Saiba a importância do MVP para os seus negócios

Endeavor Brasil
Endeavor Brasil Endeavor Brasil - Time de Conteúdo

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 30 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

O MVP é um instrumento que te ajuda a concretizar novas ideias com mais segurança. Saiba como um MVP deve ser estruturado e a sua importância para geração de novos negócios.

O MVP (Minimum Viable Product – que significa Produto Minimamente Viável) é uma espécie de teste para ter uma primeira ideia sobre a viabilidade de um projeto e se há espaço no mercado, antes que seja investido todo o capital. Segundo Rafael Lima, sócio da empresa HE:Labs, especializada em desenvolver MVPs, a técnica é feita para testar o produto com o mínimo de funcionalidade, não com funcionalidades mal feitas. “… Imagine um bolo de chocolate bem gostoso. Agora imagine um segundo bolo, de fubá sem gosto. Quando falamos de fazer um MVP e lançar logo, não estamos dizendo que é para você fazer o bolo de fubá, mas sim, cortar a mínima fatia possível do bolo de chocolate”.

Em outras palavras, o MVP é um método de experimentação e aprendizado. Nela, é possível descobrir se a solução proposta por uma startup conseguirá resolver as questões que propunha enquanto ainda era uma ideia. Essa avaliação e reação do público indicarão se o produto ou serviço está pronto para ser iniciado, ou se ainda precisa de melhorias significativas. Essa troca de informações cria um ambiente de desenvolvimento para o empreendedor, criando situações que mostram qual é a melhor solução para aplicar preços, funcionalidade e lançar produtos e serviços realmente inovadores.

MVP: Testando e aprovando as incertezas e premissas do seu negócio

O Produto Minimamente Viável é de extrema importância para o seu negócio, pois se trata de um conjunto de processos que auxiliam no desenvolvimento de produtos, mercados, clientela e plataformas. Se o seu MVP é bem feito, será possível até prever fatos antes que eles realmente ocorram, além de lançar inovações mais rápido que os possíveis concorrentes.

Porém, para colocar em prática seu produto ou serviço, é imprescindível estabelecer métrica de análise dos feedbacks de clientes em potencial. A ideia é que os resultados sejam fáceis e rápidos de analisar, colocando apenas realmente aquilo que necessita de testes para saber se sua funcionalidade será eficiente. Por exemplo, a Zappos (empresa de venda de sapatos pela internet), abriu o seu site com alguns modelos para compra. Quando uma pessoa comprava o sapato, a equipe ia até a loja física e adquiria o sapato para enviar ao cliente.

O intuito é de validar apostas de mercado. Colocar em teste as incertezas que se quer comprovar, viabilizando o processo mínimo de funcionalidades para que o produto possa ser utilizado pelos potenciais clientes. É o momento de testar, reconstruir (se necessário) e aprovar. Quando o empreendedor analisa, testa e verifica essas funcionalidades, passa a obter maiores possibilidades de lançar produtos mais aprimorados que venham trazer sucesso.

Use as informações obtidas para fomentar o sucesso de seu negócio

A partir das reações captadas de possíveis consumidores, será possível identificar os pontos que merecem atenção especial, como preço, características, custo benefício, entre outros. Ainda que o seu projeto seja apenas um protótipo, é necessário apresentar as suas principais funções a fim de satisfazer os interesses de seus potenciais clientes.

Uma boa dica para iniciar o seu MVP é através de uma landing page. Nesse processo são gerados diversos leads de potenciais clientes, de onde é possível mensurar o tipo de público que se interessa pelo seu produto, bem como obter uma lista de e-mails que podem ser usados, posteriormente, como uma estratégia de vendas com o envio de e-mails marketing personalizados. Coloque em prática suas ideias utilizando os métodos do MVP, e tenha mais segurança para investir em novas soluções de mercado!