facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

O Be-a-bá do estoque em algumas lições simples

LoadingFavorito
O Be-a-bá do estoque em algumas lições simples

Seu negócio requer atenção ao estoque! Saiba aqui os principais pontos para não errar nessa área.

O estoque é um ponto critico para o desempenho de uma empresa – seja qual for o seu tamanho. À ele, estão ligados conceitos vitais ao sucesso no negócio e às suas vendas, como o estoque de segurança. Todo empreendedor deve mergulhar no universo do estoque do seu negócio, entender os conceitos básicos, pesquisar dicas e boas práticas e investir em melhorias reais na operação.

Antes de qualquer coisa, atenção ao controle de estoque

O controle físico e financeiro de estoque tem como objetivo básico informar a quantidade disponível de cada ítem existente na empresa, seja matéria-prima ou mercadoria. Controlar as entradas e especialmente o consumo de materiais é uma das funções mais básicas e, nem por isso, menos importante.

Ao fazer o controle de estoque, você está levantando informações sobre seu negócio, sobre as vendas dos seus produtos e sobre os seus custos.

Algumas dicas básicas para não errar:

  • Tenha um registro de tudo. Para cada produto que entra, você precisa fazer uma ficha cadastral e atualizá-la quando houver qualquer mudança de status.
  • Você pode fazer esse controle manual, mas hoje já existem sistemas que otimizam esse processo. Lembre-se: o importante é que as informações estejam organizadas e acessíveis.
  • Crie normas e processos claro para as movimentações de estoque.

Para saber mais, leia o artigo Controle de estoque: 8 dicas para não errar

Estoque de segurança

No contexto do dia a dia de uma empresa, o estoque ideal é o estoque mais econômico para fazer uma venda. Como não é possível fazer uma previsão como essa com exatidão, foi criado o estoque de segurança. Em poucas palavras, o estoque de segurança existe e é calculado apenas para diminuir o risco de você não ter os produtos procurados pelo cliente

Isso pode acontecer por conta de problemas inesperados, como imprevistos com o fornecedor, atrasos na entrega, ou até uma demanda inesperada. Como o nome já diz, o estoque de segurança serve para a empresa ficar segura de que não vai perder ou atrasar vendas por não ter mais daquele produto muito procurado, e significa ter uma quantidade extra de determinado produto em estoque para que ele nunca falte.

O grande desafio do estoque de segurança é calcular com exatidão o volume e chegar a um bom equilíbrio entre o investimento que será feito e os lucros com as vendas realizadas.

Para saber mais sobre gestão de estoque e estoque de segurança, leia o artigo Aumente suas vendas fazendo estoque de segurança

Estoque e o efeito chicote

O efeito chicote distorce graficamente a percepção de pedidos. Essa distorção, ao longo de uma cadeia de suprimentos, pode causar um prejuízo enorme na gestão de seus estoques. Você pode ficar com mercadoria encalhada, ou ter falta de determinados produtos quando precisar atender a pedidos.

Consequentemente, o empreendedor pode ter um aumento de custo: o efeito chicote causa uma maior variabilidade do volume de pedidos, e a empresa acaba se preparando e investindo em estoque para atender a essa demanda.

Para saber mais, você pode ler o artigo Efeito chicote: como reduzir seus custos com a cadeia de suprimentos

Pecados da gestão de estoque

No artigo Os 5 pecados da gestão de estoque, Pedro Janot, ex-presidente da Zara no Brasil e da Azul Linhas Aéreas, traz algumas dicas importantes sobre como fazer uma boa gestão de estoque.

“Para se manter de acordo com as exigências do cliente e conduzir a tomada de decisão para uma operação eficiente, qualquer empresa precisa se preocupar com uma boa gestão de estoque”

Os detalhes você confere no artigo, mas aqui estão os pontos mais importantes levantados por ele:

  1. Não perca de vista os 20% dos produtos que representam 80% da sua venda. Isso quer dizer que, no seu dia a dia, você deve incluir uma análise periódica da sua demanda para que seus produtos chave estejam sempre disponíveis em estoque.
  2. Cuidado para não perder o pico da sazonalidade. Mesmo que a culpa seja do seu fornecedor, quem pagará o pato será você. Então, se antecipe a qualquer problema monitorando constantemente a operação.
  3. Não deixe de prever atrasos e reajustes nas suas negociações de prazos e descontos com fornecedores. Isso te protege de eventuais problemas e imprevistos.
  4. Alimente continuamente sua loja com itens básicos. Os clientes estão sempre procurando por eles.
  5. Não improvise e nem espere os problemas aparecerem para agir. Como falamos antes, você precisa antecipar situações que possam comprometer sua operação e ter alternativas ágeis para sair dessas situações.

Estoque e o mundo do e-commerce

Se você tem um e-commerce, precisa saber que essa modalidade possibilita diferentes formas de gestão de estoque.  Terceirizar o estoque, com sistemas de Drop Shipping ou de Cross Docking estão entre as opções. São sistemas que possibilitam agilidade de entrega e redução de custos. Em geral, bastante vantajosos para pequenos negócios.

Muitas vezes, então, o desafio está em organizar e viabilizar entregas por todo o país ou unificar estoques de lojas físicas e virtuais. Basicamente, a diretriz geral é investir em um sistema que unifique as informações de modo que se tenha sempre acesso aos dados referentes à disponibilidades de produto, pedidos realizados e pedidos entregues.

Você pode saber mais sobre gestão de um e-commerce neste artigo.

As lições de um caso de sucesso

Como inspiração e exemplo, vale assistir ao depoimento do Leonardo Simão, da Bebê Store, sobre sua experiência com gestão de estoque em seu e-commerce.

A empresa deu um salto qualitativo enorme na gestão do estoque para crescer e garantir a qualidade do serviço

Só para constar, hoje a empresa tem mas de 50 mil itens, e cresce em velocidade acelerada. Líder no mercado online, atende a uma demanda de mais de 2 mil pedidos de produtos por dia, entrega em todos os estados do Brasil e tem uma base de clientes cadastrados de 1 milhão e meio de pessoas.

Até a Apple já teve problema com estoque. Então, preste (mesmo) atenção nisso!

Voltando no tempo… 2012: A Apple anuncia o lançamento de seu novo iPhone 5. E que barulho fez esse lançamento. E como era esperado, as pessoas começaram a desejar o produto. Somente nas primeiras 24 horas após anunciar o novo modelo, a empresa fez mais de 2 milhões de pré-reservas para clientes que queriam o telefone. O produto foi oficialmente lançado em 21 de setembro de 2012 e, três dias após chegar às prateleiras, nada menos que 5 milhões de unidades haviam sido vendidas.

Sucesso? Depende do ponto de vista. Apesar dos 5 milhões de aparelhos vendidos, no mês seguinte ao lançamento, a Apple não tinha mais nenhum iPhone 5 em estoque. Isso ocasionou muita espera para atender pedidos, insatisfação dos clientes e até uma queda relevante na procura por ações da companhia. Pois é, até a Apple pode ter grandes problemas por conta de gestão de estoque.

Assista: Gestão de Produtos: Gerenciando o Estoque

Recursos bem alocados

Definir qual o melhor modelo de estoque para o seu negócio irá depender do porte da empresa, do que você oferece e do seu investimento. No entanto, a escolha pede planejamento e análise, para que você não comprometa verba ou tempo em soluções que não se encaixem no perfil da sua empresa.

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: