Exit ou Funding para scale-ups: como um empreendedor pode obter fundos ou vender sua empresa

Nestor Casado
Nestor Casado

Nestor Casado é Diretor da CAPITAL INVEST –M&A Advisors (https://www.capitalinvest-group.com/), boutique de M&A que assessora financeiramente em fusões e aquisições em empresas de médio e grande porte. Ele contribui com a Endeavor como mentor, com foco em M&A, estratégia e finanças corporativas.

Você é empreendedor, anda pensando em vender a sua empresa e quer saber todos os procedimentos necessários?

Hoje em dia é possível encontrar muitos livros sobre como um empreendedor pode abrir uma empresa, porém ainda há poucos sobre como vendê-la.

Neste artigo vamos falar  tudo o que um empreendedor precisa saber sobre a venda de empresas. Fique atento!

Motivos para o empreendedor vender sua empresa

Essa é uma decisão que precisa ser muito bem pensada, pois se você se arrepender durante uma transação, pode prejudicar a imagem da empresa e ter dificuldades caso deseje vendê-la no futuro.

Existem muitos motivos que levam um empreendedor a vender uma parte ou toda a sua empresa, dentre eles podemos citar:

O que um empreendedor precisa saber para vender sua empresa

Após tomar a decisão de que deseja mesmo vender a empresa, por um dos motivos citados acima, você precisa levar em conta alguns pontos importantes:

  1. Disponibilizar o tamanho de parcela ideal: é preciso decidir se vai vender uma parte (“funding”) ou se vai vender 100% da empresa (exit).
  2. Planejar o funding. No caso de funding, adicionalmente é importante realizar um “business plan” e planejar as necessidades de caixa, otimizando os próximos “rounds” de “funding” para diminuir a diluição.
  3. Ter um controle financeiro organizado: que é o ponto de partida  para preparação da empresa para: a venda, a avaliação e a Due Diligence.
  4. Investir em uma consultoria em fusões e aquisições: para preparar a sua empresa para a venda, calcular o valor da sua empresa, contatar investidores, e coordenar todo o processo até a assinatura do contrato de venda.
  5. Ter ciência que o processo é longo: costuma durar entre seis meses e  um ano, podendo se estender.
  6. Ter ciência das várias opções na venda de empresas, em função do seu tamanho, da sua situação, do tipo de investidores almejados, etc.

Processo de venda de uma empresa

Existe um padrão de etapas já muito utilizado pelo mercado. Os profissionais costumam segui-lo para tornar o processo mais organizado e competitivo, o que acaba elevando o valor da empresa.

As fases do processo de venda são:

  1. Preparação da empresa: juntar toda a documentação antes mesmo de iniciar o processo de venda, e com a ajuda de um assessor verificar os principais riscos e contingências.
  2. Valuation: realizar o valuation (avaliação de empresas) para entender quanto ela vale. O ideal é contratar uma consultoria em avaliação de empresas.
  3. Planejamento estratégico: pensar de que maneira se apresentar ao mercado e qual o perfil do investidor ideal. Planejar os próximos rounds de funding para otimizar a diluição do capital.
  4. Documentação de apresentação para investidores: ela pode ser confidencial ou não confidencial.
  5. Road show: contatar possíveis investidores do Brasil e de fora do país. Quanto maior o número de investidores envolvidos, maior costuma ser o valor da venda. Os investidores normalmente contratarão uma consultoria em compra de empresas. Dependendo do tamanho da scale-up é importante o contato com investidores estrangeiros interessados em Investing in Brazil.
  6. Negociação e seleção de ofertas não vinculantes: são aquelas que ainda estão pendentes de verificação.
  7. Due diligence e ofertas vinculantes: quando a proposta é aceita e então só resta a auditoria para verificar se todas as informações passadas são confiáveis.
  8. Contrato de formalização de compra de empresas: negociação das cláusulas e assinatura do contrato.

Profissionais que você deve envolver para ter uma venda de sucesso

Para que todo o processo citado acima seja bem realizado, você pode contar com um assessor financeiro e um assessor legal.

Quer saber a diferença entre o trabalho de cada um deles? Confira!

Conclusão: como o empreendedor pode obter fundos ou vender sua empresa

Apesar de não ser tão simples vender e avaliar uma empresa, quando se tem a ajuda necessária é possível diminuir os riscos e aumentar o valor de venda.

É importante refletir bastante antes de tomar a decisão de vender uma participação na sua empresa, para que não se arrependa mais para frente.

E, se realmente estiver disposto, siga todos os procedimentos necessários, contando com profissionais especializados na área, deixando de lado o envolvimento sentimental.

Dessa maneira será possível atrair os melhores investidores e fechar um bom negócio.