Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Ética: como obter uma mudança de atitude

LoadingFavorito

Uma gestão da ética eficiente pode influenciar a cultura e o comportamento das pessoas, e garantir melhores resultados.

Notícias sobre corrupção e escândalos envolvendo empresas brasileiras e estrangeiras que operam no Brasil são cada vez mais frequentes na mídia do país. Porém, com a promulgação da lei brasileira anticorrupção, a expectativa é que notícias sobre a penalização dos corruptores também sejam veiculadas.

Diante desse cenário, a disseminação de valores e diretrizes de conduta ética no ambiente corporativo passa a ser obrigatória para direcionar as relações internas e externas das organizações, bem como a implantação de mecanismos que garantam o seu cumprimento, tanto no combate à corrupção e fraudes, quanto no reforço da cultura ética no ambiente corporativo.

Neste contexto, surgem algumas questões fundamentais: Como disseminar tais valores de maneira eficiente na organização? Como garantir que esses valores sejam condizentes com a realidade e respeitados pelas partes interessadas (stakeholders) da organização? Além disso, se uma organização é formada por pessoas e cada uma possui valores diferentes, como fazer com que todas se alinhem para os mesmos objetivos e atuem de acordo com os valores organizacionais?

As respostas a essas perguntas integram o processo de remodelação da Gestão da Ética no ambiente corporativo. Para isso, é fundamental haver regras claras e definidas, comunicadas por meios eficientes e confiáveis e fóruns para debate, além da adoção de balanço de consequências. Estas respostas fazem ainda mais sentido quando se considera que a motivação profissional das pessoas está diretamente relacionada com os seus valores e com a percepção dos mesmos no ambiente de trabalho.

A seguir, saiba como uma Gestão da Ética eficiente pode influenciar o comportamento das pessoas na organização e, assim, produzir melhores resultados tanto no que se refere à motivação dos profissionais quanto aos objetivos financeiros.

Código de Conduta Ética

Este é o documento que contém diretrizes para o relacionamento entre aspartes da organização, formalizando o comportamento esperado dos colaboradores, terceiros e até mesmo de clientes em relação à conduta ética. Serve como um guia de ação e possibilita um convívio mais harmonioso. Ele é único para cada organização e, por isso, é fundamental que considere todas as características particulares, como mercado de atuação, localização geográfica, dirigentes, acionistas, políticas formalizadas ou as praticadas. Idealmente, deve ser elaborado contando com a colaboração de profissionais de diferentes áreas e posições hierárquicas e validado pela alta administração.

Sua função, porém, não é listar todos os possíveis dilemas éticos que possam surgir na condução dos negócios da organização, mas preparar as pessoas para refletir e atuar de acordo com as regras formalizadas.

Divulgação e implantação

Tão importante quanto a elaboração do Código de Conduta, a maneira como ele será divulgado é fator crítico de sucesso. Independentemente dos meios de comunicação disponíveis (eletrônicos: e-mails, intranet, ou físicos: jornal mural, banners, entre outros), é fundamental que todos conheçam e entendam o conteúdo do Código detalhadamente. Para isso, deve haver um esforço de implantação e conscientização com ações específicas para cada grupo profissional.

Canais de comunicação

Mecanismos bem definidos e comunicados conferem maior transparência ao relacionamento da organização com as partes interessadas. Assim, recomendamos a utilização dos seguintes canais:

Canal de dúvidas: esclarecimento de dúvidas referente ao Código de Ética, dilemas éticos, sugestões e críticas da Gestão da Ética na Organização.

·         Canal de denúncias: relato de casos de descumprimento e violações do Código de Conduta. Para garantir um bom funcionamento, é essencial que propicie segurança, confidencialidade e ausência de retaliação para os denunciantes, além de ser direcionado para um processo de apuração e investigação de todos os relatos.

Comitê de ética

Um ponto fundamental para sucesso na implantação do Código de Conduta é a coerência entre o que é falado e o que é praticado por todos na organização a fim de garantir sua credibilidade. Para isso, é preciso utilizar os diferentes canais para avaliar atitudes antiéticas, além de esclarecer dúvidas e, caso necessário, revisar as próprias regras. Para isso serve o Comitê de Ética, que, segundo as melhores práticas do mercado, deve ser formado por diretores e auxiliado pelo responsável pelos canais de comunicação (dúvida e denúncias).

A Gestão da Ética Corporativa é de extrema relevância para aprimoramento da cultura e da influência do comportamento organizacional. Com regras claras e bem divulgadas, canais de comunicação eficientes, análise recorrente das informações e um balanço de consequência percebido, o ambiente tende a melhorar e os profissionais “conformistas” passam a agir de acordo com os padrões éticos desejados pela organização. Dessa forma, se transforma em um ambiente mais transparente e com um clima melhor para trabalhar, influenciando a redução do número de fraudes e, também, uma provável melhora nos resultados financeiros.

 

Heloisa Macari é executiva da unidade de Gestão de Riscos de Negócios na ICTS Protivit.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: