facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Estratégia de SEO: tendências e um passo a passo para sua empresa aparecer no topo

LoadingFavorito
Estratégia de SEO tendências e um passo a passo para sua empresa aparecer no topo

Quem não está no Google, praticamente não existe. Por isso, para você se antecipar, listamos algumas tendências de SEO e dicas imperdíveis de otimização de conteúdo.

Antes de começarmos, uma rápida pergunta: como você chegou a este artigo? Se foi porque visita o nosso portal com frequência e o título te atraiu, agradecemos a preferência! Torcemos para que o conteúdo te ajude e para que você continue voltando sempre.

Agora, se você fez uma busca no Google ou em outra ferramenta e encontrou o texto, isso se deve justamente a uma estratégia de SEO, sigla para Search Engine Optimization. Ou seja, o trabalho de entender os algoritmos de busca e otimizar a presença online de conteúdos para que eles fiquem mais amigáveis em relação aos buscadores. Tal trabalho permite que esses conteúdos se posicionem melhor nos resultados de busca. Em outras palavras, tornam-nos mais relevantes e visíveis — como este texto ficou para você.

Neste artigo, Alexandre Kavinsky, especialista em performance digital, oferece uma elucidativa introdução sobre as práticas de SEO. Caso você não esteja familiarizado(a) com o assunto, a leitura é altamente recomendável.

O que aconteceu recentemente e o que vem por aí

Agora, queremos compartilhar algumas das principais tendências atuais de Search Engine Optimization. “Ah, mas isso só interessa a quem trabalha com marketing digital”, você pode afirmar. Sem dúvida, o pessoal do marketing é o grande interessado no assunto. Mas você, como empreendedor(a), também deve ficar por dentro, porque o SEO é uma forma muito eficaz — e barata — de sua marca ganhar relevância e prestígio.

Neste artigo da Moz, empresa especializada em SEO sediada em Seattle (EUA), temos um detalhado panorama de tudo o que mudou recentemente na busca do Google (inclusive com uma imagem que mostra os principais movimentos do Google no ano passado).

Na base do “conhecer o passado para prever o futuro”, podemos listar algumas tendências que você precisa conhecer. São elas:

1 – Só o mobile importa…

É fato: o Google está num caminho sem volta para o mundo mobile. A priorização do mobile nas indexações parece ser a consequência inevitável dos esforços recentes da empresa — quase todos exclusivamente dedicados a forçar a mudança de mindset do desktop para dispositivos mobile.

2 – … o que leva à priorização de buscas personalizadas

Apesar de os links continuarem essenciais para o ranqueamento de conteúdos, as inovações do Google são também quase que totalmente dedicadas a buscas preditivas e personalizadas. Se considerarmos que os dispositivos mobile são profundamente pessoais, isso faz todo o sentido.

3 – Pesquisa por voz deve ser a próxima fronteira

Pelo mesmo motivo mencionado acima, buscas por mecanismos de voz constituem uma importância tendência de SEO. Até porque o Bing, que adota uma estratégia de negócio diferente daquela do Google, pode surgir como um grande concorrente nesse território.

4 – A importância da pesquisa local deve aumentar

Em um mundo essencialmente mobile, pesquisas locais tendem a ganhar ainda mais relevância. Isso justificaria uma atualização de algoritmo como o Possum, no final de 2016, que impactou diretamente os resultados por localização (na sua maioria os que aparecem no Google Maps) e os filtros do que aparece ou não para alguém de acordo com o endereço dessa pessoa que está pesquisando. Essa tendência é importante para qualquer negócio com loja física, seja própria ou franquia, em especial para aqueles que oferecem produtos de consumo rápido, já que a decisão de compra do consumidor pode acontecer em uma simples busca no Google por “cafeteria na Paulista”, por exemplo.

5 – Marketing de vídeo e imagem também em alta

Algumas aquisições de startups feitas recentemente pelo Google — como a MoodStock, startup francesa de reconhecimento facial e a EyeFluence, especializada em tecnologia de interação pelos olhos — sugerem que a companhia dará cada vez mais atenção ao marketing de vídeo e de imagens. Isso talvez ocorra porque, quando se trata de monetização de vídeos e imagens, o YouTube está enfrentando dificuldades na concorrência com o Facebook.

Um passo a passo para você montar a melhor estratégia de SEO o quanto antes

Não há dúvidas de que você precise estar por dentro dessas tendências. No entanto, elas são exatamente isso — tendências, que aos poucos devem estabelecer-se como realidade no marketing digital.

Agora, o que é preciso fazer para ranquear melhor seus conteúdos ainda hoje? Também com base em análises recentes (como este do portal GetStarted), separamos algumas dicas indispensáveis para que você consiga montar sua estratégia de SEO.

1 – Foque no link building (criação interna de links para os seus conteúdos)

Existem três fatores principais para o ranqueamento de conteúdos. Os principais deles, apesar das mudanças recentes, ainda são os links internos do seu conteúdo.

Isso porque o Google tem priorizado como nunca o valor dos links, e os sites a que remetem. Os algoritmos medem o valor desses links por meio dos domínios dos quais eles vêm, bem como das páginas nesses domínios a eles relacionadas.

Há, inclusive, métricas para essa avaliação: Domain Authority (DA) e Page Authority (PA), que são baseadas numa escala de zero a 100.

Quanto maior o número, melhor a autoridade de domínio (DA) do seu site, ou seja, o domínio www.suaempresa.com.br é reconhecido pelos robôs do Google como um canal que produz conteúdo relevante. Da mesma forma, cada página de conteúdo novo (PA) que é criada ganha uma nota que vai aumentando na medida em que esse link é referenciado por outros sites. Assim sendo, quando for trabalhar os backlinks em seu conteúdo (links de outros sites que apontam para o seu), priorize domínios e páginas com altos DA e PA. Isso certamente vai aprimorar o ranqueamento do seu conteúdo no Google.

2. Dedique atenção total também à qualidade do conteúdo

O Google, por meio de seu algoritmo, está cada vez mais focado em oferecer aos usuários conteúdo de fato relevante. Isso significa que somente um bom trabalho de link building não é o bastante: o conteúdo precisa ser de muita qualidade.

O lado bom disso é que, se os seus conteúdos forem realmente bons, podem ficar bem ranqueados mesmo que você não tenha os melhores backlinks. Por exemplo: se você produz ótimo conteúdo para palavras-chave pouco procuradas ou extensas, você poderá se beneficiar desse fator.

E lembre-se: conteúdo é um fator on-page — ou seja, faz parte das técnicas de otimização voltada para o seu site ou o seu blog. E, para o Google, um conteúdo otimizado é um texto bem argumentativo, explicativo, direto e com palavras-chave.

3. Não se esqueça do RankBrain

“Mas eu nem sei o que é isso!”

Sem problemas, nós explicamos: RankBrain é o sistema de computação cognitiva e inteligência artificial do Google. É usado para fornecer os melhores resultados de busca para os usuários, pois se atualiza automaticamente e “aprende” com as pesquisas realizadas.

Por exemplo: quando usuários procuram por um item específico e são atraídos ao terceiro resultado em vez do primeiro, o RankBrain realiza a troca: o terceiro vai para o topo, e o primeiro cai.

Ninguém ainda sabe, ao certo, tudo o que o RankBrain é capaz de fazer. Mas seus objetivo é o de aprimorar a experiência geral do usuário e providenciar os melhores resultados para toda e qualquer busca.

Por que é importante para você? Porque é mais um motivo para seu conteúdo ser bem caprichado.

Se você focar em oferecer o melhor texto possível para as palavras-chaves em que quer ranquear, então você vai conseguir ranquear. Isso significa conteúdo de primeira com ao menos 500 palavras, que forneçam respostas relevantes para as buscas realizadas.

4. Aprofunde seus conhecimentos com um curso

Uma última dica imperdível para finalizar: o curso Marketing Digital para Empreendedores, uma correalização Endeavor e Sebrae. Ministrado por Vitor Peçanha, cofundador da Rock Content, o curso é online e gratuito. Com ele, você:

  • Entende quais são os diferenciais do Marketing Digital
  • Define uma estratégia de Marketing Digital na sua empresa
  • Entende como Inbound Marketing te ajuda a alcançar resultados
  • Conhece o conceito de Vendarketing: o alinhamento de marketing e vendas
  • Define e mensura métricas
  • Monta um departamento de Marketing Digital

Agora que você já está por dentro das novidades e das melhores práticas de SEO, que tal colocá-las em ação? Sua empresa só tem a ganhar!

Para se aprofundar, veja também:

eBook | Marketing Digital para Empreendedores

15 ferramentas de marketing digital que todo empreendedor precisa conhecer

Check up - CTA Em quais desafios - 740x120

*Este artigo é uma parceria de produção entre Endeavor e Sebrae

Correalização:

Logo-Sebrae-SITE (1)

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Criação e desenvolvimento: