Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Como Reter Vendedores e Funcionários

LoadingFavorito

Não deixe passar em branco a oportunidade de comemorar as conquistas do seu time. 

Está cada vez mais difícil manter bons funcionários trabalhando conosco por longo tempo. Vendedores de loja, por muito pouco, mudam de patrão. Profissionais bons são raros e recebem ofertas constantes para mudar de casa. Como alguns, ao sair, levam para a concorrência uma expressiva clientela, é mais barato tentar mantê-los. Além disso, a reposição por outros de igual competência e valor custa caro, leva tempo e significa vendas perdidas. Uma forma de retê-los é criar o hábito de reconhecer publicamente seu trabalho, comemorando as conquistas dos profissionais e do grupo. Isso ajuda a enfatizar e destacar a visão da empresa e de seus valores, além de criar autoestima e senso de pertencimento – somos todos uma grande família.

As comemorações devem ser realizadas em reuniões divertidas e motivadoras e as pessoas que forem receber premiações deverão realmente ser merecedoras de algo. Não crie ambiente falso, que é a pior coisa que você poderá fazer para sua equipe. Não privilegie ninguém que não mereça; em muitos casos é melhor deixar que o grupo escolha seus premiados e até ajudar no sistema de premiação e reconhecimento. Não seja miudeiro quanto a este assunto: se for pra fazer mal feito e com pobreza de estilo, é melhor não fazer nada.

Bolos, champanhas ou aquele churrasquinho no final de semana para comemorar boas vendas, atingimento de metas, lançamento de produtos, campanhas ou a conquista de novos territórios e clientes, fechamento de contratos importantes não devem ser considerados despesas, mas investimentos no moral da equipe. Não deixe passar em branco a oportunidade de comemorar as conquistas do seu time. Shakespeare já dizia: nossos elogios são nossos salários.

E, para ilustrar, uma história do povo Inuit – esquimós que vivem na calota polar ártica: sempre que conseguem uma caça, pulam e vibram de emoção, saem gritando e comemorando a vitória da caça. Dizem que fazem isso porque a deusa da caça pode ficar furiosa caso eles não comemorarem, e esconderá os animais na próxima vez que saírem para caçar.

 

Eloi Zanetti é Consultor e palestrante em marketing, comunicação corporativa e vendas, e também escreveu sobre "manter sua empresa na cabeça da vizinhança."

, Consultor em Marketing e Comunicação
Consultor e palestrante em marketing, comunicação corporativa e vendas. Foi diretor de comunicação do Bamerindus (1979 a 1989). Criador das campanhas O Tempo Passa o Tempo Voa…, Gente que Faz, o Banco da Nossa Terra, entre outras. Na ocasião inovou também a comunicação interna do Banco. Premiado dezenas de vezes. Foi diretor de marketing de O Boticário(1989 a 2000). Idealizador da linha de comunicação da empresa. Pioneira no marketing de relacionamento no Brasil. Primeira empresa a implantar ouvidoria e uma das primeiras em CRMs. Criador do conceito e da implantação da Fundação Boticário de Proteção a Natureza. Estabeleceu os padrões de comunicação da empresa, levando-a a ocupar uma das mais cobiçadas posições de marca no país.
eloizanetti.com.br/blog
twitter.com/eloizanetti

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: