Eduardo Ourívio

Eduardo Ourívio

Grupo Trigo Rio de Janeiro - Rio de Janeiro

Sobre o Empreendedor

Eduardo Ourívio

Eduardo tinha um sonho: abrir seu próprio restaurante. Trabalhar na subgerência de alimentos e bebidas no Hotel Intercontinental no Rio não era exatamente o que ele queria da vida. Decidiu arriscar e ser dono do próprio negócio, mas precisava de ajuda. Entrou em contato com seu melhor amigo de adolescência, Mario, que depois de algumas decepções com suas próprias empresas, decidiu se juntar ao amigo.

O primeiro foi o Guilhermina Café, restaurante de culinária contemporânea aberto em 1992 no Rio de Janeiro. Apesar de popular, o estabelecimento tinha sérios problemas de atendimento e gestão. O caos na fila para pagar era tanto que os clientes mais antigos deixavam cheques em branco para que Mario os preenchesse no dia seguinte. Apesar disso, de 1992 a 1997, a dupla deu início a outros seis empreendimentos no ramo gastronômico. Mas, estavam à beira da falência.

Foi então que em 1999 Mario ouviu falar de ""franquias"", conceito ainda pouco difundido na ápoca. Com muito hesitação, viram uma oportunidade de tirar do papel um plano antigo: o Spoleto. Montaram um stand na feira da ABF - Associação Brasileira de Franquias - e saíram de lá com 2 franquias vendidas. Desde o início com uma proposta de crescimento acelerado, o Spoleto unia a rapidez de um fast food à sofisticação de um restaurante italiano - foi o primeiro a usar pratos de louça em praças de alimentação, por exemplo.

A iniciativa foi um sucesso: em pouco tempo, começaram a se formar filas de clientes querendo experimentar. Mario e Eduardo resolveram, então, vender suas participações em todas as outras operações. A ousadia deu certo: no final de 2000, dois anos depois do início das operações, eles já tinham 15 franquias.

A partir da rápida aceitação e expansão do Spoleto, Mario e Eduardo focaram na cadeia de suprimentos, produzindo, importando e distribuindo cerca de 90% do que uma loja consome. Em 2004, quando Mario pensava que não havia mais como diversificar, Edu fez a provocação de empreender “um novo negócio dentro do próprio negócio”. Assim nasceu a visão de construir uma plataforma de conceitos de food service, com a aquisição da pizzaria Domino´s no Brasil e da temakeria Koni Store, compondo o Grupo Trigo.

Sobre a Empresa

O negócio começou em 1999, com a venda das 2 primeiras franquias do Spoleto, que unia a experiência de um restaurante ao serviço de fast food. Nos dois primeiros anos, já contava com 14 lojas, dobrando o número em 2001. A partir da rápida aceitação e expansão do Spoleto, Mario e Eduardo focaram na cadeia de suprimentos, produzindo, importando e distribuindo cerca de 90% do que uma loja consumia.

Em 2008, depois de assumirem o controle das redes Domino's Pizza e da Koni no Brasil, os empreendedores criaram o Grupo Trigo, uma plataforma de food service, que controla as lojas próprias e franquias das 3 redes de alimentação. Hoje são mais de 480 restaurantes no Brasil e no exterior - 34 próprias e o restante franquias - e com um crescimento de 21,7% em 2013, chegou ao faturamento de R$ 732 milhões, com a abertura de 104 unidades.

Mas o foco não está apenas em expansão, e sim em garantir a qualidade de seu produto, tanto na gestão do negócio, quanto nos produtos comercializados nas lojas. Para isso, o Grupo Trigo dispõe de duas fábricas próprias e uma distribuidora, garantindo assim a soberania na cadeia de suprimentos das suas redes, atendendo com rapidez às demandas de seus clientes. Emprega diretamente mais de 5.000 funcionários, e continua se reinventando e buscando formas de inovar por meio da interação constante com a rede de franqueados, clientes e funcionários.

Ano de Fundação
1998
Segmento
Alimentos e Bebidas
Ano Apoio Endeavor
2003

Outros empreendedores nesse negócio: