facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

O brasileiro que desafiou os melhores [Day 1 - Guga Kuerten]

LoadingFavorito

Não é todo menino de 20 anos que contraria o improvável e vira campeão mundial. Veja o tanto de história de Guga Kuerten que há além das vitórias que vimos nas quadras.

Guga estava tímido quando entrou no palco do Day 1, mas logo descobriu que muitos eram tenistas como ele. Com a pequena diferença de que só Guga é Tricampeão de Roland Garros. Mas com tamanho carisma, até os que não praticam tênis são seus fãs.

Aos poucos, foi se fazendo mais à vontade para contar sua história, feita de muitas vitórias e de superação. Do mundo das quadras para o universo empreendedor, Guga mantém o mesmo sorriso simpático, até quando as lágrimas revelam a saudade do pai, Aldinho, que partiu muito cedo, e o carinho por Larri Passos, seu treinador.

A mística de sua carreira – como o próprio Guga diz – foi marcada ainda na infância. Ele lembra que o pai colocou a primeira raquete em sua mão quando ele tinha 5 anos. Levou Larri em sua casa e disse: “Quero que você treine o Guga”.  “Tá maluco Aldo? Ele tem 7 anos de idade, tem que brincar, tem que se divertir. Mas eu te prometo: um dia vou treinar seu filho” – respondeu. Para Guga, seu sucesso foi realizar o sonho do pai com a coragem de seu treinador.

Aldinho faleceu um ano depois dessa conversa, mas deixou nas mãos de Larri um campeão em formação.

As pedras no meio do caminho

Pode ter faltado quadra, patrocínio e verba na carreira de Guga, o que nunca faltou foi a presença firme de pessoas que lhe davam força. Inclusive sua mãe, Alice. Já sozinha e com três filhos para cuidar, ela sonhava e batalhava junto: “A mãe foi construindo um futuro e dando essa segurança de que se eu fosse tenista ou não, ia dar certo. Tava disposta a fazer tudo pelo sonho do filho, que era pouco provável”, conta Guga.

Mas o destino tem suas surpresas e o sonho foi se revelando mais real a cada conquista – caminho feito de disciplina, garra e treinos diários.

Guga lembra de quando não tinha quadra para praticar e Larri decidiu construir uma. Apareceu com cimento e rede e os dois colocaram a mão da massa. Essa e outras histórias marcaram uma relação de amizade e profissionalismo entre o tenista e seu treinador.

Uma delas foi quando Guga já era um dos três melhores do mundo, mas o patrocinador cancelou o patrocínio. Larri chegou a chorar. Apertaram o cinto, treinaram ainda mais.

“Meu empreendedorismo era isso: a gente apertava a grana para dar certo. Você não bebe coca, nem ele, aí a gente come uma pizza”.

Guga foi o único tenista sul-americano a se tornar líder no ranking mundial de tênis. Passou 43 semanas como o número 1 do mundo, possui troféus conquistados em 8 títulos de dupla e 20 de simples. Mas chegar lá não foi um bate-bola muito fácil. Aliás, nenhum campeão dos esportes ou empreendedor bem sucedido se torna vitorioso sem grandes esforços, trabalho duro e disciplina. O tempo todo Guga era surpreendido pelas suas vitórias: “Nós temos forças que nunca vamos nos aproximar. Nossa capacidade é inimaginável”.

A maior façanha da carreira de Guga, segundo sua própria avaliação, foi ter vencido Rolland Garros pela primeira vez, em 1997. Vitória para ele inesperada, marcou para sempre sua carreira internacional de tenista e a conquista de fãs do mundo todo. O famoso coração desenhado nas quadras nesse dia registrou aquilo que mais pulsa na vida de Guga, um jeito de jogar com paixão.

O atleta precisou parar. O empreendedor não.

Durante dois anos, enquanto ainda jogava, Guga doou parte da premiação de cada partida para a APAE. Depois, passou a participar de eventos beneficentes promovidos durante os torneios internacionais. Muitas camisas de jogo, uniformes, raquetes e bonés foram doados para leilões, cuja renda iria para as instituições sociais.

 “O tênis sempre me proporcionou muito mais do que esperei. E agora eu quero retribuir ao tênis tudo que ele trouxe para minha vida”.

No Day 1, Guga contou que antes de seguir para o evento teve curiosidade em procurar o significado literal de empreendedor. “Me encontrei na descrição: realizador de uma tarefa muito difícil”.

O empresário Gustavo Kuerten foi treinando aos poucos, conforme seu nome foi se transformando em uma marca. Sua família, presente em todas as etapas da carreira esportiva, também participa dos negócios e das ações sociais. Foi justamente para transmitir os valores da família que todos compartilham e gerir os empreendimentos que surgiu o Grupo Guga Kuerten.

O GGK concentra as atividades da Guga Kuerten Company, que gerencia a marca e imagem; Guga Kuerten Participações, para investimentos e parcerias; Guga Kuerten franquias, que promove a expansão da Escolinha Guga de tênis para crianças;  RGK Investimentos Imobiliários, com investimentos de grande porte no mercado imobiliário de Florianópolis;  e o Instituto Guga Kuerten, o braço das ações sociais da família Kuerten, do qual cuida a mãe de Guga, assistente social.

O Instituto Guga Kuerten desenvolve programas de esporte e educação junto a entidades assistenciais, investe em programas de apoio a pessoas com deficiência e também utiliza a credibilidade da marca Guga para fazer captação de recursos e investir em projetos de outras entidades. Como parte do Grupo Guga Kuerten, o IGK possui o mesmo estilo de gestão dos outros empreendimentos, com a diferença de que investir no social traz resultados menos mensuráveis.

Mas Guga não é um caçador de recompensas, como nunca foi um caçador de títulos. Tudo aconteceu em sua vida como consequência do treinamento constante, da paixão pelo esporte e do apoio incondicional da família. Afinal, como ele diz no vídeo:

“O Day 1 é todo dia. Depois a gente encontra o resultado, mas o sonho vira realidade porque tem que fazer um pouco todo dia”.

Quer se emocionar com um relato campeão? Acompanhe o Day 1 do Guga.

Saiba mais:

O que você pode aprender com o Guga sobre propósito e performance

Veja mais do Day 1 de 2015:

Jorge Paulo Lemann: O que não se aprende em Havard

Daniel Wjuniski: Ele queria emagrecer 10 quilos, acabou emagrecendo um milhão

Vilmar e Aline Ferreira: O homem de aço com coração humilde

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

2 Comentários

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. Débora Simmonds - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Meu #day1 também tem acontecido todos os dias! Um dia tudo que venho fazendo fará sentido. Tem sido solitário, tem sido difícil, só eu sei… Todo o trabalho que venho fazendo pelo canal Mãe Gourmet vai atingir o público alvo em breve e inspirar milhares de pessoas a realizarem coisas gostosas pela sua família investindo na comida afetiva e resgatando aquele momento tão prazeroso em volta da mesa!

  2. Tarsio Storace - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Espetacular!

Parceiros
Criação e desenvolvimento: