Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Endomarketing: 5 dicas para atender melhor seus clientes internos

LoadingFavorito
Endomarketing: 5 dicas para atender melhor seus clientes internos

Equipe focada, profissionais satisfeitos e motivados, ambiente de trabalho favorável: com uma boa política de endomarketing, sua empresa pode ter tudo isso e mais um pouco

É muito provável que você, como empreendedor, não meça esforços de marketing para melhorar a imagem da sua empresa. É provável que viva às voltas com estratégias para aprimorar as relações com seus clientes, para responder com qualidade às necessidades que eles apresentam. É possível também que trabalhe a marca por meio da propaganda, que realize pesquisas, que invista em CRM, atendimento pós-venda, etc. E faz muito bem, porque tudo isso é indispensável para os negócios. Mas, já que entramos no assunto, vale também perguntar: e a relação com a sua própria equipe? Ou, melhor dizendo: e o endomarketing?

Pois é. Por incrível que pareça, não é pequeno o número de empreendedores que desconversam na hora de dar essas respostas. Se você fizer uma pesquisa informal, vai perceber que a maioria dos gestores, ao montar orçamentos, só consideram ações de marketing da porta para fora – quando consideram. O que é uma decisão equivocada, já que o endomarketing, quando bem implementado, pode fazer maravilhas pelos resultados de uma empresa. Não é exagero, e vamos provar o porquê.

Mas do que se trata exatamente?

A definição é simples: o prefixo “endo” significa “dentro”, “interno”. Então, o conceito de endomarketing abrange todas as ações de marketing que se aplicam ao lado de dentro da sua empresa – à sua equipe, mais especificamente. A criação do termo é atribuída ao especialista e professor de marketing Saul Bekin, autor de “Endomarketing – como praticá-lo com sucesso”, considerada uma obra seminal para o assunto.

Enfim, pra que fazer marketing interno? As razões são inúmeras, mas podemos resumi-las com uma justificativa principal:

O endomarketing procura concretizar a ideia de que o desempenho externo depende do desempenho interno

Afinal, nunca é demais lembrar que uma empresa são as pessoas que trabalham nela. Por isso, ao investir em ações de endomarketing, você investe nos seus colaboradores. Investe nas relações que tem com eles, demonstra que leva o diálogo a sério, que está preocupado com o ambiente de trabalho, com as tarefas realizadas, com o compartilhamento de conquistas. Enfim, você demonstra que se importa. E assim fica mais fácil estimular seus colaboradores a fortalecerem os laços com a sua empresa, a se engajarem – a se importarem de volta.

Que o digam empresas como Facebook, Google e Natura, mundialmente reconhecidas pelo uso efetivo do endomarketing.

“Para atender bem o cliente, a empresa tem que atender bem a própria equipe”

A frase auto-explicativa acima é de Leila Velez, CEO da Rede de Institutos Beleza Natural e empreendedora Endeavor. Está em um artigo em que Leila reflete sobre como os empreendedores podem criar uma cultura empresarial forte por meio do endomarketing. No texto, ela utiliza a experiência própria para confirmar a definição mais acima. Ela afirma que uma empresa só consegue oferecer um serviço primoroso aos clientes se a própria equipe se sentir “bem atendida”.

Segundo Velez, o endomarketing é fundamental para engajar, motivar, educar e satisfazer. E ela cita alguns exemplos de sua própria empresa: “temos um calendário com ações para cada mês do ano, com programas como: a ‘Cantina’ (fomentar o prazer em servir); o ‘Show Mais’, uma espécie de gincana na qual ganha quem souber mais informações sobre serviços, produtos e atendimento; o ‘Superação’, que é uma competição entre as filiais, na qual as lojas disputam o melhor atendimento, limpeza, cumprimento dos padrões e ideias inovadoras para encantarmos os clientes, entre outros.”

Falando em exemplos… Como é que eu aplico o endomarketing na minha rotina?

Às vezes, você até já aplica sem saber. Porque organizar happy hours, enviar newsletters e tomar qualquer iniciativa que favoreça a relação entre sua empresa e seus funcionários corresponde ao princípio do endomarketing.

Porém, essas ações só terão efeito duradouro se forem definitivamente incorporadas à sua cultura. Abaixo estão algumas sugestões que podem ajudar e muito em relação a isso:

_Comunique sempre: mural de cortiça, jornalzinho interno, o já citado newsletter, intranet; tudo o que estimular a comunicação dentro da sua empresa é muito bem-vindo. Use e abuse destas plataformas para compartilhar conquistas importantes, para estabelecer desafios, para dar recados e ouvir sugestões, e por aí vai. O importante é sempre manter a comunicação em mão dupla: sua empresa fala e escuta os colaboradores.

_Verifique a satisfação de seus funcionários: procure realizar pesquisas de clima semestral ou anualmente. São indispensáveis para que você avalie o clima organizacional da empresa, e para que possa corrigir falhas e administrar eventuais problemas com funcionários.

_Estimule o espírito de equipe e a proatividade: ainda não inventaram forma mais eficaz de quebrar barreiras e estimular a integração do que happy hours e “confras”. Mas você pode ir além: organize grupos de atividades “extra-curriculares”, mas que de alguma forma estimulem o espírito de equipe e se relacionem com o ambiente de trabalho.

Alguns exemplos: clubes de leitura (para promover uma postura crítica e analítica); grupos de corrida ou de exercício coletivo (para estimular o desejo de se superar obstáculos); grupos de auxílio a entidades carentes ou de reciclagem (para incentivar a colaboração e o pensamento sustentável e social). São apenas alguns exemplos; o ideal é que você procure atividades que tenham a ver com a sua cultura empresarial.

_Organize palestras motivacionais: em momentos importantes da sua empresa – como uma eventual fusão, uma ampliação significativa ou até mesmo no início de ano -, considere realizar eventos como palestras motivacionais. Isso pode dar aquela força de que você precisa para conectar sua equipe a estes novos cenários.

_Institua benefícios diferentes: além de vale alimentação, vale transporte e quetais, a oferta de alguns benefícios pode ser uma importante prática de endomarketing da sua empresa. Home office, vale-academia (ou convênio com alguma próxima ao local de trabalho), horário flexível e espaço para pets ou crianças pequenas; estas são apenas algumas ideias que podem ser colocadas em prática. No final, a iniciativa estimula a qualidade de vida e proporciona flexibilidade na vida pessoal. E isso pode fazer toda a diferença na forma como seus funcionários veem sua empresa.

Enfim, estas são apenas algumas sugestões. O importante é você ir testando as práticas de endomarketing que mais correspondem ao seu perfil.

Mas não deixe de adotá-las. Afinal, sua empresa são seus colaboradores: e quanto mais eles se engajarem, quanto mais se identificarem com seus objetivos, mais fácil será atingi-los.

Leia mais:

[e-Book] 5 passos para montar uma grande equipe

Tudo para inspirar seu time a ter cabeça de dono

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: