ao final de sua vida útil (ou seja, o período durante o qual o ativo poderá ser utilizado por uma empresa).

4. Cálculo de valor da empresa.

O FCD é uma projeção daquilo que sua empresa poderá produzir no futuro, com os descontos do tempo que isto levará e dos riscos assumidos. Em outras palavras: o valor da sua empresa no Fluxo de Caixa Descontado é medido pela quantidade de recursos que serão gerados no futuro, acrescida ao seu valor nos dias atuais, e subtraindo-se o tempo e o risco associados a essas estimativas vindouras.

Acho que entendi, mas um exemplo ajudaria.

É pra já! Este artigo do ContaAzul nos dá um exemplo bastante simples, mas que serve para ilustrar a questão de forma introdutória. Suponha que sua empresa tenha a seguinte projeção de faturamento ao longo de quatro anos:

1º ano – R$ 58.400

2º ano – R$ 64.200

3º ano – R$ 73.800

4º ano – R$ 87.500

Agora, imagine que você queira aproximar este resultado do presente, com uma taxa anual de juros de 12%. A partir disso, calcule o retorno de cada ano trazendo a valor presente com a taxa de juros e some as partes:

1º ano: R$ 58.400/(1,12) = R$ 52.143

2º ano: R$ 64.200/(1,12)^2 = R$ 51.180

3º ano: R$ 73.800/(1,12)^3 = R$ 52.530

4º ano: R$ 87.500/(1,12)^4 = R$ 55.610

Total: 211.463,00

Ou seja, o valor da sua empresa com base no FCD é de R$ 211.463.

É importante observar que este é um cálculo bastante simples e imediato; existem outros cálculos de Fluxo de Caixa Descontado que são muito mais complexos. Felizmente (mais uma vez), para realizá-los, há uma série de recursos que podem te ajudar neste sentido, boa parte deles gratuita.

Alguma indicação de ferramentas?

Com certeza - para começar, esta planilha de fluxo de caixa descontado da ContaAzul pode te ajudar um bocado. Basta preencher um rápido formulário e depois fazer o download gratuito da ferramenta.

Nesta página da Gyplan você também encontra uma plataforma de cálculos online, fácil e simples de se usar.

E neste artigo do portal PEGN, o professor de finanças Ângelo Corsetti, do Insper, fornece outra fórmula para o cálculo do Fluxo de caixa descontado.

Devo tomar algum cuidado?

Sem dúvida. Você precisa ter sempre em mente que o que está sendo calculado é o valor da sua empresa. Por isso, deve tomar muito cuidado com a acuracidade das informações que vai inserir no cálculo do seu Fluxo de Caixa Descontado. De preferência, o ideal é que essas informações sejam auditadas. Como sabemos que o processo de auditoria é complexo e muitas vezes caro para Pequenas e Médias Empresas, considere modelos mais simplificados para apurar seus números, como uma consultoria financeira ou revisão limitada.

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

6 Comentários

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. 0 curtidas
     
    Curtir

    Tem um escritório de contabilidade online que oferece um aplicativo web para a gestão da contabilidade, com fluxo de caixa e tal… Eles tem atendimento por 0800 de segunda a sexta também. É bem legal! Pra quem quiser ver: https://osayk.com.br/

  2. Heldo Lima - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Olá, gostaria de saber se existe alguma definição de período definido para o cálculo do FDC nos casos de avalição de empresas para venda da empresa. Devo considerar 3,5, 10 anos? Como defino isso?

  3. Franklin Tomich - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Onde se fala de projeção de faturamento ao longo de quatro anos, acredito que quis dizer projeção de fluxo de caixa livre ao longo deste período

  4. Almir Gonçalves Pereira - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Um dos problemas na previsão do Fluxo de Caixa futuro de uma empresa ou projeto, especialmente para prazos relativamente longos, é quanto à CURVA ou GRÁFICO a ser adotado. Apesar de pouco conhecida, prefiro a curva sigmoidal (ou equação logística), ao invés das curvas de crescimento aritmético e exponecial, pois aquela representa melhor o que acontece no mundo real. Que tal um artigo sobre isto?

  5. Péricles Camargo Oliveira - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Ola,
    me parece quemo cálculo do primeiro ano esta errado, o resultado não seria = 52.143, caso eu esteja equivocado, por favor me corrijam.

    Abraços,
    Péricles.

    1. Endeavor - says:

      1 curtidas
       
      Curtir

      Está certíssimo, Péricles! Já corrigimos o valor no texto. Obrigado pela ajuda. Abraços!

Parceiros
Criação e desenvolvimento: