facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

7 etapas para usar Cross Docking na logística do seu e-commerce

LoadingFavorito
7 etapas para usar Cross Docking na logística do seu e-commerce

Usando uma estratégia Cross Docking, seu e-commerce ganha em agilidade de entrega. Saiba se o seu negócio está preparado para mudar e como ela implantar o Cross Docking

Muitos empreendedores começam seus e-commerces da sala de suas casas. Muitas vezes, a própria sala acaba se tornando também o estoque. Outros sofrem com a dificuldade para organizar o estoque de acordo com a demanda, aí o cliente faz o pedido e não tem justamente aquele produto. Nesses dois casos, eles precisam encontrar uma solução econômica e ágil, mas que não comprometa a qualidade do serviço, para gerir o estoque. A boa notícia é que o Cross Docking pode ser essa solução.

Cross Docking é o nome dado a um tipo de sistema de distribuição que funciona assim: quando alguém compra determinado produto no seu site, ele é enviado a um centro de distribuição ou armazém que, por meio de um sistema organizado de redistribuição, o envia para o cliente.

Essa estratégia permite que você fique mais ágil para entregar o produto ao seu cliente e não precisa gastar com espaço físico de estoque. A contrapartida é que você vai precisa sincronizar ações muito cuidadosamente e assegurar que o produto chegará ileso e no prazo ao consumidor. Assim, o centro de distribuição se transforma em uma etapa crucial do sucesso da sua empresa.

Na tradução literal, Cross Docking significa “Cruzando as docas”. O termo surgiu para explicar um sistema em que as mercadorias descarregadas pelos navios nos galpões eram transportadas por meio de esteiras automatizadas para caminhões já organizados por região.

É hora de mudar minha estratégia de logística para o Cross Docking?

Ao contrário do que muita gente pensa, no dia a dia de um e-commerce, o real desafio aparece depois que o cliente finaliza a compra. Ele está em fazer com que o resultado dela seja um cliente feliz e satisfeito. Assim, por meio de uma estratégia eficiente e cuidadosa, a loja virtual gerencia a jornada do produto adquirido.

Mas, apesar do uso do cross docking no e-commerce ser um caminho muito interessante, adotar e implementar uma estratégia dessa natureza é um passo importante e que demanda investimento.

Antes de mudar, você precisa ter certeza de que sua empresa está preparada e armada com bons fornecedores. Caso contrário, pode ser um tiro no pé.

O que eu ganho com o Cross Docking?

Reduz gastos com estoque: Como não vai precisar ter um espaço para estocar produtos, no máximo um local para receber dos fornecedores e fazer esse manuseio, com certeza os seus gastos de gestão de estoque vão diminuir.

Agilidade: Nesse sistema, o estoque é substituído por um centro de distribuição cuja única finalidade é gerar eficiência: preparar e reenviar a mercadoria enviada pelo fornecedor o mais rápido possível para o comprador. Assim, quem ganha é o seu cliente, que, com tudo correndo certo, receberá sua compra em um prazo mais curto, e você, que vai ser mais querido por ele.

Evita produto em falta: Na medida em que o fornecedor vai enviar os produtos conforme eles forem adquiridos, você não precisará se preocupar com ter ou não o produto em estoque. E também não vai precisar fazer uma previsão de demanda tão fechada, nesse caso.

Implementando o Cross Docking

Para implementar um sistema de cross docking, você vai precisar passar por alguns pontos. Lembre-se, você precisa garantir que seu cliente receba o produto que comprou dentro do prazo que você informou que isso aconteceria. Por isso, é crucial coordenar e sincronizar esforços e ações de toda a cadeia de suprimentos:

1. Invista em um bom ERP (Enterprise Resource Planning): para que o Cross Docking funcione, a empresa precisa ter eficiência na sincronização do fluxo de mercadorias e informações internas e com fornecedores. Você e todos da sua equipe precisam estar munidos de todas as informações sobre as operações. Isso quer dizer: saber quando será recebido, em que quantidade e com que destino, são essenciais para um bom planejamento das operações.Um ERP nada mais é do que um bom sistema de gestão empresarial para sincronizar e organizar o fluxo de informações na sua empresa entre os diversos setores envolvidos nas operações.

2. Tenha uma equipe devidamente treinada e preparada: sem uma equipe preparada para gerir a atividade, uma comunicação organizada e eficiente entre fornecedores, pedidos e distribuidores, a estratégia não funcionará. Pelo contrário, poderá prejudicar a qualidade do seu serviço.

3. Negocie com fornecedores: para que o Cross Docking funcione, você vai precisar ter fornecedores em quem confie para formalizar acordos, de modo que ele reserve para você um estoque de X unides do item Y e que também especifiquem um tempo de reposição. Assim, você garante ao seu comprador que o produto que ele pediu sempre estará disponível.

4. Esteja preparado para responder ao seu cliente: imprevistos sempre podem acontecer. Então, tenha um bom serviço de SAC para que seu cliente fique sempre seguro de que pode contar com você para eventuais dúvidas e informações sobre o progresso na entrega do produto.

5. Tenha um centro de distribuição: esse é o local onde os produtos da sua loja chegarão do fornecedor e serão encaminhados para o comprador. Se você não tem estrutura ou demanda suficiente para terceirizar esse serviço ou investir em um espaço próprio, você pode usar o seu próprio escritório para isso. Afinal, se o sistema for bem implantado, a ideia é que você não tenha produtos parados, e por isso não precisará de muito espaço para guardá-los. Mas isso só por enquanto! Prepare-se para quando seu negócio crescer e o volume aumentar. Essa é uma etapa crucial do seu serviço, portanto é estratégico acompanhar de perto esse processo para manter a eficiência do centro de distribuição.

6. Teste antes: antes de fazer altos investimentos e iniciar uma transformação desse tipo na sua empresa, você pode fazer um projeto piloto. Antes de mudar todos os seus processos, faça um teste com um volume de entregas menor. Assim, você será capaz de estabelecer as melhores práticas.

7. Evolua sempre: não deixe de buscar implementar melhorias sempre. Por mais que o Cross Docking te ajude, é fundamental você continuar buscando aprimorar os processos para diminuir ainda mais seus custos, aumentar sua agilidade de entrega e encantar seus clientes.

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: