Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Cultura de resultados: como engajar seus funcionários

LoadingFavorito
cultura-de-resultados

Conseguir engajar o seu time em uma cultura de resultados é um grande desafio para os empreendedores. Conheça as 6 dicas que separamos para te ajudar nessa luta.

Que a cultura de resultados pode beneficiar qualquer tipo de empresa, até mesmo as do setor de entretenimento, como a Netflix, nós já contamos para você. Agora, vamos entrar em outra parte fundamental para que essa cultura floresça na sua empresa: o engajamento do seu time.

Separamos aqui algumas dicas que podem ajudar a sua organização nesse processo:

1. Desenvolva a sua própria cultura de resultado

Se você quiser abrir uma porta, mas não possui a chave certa, não adianta forçar a fechadura, ela não irá abrir. Você pode tentar inserir a chave de diversos jeitos, mudar a pressão que você está fazendo ao rodar a chave, mas de nada vai adiantar. A única saída é ir e procurar a chave certa para aquela porta.

Por que estamos falando de chaves em meio ao tema de cultura de resultados?

É simples: De nada adianta você ler todos os textos e artigos sobre a cultura de resultados da Google se a sua empresa tem um perfil totalmente diferente do dela. Você deve sempre pegar essas informações e adapta-las ao seu negócio. Escolha a chave certa que a porta sempre abrirá sem resistência ou barulho.

2. Aprenda a delegar tarefas

Quando estamos há muito tempo em um mesmo negócio, tendemos a acreditar que somos sempre os profissionais mais aptos a resolver determinado assunto, mesmo que, em nosso time, exista alguém mais especializado que nós. Em uma cultura de resultados, isso não pode acontecer. É preciso delegar as tarefas e fazer com que as metas sejam compartilhadas por todos do time.

Mas ei, nada de querer impor o seu método de trabalho para outros funcionários. Cada um deles deve ter autonomia para entregar seus resultados, desde que, claro, estejam fazendo isso de acordo com as políticas da sua empresa.

3. Crie objetivos claros

Com metas claras, fica mais fácil para os seus colaboradores organizarem a sua agenda e realizarem o trabalho da maneira mais eficaz possível. Não tenham medo de repetir uma, duas, cem vezes, se for preciso, mas todos têm que sair com as metas alinhadas e as ideias claras.

Imagine que a meta da sua empresa seja captar novas parcerias. Para isso, você convocou seu time e disse: captem X novos parceiros. No entanto, ao acompanhar as metas dos colaboradores, você percebe que eles realmente estão fechando novos contratos, mas com empresas que não fazem nenhum sentido com a sua causa ou até mesmo com o que você está planejando.

No fim do dia, um número não basta – seu time precisa saber exatamente o que é esperado deles e como conectar essas metas com a visão da empresa.

4. Engaje seus Funcionários

Sabemos que engajar seus colaboradores nunca é uma tarefa simples, ainda mais se tratando de metas e resultados, mas essa não é uma missão impossível. Que tal aplicar essas duas dicas?

  • A parte no todo

Os funcionários, todos eles, sim, T–O-D–O–S, devem estar engajados na sua causa, seja ela qual for. Peguemos a Disney, por exemplo. Como a instituição faz para que todos os seus colaboradores se sintam impulsionados a replicar a ideia de que “nós criamos felicidade”? Isso exige transparência e identificação com a causa.

  • Desenvolva a “cabeça de dono”

Com mentalidade de dono queremos dizer para você explorar a responsabilidade de seus funcionários com as suas metas, mas, mais que isso, fazer com que eles se sintam donos dos seus próprios projetos e tenham autonomia sobre eles. Quando você empodera uma pessoa, elas são forçadas a adquirir uma visão do todo e têm mais liberdade para tomar decisões melhores e mais ágeis.

Já imaginou se, nesse momento, eles têm um insight sobre algo que vai revolucionar a sua empresa?

5. Menos é mais

O fato da sua equipe ter que estar alinhada aos objetivos da empresa não significa fazer reuniões de 3 horas, todos os dias da semana. Até porque você precisa de um período a ser analisado, antes de analisar alguma coisa.

Otimize seu tempo, faça no máximo uma reunião de resultados por semana. Seus funcionários irão agradecer e a sua empresa também. Afinal, se, com 8h de trabalho, 4h forem de ações que não ajudam no atingimento da meta, nada faz sentido, não é mesmo?

6. Comemore!

Depois de muito trabalho duro e algumas dores de cabeça, chegou a hora de comemorar com o seu time. Essa é uma parte muito importante da cultura de resultados, afinal, todos batalharam muito para que o objetivo fosse alcançado e todos os envolvidos merecem o devido reconhecimento.

Bora se tornar um expert no assunto?

Leia também:

A reunião de 300 mil horas

Plano de metas: você mede esforço ou resultado?

8 ferramentas de controle de performance

Correalização:

Logo-Sebrae-SITE

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. Marcelo Samogin - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Muito bom tema. Não adianta dizer apenas que o governo não faz a sua parte, nós temos que fazer os ajustes da porteira para dentro de nossas empresas, criar indicadores e valorizar o desempenho, isto é parte da mudança de cultura que temos que promover para sermos mais competitivos. Criar uma cultura de resultados. Marcelo Samogin Diretor da Remunerar inteligência em meritocracia e recompensas

Parceiros
Criação e desenvolvimento: