GuiaBolso


Teve muita porta na cara antes do primeiro investimento sair. Por volta de 60, calculam Benjamin Gleason e Thiago Alvarez, fundadores do GuiaBolso. Os dois tiveram a ideia de criar a plataforma depois que observaram uma tendência de endividamento da população. E o motivo parecia simples demais: a falta de planejamento financeiro. Tão simples que poderia ser resolvido. Pelo GuiaBolso, o usuário pode planejar suas finanças pessoais, estabelecendo metas e visualizando suas transações bancárias em um só lugar. Ao conectar-se com seu banco pelo aplicativo, ele reconhece os estabelecimentos de onde vieram as cobranças, categoriza e organiza os gastos. É possível também editar e adicionar transações manualmente (para gastos em espécie, por exemplo) e receber alertas caso algo esteja fora do planejado. O propósito é transformar a relação do brasileiro com o dinheiro. Empoderá-lo e oferecer transparência e informação para a tomada de decisão. E parece que deu certo: a base de clientes cresceu e hoje o Guiabolso já conta com mais de 4,5 milhões de pessoas. E em apenas 4 meses, usuários já estavam poupando 2,5 vezes mais!