Lições de gestão do visionário Bill Gates

Endeavor Brasil
Endeavor Brasil

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 30 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Bill Gates, além de grande visionário, também criou e cuidou, durante muito tempo, de uma das maiores empresas do mundo: a Microsoft. Conheça as principais lições de gestão desse empreendedor. 

Que tal ouvir o artigo? Experimente dar o play abaixo ou fazer o download para ouvir offline!

O nome Bill Gates dispensa apresentações. Um gênio dos códigos de programação, Bill Gates realizou grandes feitos em sua vida, como criar o Windows e popularizar o PC. Mesmo que você prefira a Apple, não dá para negar a importância de Gates na democratização da informática e modernização de processos no mundo.

O que talvez você não saiba é que ele vendeu seu primeiro programa de computador por US$ 4,2 mil, aos 17 anos, para a escola onde estudava, ou que ele, durante o período da faculdade, resolveu um complexo problema matemático, feito que foi publicado em uma revista acadêmica e que não foi superado pelos 30 anos seguintes. Mas com certeza você sabe que ele construiu uma verdadeira fortuna, fundou a Microsoft, é conhecido como um grande filantropo.

“Sucesso é um péssimo professor. Ele seduz pessoas inteligentes a pensarem que eles não podem perder” 

Dicas de Bill Gates para quem quer empreender

No livro A gestão segundo Bill Gates, o autor aponta 10 pontos importantes, que todo empreendedor deve conhecer para fazer uma boa gestão de seus negócios. Vamos saber mais:

Estar no lugar certo na hora certa

Se tem uma coisa que Gates sempre soube fazer foi reconhecer uma boa oportunidade e aproveitá-la. E talvez essa seja uma das características mais importantes para um empreendedor. Quer um exemplo? A primeira parceria da Microsoft foi com a IBM, nos anos 80. A empresa de hardware, querendo entrar no mercado de computadores pessoais, procurava um fornecedor de software.

Gates fechou com a IBM, comprou um software criado por uma empresa pequena por 50 mil dólares, implementou melhorias substanciais no produto e o vendeu* por 8 milhões de dólares para a IBM. Isso é que é margem, não é?

Saber tudo que se passa no seu negócio 

Para Bill Gates, gostar de tecnologia era muito importante, principalmente como fundador de uma empresa cujo core estava ligado à tecnologia. Agora, mais do que isso, o empreendedor ressaltava a importância de conhecer e entender todos os processos de uma empresa para estar sempre bem informado, perto de seus funcionários e por dentro de tudo que se passa.

Investir na equipe e motivá-la

Gates é conhecido por trazer para sua equipe os melhores estudantes recém saídos da universidade, além dos bons pacotes de benefícios para motivar a equipe. Como qualquer bom empreendedor, ele sabia que sozinho não iria chegar à lugar algum e que precisava investir em uma equipe engajada e comprometida.

O engajamento é um ativo fundamental para o sucesso de uma empresa, e só será conquistado a partir de uma cultura que valorize verdadeiramente o funcionário e possibilite que ele se conecte com os valores da empresa. Escute seu funcionário, invista nele e transforme sua organização em um lugar onde as pessoas querem trabalhar, mais do que isso, onde elas se orgulham de trabalhar.

Pedir e ouvir os feedbacks de clientes

A Microsoft sempre acreditou na importância de receber feedbacks de seus clientes. Na versão beta do Office 2010, por exemplo, os clientes davam o feedback em formato de fácil entendimento para a equipe, com divisões para comentários positivos e negativos. A empresa também é conhecida por receber bem as reclamações, além de arquivá-las, para que os erros possam ser corrigidos de forma rápida.

Ser visionário

Um visionário da tecnologia, Bill Gates sempre pensou à frente. Tão à frente que anteviu, em 1999, muitas das grandes mudanças pelas quais o mundo está passando no momento. Palpites que na época em que foram feitos pareciam “não ter pé nem cabeça”, mas que, de fato, se tornaram realidade. Alguns exemplos:

Então, não durma no ponto. Como empreendedor, você deve estar sempre atento às principais tendências, novidades e transformações sociais e tecnológicas do mundo, e fazer um exercício constante de extrapolar o que poderá vir pela frente e como sua empresa poderia tirar proveito dessas mudanças.

Hoje, além de se dedicar à filantropia, por meio da fundação Bill e Melinda Gates para combater a pobreza mundial, ele também financia muitas pesquisas na área da saúde.  E pode apostar que desse mato vai sair coelho. Para saber mais sobre o que pensa e anda fazendo Bill Gates, uma boa dica é acompanhar o blog dele. Lá, você encontra dicas de leitura e ideias que estão fazendo a cabeça do empreendedor.

Leia mais:

Mark Zuckerberg: 6 lições para inspirar você