Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Conheça a ZUP e os empreendedores que estão fazendo a inovação chegar mais rápido

LoadingFavorito
Conheça a ZUP e os empreendedores que estão fazendo a inovação circular mais rápido

Uma verdadeira revolução: Bruno, Gustavo, Flavio e Felipe estão disparando a eficiência com que a inovação chega até nós.

Bruno Pierobon já estava sonhando com a nuvem enquanto todos estavam com os pés no chão. Antes de qualquer um ouvir falar no Kindle, ele trabalhava com Pesquisa & Desenvolvimento para ebooks. Aos 27 anos, como head de inovação da gigante das telecomunicações Algar, Bruno era responsável por introduzir novas tecnologias. Uma delas, depois de ser recusada pela empresa, acabou se provando uma genial oportunidade de negócio.

Suponhamos que estão em uma mesma sala: um brasileiro, um chinês, um russo e um senegalês. Você quer que eles conversem, só que a barreira do idioma é muito forte. Mas e se entrasse um tradutor que falasse todas essas línguas e permitisse uma integração? A ZUP funciona mais ou menos como o tradutor: as linguagens de programação são inúmeras, cada software tem a sua e cada empresa usa vários softwares. O que a tecnologia da ZUP faz é possibilitar que eles se comuniquem em uma única plataforma.

A ideia era bastante ousada, para um mercado que ainda dava os primeiros passos no Brasil. Por isso, Bruno foi buscar ajuda. Um dos mais reconhecidos engenheiros na Algar era Gustavo Debs, que tinha um talento excepcional para a programação. Na área de vendas, Flavio Zago se destacava pelo carisma e a grande experiência adquirida em algumas das maiores empresas de mídia do país. Os três perfis formavam um time totalmente complementar. Com o MVP pronto para ser implementado no mercado de e-commerce, foram bater na porta do Buscapé para vender a plataforma.

Os primeiros clientes

Imagine investir suor e dinheiro por três anos em um projeto que você tem certeza que revolucionaria sua empresa, mas que nunca deu totalmente certo. Um belo dia, alguém chega até você com aquela solução de bandeja. Pois é, o pessoal do Buscapé ficou estarrecido: a ZUP era exatamente o que eles buscavam e não encontravam dentro de casa. Com a ZUP, eles não seriam “apenas” um dos maiores comparadores de preços da América Latina. O Buscapé poderia também vender os produtos de outros e-commerces dentro de seu próprio site.

Foi quando Bruno, Gustavo e Flavio perceberam que eles criaram mais que uma plataforma para o e-commerce, mas uma ferramenta de integração de sistemas que poderia ser adaptada para diferentes tipos de negócio.

A ZUP acabou formando uma joint venture com o Buscapé e decidiram vender sua tecnologia para grandes empresas, com alto nível de complexidade de integração. Em uma dessas vendas, conheceram Felipe Almeida, que, impressionado pelo potencial da ZUP, resolveu deixar a agência em que trabalhava e se juntar ao grupo como Diretor de Marketing.

O modelo de negócios

80% mais tempo e 50% menos custo: é assim que a ZUP acompanha empresas à era digital e reduz a complexidade da integração de seus softwares. Isso porque o mercado usa hoje uma grande variedade de aplicativos, que fazem desde interação com fornecedores até cobrança de consumidores finais. Quase 40% do orçamento de TI dessas empresas vão para plataformas que agreguem todos esses aplicativos com diferentes linguagens de programação e bancos de dados sem fim.

A ZUP faz o contrário: oferece uma única e mais simples plataforma de integração.

Ela ajuda seus clientes a aumentarem a eficiência de seus departamentos de TI, diminuindo o tempo que levaria até colocar novas inovações no mercado e agilizando seus processos internos – sem esquecer de protocolos de segurança que protegem dados e informações sensíveis das empresas. Some a isso serviços exclusivos de implantação e customização, e o resultado é uma mudança drástica, que permite aos engenheiros e desenvolvedores ocuparem suas preciosas horas com projetos inovadores, em vez de operações complexas.

30 meses em 5

Não entendeu? Damos um exemplo: em 2013, a Natura tinha mais de 1,4 milhões de consultores de vendas, supervisionados por 900 gestores, responsáveis por acompanhar as informações do processo de vendas. Todas deveriam ser transferidas manualmente para o sistema, o que significava várias horas desses gestores gastas em input e revisão de dados.

A ZUP recebeu o desafio de construir uma estratégia mobile que simplificasse esses processos e tornasse possível a coleta e inserção de dados digitalmente. Para solucionar o problema, a empresa conectou mais de 20 softwares com linguagens de programação diferentes. O que, cotado por consultorias de TI, era previsto como um projeto de 30 meses, durou apenas 5 meses.

Além da Natura e da própria Algar, onde nasceu a ideia, a base de clientes da ZUP já inclui empresas como Estadão, Vivo e Santander.

Superando desafios em nova etapa

Não há empresa no Brasil que faça o que a ZUP faz com a mesma finesse. Mas desafios são constantes, independente do estágio de maturidade do negócio. Bruno Pierobon, Gustavo Debs, Flavio Zago e Felipe Almeida ainda enfrentarão vários para continuar crescendo, mas agora com uma força a mais. Por atenderem critérios de capacidade de execução, diferencial claro, potencial de escala e perfil dos empreendedores, os quatro acabam de se tornar os mais novos Empreendedores Endeavor!

Bruno, Gustavo, Flavio e Felipe passaram por diversas etapas e foram avaliados pelos maiores especialistas em negócios do país até serem aprovados, no último dia 07/08, no 60º Painel Internacional de Seleção (ISP) em São Francisco, EUA.

O processo de seleção da Endeavor acontece continuamente e tem duração média de nove meses. Só em 2014, mais de duas mil empresas foram avaliadas no Brasil, 300 foram entrevistadas e apenas 8 conseguiram a aprovação final. O objetivo é selecionar os empreendedores e negócios de maior impacto do país e apoiá-los com conexões transformadoras, para que eles cresçam em geração de emprego e renda, se tornando exemplos ainda mais inspiradores para as futuras gerações.

Sonho Grande

Com base em Uberlândia e 40 engenheiros de alta performance, a ZUP tem combatido a fuga de cérebros e diversificando a economia fora do eixo Rio-São Paulo. Seguindo adiante, o objetivo é transitar de um modelo B2B para B2C: a empresa quer tornar sua plataforma acessível a qualquer desenvolvedor pelo mundo, independente se estão programando de escritórios apertados ou do porão de suas casas.

Os sócios acreditam que empresas do futuro serão aquelas capazes de navegar pelo novo ambiente digital com elegância.

Por aqui, não temos dúvida de que a própria ZUP é uma empresa do futuro. Não só do tipo que evolui com a tecnologia, mas que permite que todo o país evolua junto – trabalhando na nuvem, mas com os pés no chão.

Leia mais:

Porque a saúde não pode esperar na fila: a solução do Dr. Consulta para curar o sistema

Uma câmera na mão e uma ideia (empreendedora) na cabeça: conheça o CERS

Rivais no futebol, hermanos no churrasco: Pobre Juan e a história empreendedora da parrilla argentina no Brasil

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

3 Comentários

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. Marconi Tarso - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Muito bom, depois falamos que não para competir, com as empresas de fora, claro que dá erá só o governo não atrapalhar, já ajudaria muito.

  2. Ilton Garcia - says:

    4 curtidas
     
    Curtir

    O que isso tem de diferente de um ClearingHouse mesmo!?
    Um EndPoint RESTful e vários clients REST em 3 dias está pronto.
    Ainda mais se for tudo JSON ainda sai o App PhoneGAP em mais 2 dias…

  3. Carlos moraes - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Já conhecem o Airbnb de Jantares? http://www.dinneer.com

Parceiros
Criação e desenvolvimento: