Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

6 insights para incentivar a criatividade no seu negócio

LoadingFavorito
6 insights para incentivar a criatividade no seu negócio

E se te disséssemos que a criatividade não só pode ser aprendida, como estimulada dentro do seu negócio?

Grandes empreendedores sabem que o mais valioso patrimônio que uma empresa pode ter são as pessoas. Além de sua capacidade produtiva, o capital humano carrega qualidades inerentes impossíveis de serem compradas, entre elas a criatividade e capacidade de inovação. E ainda que você não acredite que não tem em seu time gênios da criação como Bill Gates, Steve Jobs e Mark Zuckerberg, saiba que tais qualidades podem ser desenvolvidas e tudo começa com a construção de uma cultura de negócios criativa no ambiente empresarial.

Apesar de ser uma condição de sobrevivência para as empresas nos tempos atuais, a criatividade definitivamente não é um atributo exclusivo das mentes geniais. É possível, a partir de uma metodologia empresarial que eduque e inspire os funcionários a buscarem soluções criativas, instituir uma cultura de negócios favorável à criatividade e, com isso, ampliar as chances de sucesso de um negócio.

A criatividade é a semente de novos produtos e o caminho para a construção de processos empresariais mais inteligentes e lucrativos. Veja 6 insights para tornar seu ambiente de trabalho mais criativo:

Seja um líder criativo

Quando afirmamos que a criatividade pode ser aprendida, estamos dizendo também que ela pode – e deve! – ser ensinada. E essa lição certamente começa de cima para baixo. Líderes e gestores criativos não só inspiram funcionários como também mostram, na prática, que esta é uma postura positiva e bem vinda no ambiente empresarial.

Ter uma postura criativa é estar aberto a opiniões e críticas, é alimentar o interesse pessoal por informações e cases de sucesso, é estar sempre em busca de referências inovadoras, sejam elas histórias de outras empresas ou mesmo fenômenos da natureza. A inteligência de armazenamento das abelhas em uma colmeia, por exemplo, certamente já rendeu ótimos insights de liderança e organização.

Esse exercício pessoal de abertura ao novo permite que você se liberte de paradigmas empresariais e é o primeiro passo para mostrar à sua equipe como fazer o mesmo.

Lembre-se de que a criatividade precede a inovação e é daí que pode surgir o grande diferencial do seu negócio (seja ele um produto inovador ou um processo mais eficiente).

Construa um ambiente propício à criatividade

Permitir que funcionários e colaboradores se expressem, que dêem ideias, que compartilhem suas experiências, que proponham soluções, que tragam cases de sucesso de outras empresas e criar um momento para isso são algumas formas de construir um ambiente propício à criatividade.

Para fazer isso, invista em dinâmicas que incluam toda sua equipe (e não apenas os times de desenvolvimento de produtos ou equipe de marketing). Você pode, por exemplo, criar um quadro de sugestões anônimas onde os funcionários poderão dar ideias de como solucionar problemas do seu dia a dia de um jeito alternativo.

Trazer cases de sucesso com soluções criativas em diversos âmbitos e debatê-las em equipe também é uma forma de criar esse ambiente. Incentive também o questionamento e a troca de ideias. Isso pode ser feito em reuniões mensais ou mesmo em dinâmicas de grupo envolvendo membros de outras equipes.

Entenda que nenhuma ideia é totalmente absurda

À medida que você se abre ao outro e estabelece uma cultura de criatividade e inovação dentro da empresa, precisa entender que nenhuma ideia é totalmente absurda. Algumas empresas chegam a criar “a semana das ideias estúpidas” como forma de incentivar suas equipes a se libertarem da autocrítica na hora de propor novos caminhos.

É claro que essas ideias não precisam ser seguidas cegamente, mas certamente você não terá nada a perder considerando-as e buscando em cada uma delas algo de positivo. Algumas ideias aparentemente simples (ou mirabolantes demais) podem ser adaptadas e render ótimos frutos. É a velha história do funcionário que resolveu o “defeito” da balança de precisão na fábrica colocando um ventilador em frente à esteira das caixas de papelão para soprar longe as que não tinham produto dentro.

Dê tempo para a criatividade

Uma coisa é certa: as melhores ideias surgem quando menos esperamos. Isso significa, na prática, que o processo criativo precisa de tempo e liberdade para acontecer. E é por saberem disso que algumas empresas até disponibilizam espaços de relaxamento para seus funcionários.

Outras maneiras de dar esse tempo para sua equipe é promovendo oficinas criativas, intervalos de descanso durante o dia (que poderão ser usados para leitura, consultas na internet) ou mesmo aquele happy hour nas sextas-feiras com o time. Muitas vezes, é nessa hora, livre dos afazeres e da pressão do dia a dia, que surgem os melhores insights.

Estabeleça uma metodologia de inovação

Para criar ofertas inovadoras, que gerem o chamado “dinheiro novo”, é preciso metodologia. Essa metodologia deve começar com a identificação de problemas (cada setor pode levantar quais são seus entraves e principais dificuldades) seguida de um esforço conjunto para a busca de soluções.

As soluções podem vir a partir da análise de mercado (sim, ideias inovadoras podem surgir – e quase sempre surgem – a partir de experiências de sucesso já testadas!) e também pela busca de princípios inventivos. Isso inclui uma análise de como outras empresas (inclusive de outros nichos) lidam com esses mesmos problemas e quais ações dentro da própria empresa (no passado) deram certo e como elas foram implementadas.

Aqui, uma dica valiosa: não se deixe limitar por afirmações genéricas de mercado. Um bom exemplo de como essa postura pode beneficiar seu negócio é o caso das montadoras de veículos orientais. Elas se negaram a aceitar o paradigma do setor que afirmava que “10% de todos os veículos inevitavelmente sairiam de fábrica com algum percentual de defeitos” e direcionaram seus esforços na máxima redução desse percentual. Exatamente por isso desenvolveram técnicas com o Poka Yoke. Não è à toa que elas produzem hoje os melhores veículos do mundo e com os menores índices de recall do mercado. A acomodação definitivamente não propicia a criatividade e a inovação.

Saiba exatamente qual solução seu público está buscando

Inovar é preciso e o caminho para isso é, sem dúvida, a criatividade. Porém, produtos e processos podem ser inovadores sem que sejam, necessariamente, adequados e rentáveis para uma empresa. E para que você não gaste seu tempo “inovando por inovar”, lembre-se sempre de manter o foco no seu público e naquilo que ele está buscando.

Qualquer saída criativa deve ser atraente e gerar valor de forma direta ou indireta para seu público.

Essa aproximação com o público permite que você entenda quais soluções seus clientes em potencial estão buscando, quais são as suas expectativas e necessidades e, a partir daí, como sua empresa, produtos e serviços podem ajudá-lo a ter sucesso de um jeito diferente.

Quando uma empresa cria um super adesivo para fixação de quadros sem a necessidade de pregos e parafusos, por exemplo, ela está dando ao público que buscava uma maneira simples de pendurar seus quadros na parede a opção de fazer isso de um jeito novo, mais prático e acessível. Esta empresa entendeu que a necessidade do seu público não era por pregos e parafusos, mas sim por uma solução para pendurar seus quadros na parede. E foi por manter o foco naquilo que seus clientes em potencial realmente buscavam que essa empresa pode oferecer algo novo e conquistar seu diferencial no mercado.

Sua empresa já tem a criatividade como uma cultura de negócios que incentiva a inovação? Compartilhe conosco sua experiência!

Leia mais:

O desafio de inovar: criatividade que realmente conta

A cultura de inovação nas empresas

Curso online gratuito: ferramentas práticas para inovar

mini curso formando times para projetos inovadores

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: