Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

O poder de uma xícara de café e duas cadeiras

LoadingFavorito
poder-xicara-cafe-mentoria

Dicas para você potencializar suas próximas sessões de mentoria.

Certa vez, estava palestrando em um evento sobre empreendedorismo e startups quando recebi a seguinte pergunta de um jovem aspirante-a-empreendedor:

- “Vítor, se você tivesse R$ 100,00 para iniciar novamente o seu negócio, onde você investiria este dinheiro?” 

- “Puxa, 100 pila para iniciar o negócio?” Pensei em voz baixa.

- “Ok, se eu tivesse R$ 100,00 eu investiria em café.”

Todos riram imaginando que eu precisava de um energizante para decolar meu “novo negócio”. Mas não utilizaria como vocês estão pensando —  eu disse. Eu convidaria 10 especialistas em assuntos relacionados ao meu negócio para uma xícara de café e buscaria superar meus desafios por meio de mentoria. As risadas foram substituídas por cabeças balançando para cima e para baixo.

Continuei explicando o impacto da mentoria na vida do empreendedor e a importância de estarmos cercados de pessoas que possuem intenção genuína de nos ajudar.

No entanto, mentores podem ser heróis ou vilões. É importante entender que depende apenas de você, mentorado, tornar o mentor seu amigo ou inimigo.  Saber escolher quem te mentora e se preparar para ter mentorias produtivas é o primeiro passo para conseguir superar desafios e conquistar seus objetivos.

Leia também: O poder da mentoria: conexões que fazem a diferença

Neste artigo, irei compartilhar os principais aprendizados que tive como mentor e como mentorado na Contabilizei Contabilidade Online durante as sessões da Endeavor. Eles estão divididos em 3 momentos: Pré Mentoria, Durante e Pós Mentoria.

1. Pré Mentoria

A preparação para a mentoria é tão importante quanto a conversa em si. Na verdade, a sua preparação ditará o sucesso da mentoria. Veja o porquê.

  • Procure pessoas certas para te apoiar

Tudo começa na escolha do mentor. Não adianta você sair catando qualquer empreendedor ou executivo de sucesso. É preciso avaliar o contexto e tipo de desafio que você está enfrentando no momento. Se você está com desafio de entender como fazer seu negócio conquistar seus primeiros clientes, não procure um executivo de alto escalão em uma multinacional, ele dificilmente irá agregar muito neste desafio. É bem provável que um empreendedor que obteve recentemente a tração inicial do seu negócio possa ter mais sucesso em te ajudar.

Outro detalhe importante: procure um mentor que está na mesma indústria que você. Conquistar os primeiros clientes em uma empresa de ecommerce é um desafio totalmente diferente de uma empresa de software de serviços (SaaS — software as a service).

  • Conheça bem o seu mentor

Para tirar melhor proveito das sessões de mentoria, investigue tudo sobre o mentor. Por quais empresas passou, o que tem falado na mídia, participação em eventos, outros mentorados e quais são os mentores dele. Não adianta: se você sabe pouco sobre o mentor, pouco poderá explorar dele. Dedique uns 10–15 minutos e dê um google “fulano de tal”, aproveite e clique em “news” no google, visite seu perfil no LinkedIn, Facebook e Twitter.

  • Preparação é tudo

Além das dicas acima, é super importante que você organize seus pensamentos e defina exatamente o que quer alcançar durante a sessão de mentoria. Seguem algumas sugestões de agenda que utilizo quando sou mentorado:

I. Quais são meus desafios atuais?

II. Como este mentor pode me ajudar? Qual experiência ele teve que pode ser útil explorar?

III. Qual a minha expectativa com a sessão de mentoria?

Lembre que o seu cérebro não foi feito para guardar informações, mas sim para processá-las e ter criatividade na busca de soluções dos desafios. Por isso, anote tudo em um caderno ou computador. Ah, e por favor, nem pense em sacar o seu smartphone e começar a tomar notas. O mentor irá pensar que você esqueceu seus meios de anotação e está dando um jeitinho.

2. Durante a Mentoria

Você encontrou a pessoa certa, pesquisou sobre como ela pode te ajudar e anotou os principais objetivos e resultados esperados da sessão? Ótimo, agora é hora de agir e buscar o conhecimento.

  • Comece com suas expectativas de resultados

Cansei de mentorados iniciarem a sessão com perguntas genéricas e sem pretensão alguma. “E aí, como está a Contabilizei?”, “E aí, está na correria?”, “Nossa cara, me conta como conseguiu ter sucesso com a Contabilizei?” Esses são indícios que a pessoa não se preparou para sessão e somente quis surfar a onda e dizer “Eu tenho sessão de mentoria com fulano, beltrano e ciclano”.

Você é diferente e tenho certeza que vai começar a sessão dizendo o porquê solicitou a atenção do mentor, explicando suas expectativas e a agenda da sessão. Isso fará toda diferença. Não somente pela percepção do mentor de que você é diferente mas também de que a conversa tem tudo para ser produtiva para ambas as partes .

  • Conte os seus desafios e objetivos

Um erro muito comum é o mentorado perguntar ao mentor como ele venceu determinado desafio. As perguntas que geralmente me fazem é “como você montou o Contabilizei?”, “quais os desafios que você teve logo no início?”, “como você promoveu a disrupção na indústria contábil?”.Embora seja muito legal entender como o mentor venceu seus desafios, esse tipo de pergunta são unilaterais e só serão úteis caso o mentorado tenha desafios semelhantes.

Por isso, explique claramente os desafios e o que está buscando atingir, só assim o mentor consegue se colocar no seu lugar e utilizar toda experiência e conhecimento adquiridos para oferecer conselhos compatíveis com o objetivo a ser conquistado.

  • Mais auto-conhecimento, menos respostas prontas

Outro ponto muito relacionado a dica anterior é que mentor bom te faz mais perguntas do que dá as respostas . Esteja pronto para receber perguntas cabeludas e e ter o sentimento de “Puxa, nunca tinha pensado nisso sobre esse foco”. Afinal, é isso que você está procurando, não?

“Você não pode ensinar nada a um homem; você pode apenas ajudá-lo a encontrar a resposta dentro dele mesmo” —  Galileu Galilei.

  • Mentoria não é bate papo

Outra situação muito comum é do mentorado acreditar que a mentoria é apenas uma simples conversa: basta agendar o horário, pedir o café e iniciar o bate-papo, e não é. Já participei de muitas sessões onde o mentorado simplesmente aparecia, fazia perguntas e agradecia o meu tempo. Em nenhum momento tomou qualquer nota sobre pontos a explorar, ações para tomar na empresa etc.

Convenhamos, na era da informação, acreditar que todos aprendizados de uma mentoria ficarão guardadas na memória e serão facilmente acessadas posteriormente é uma grande ironia. A mentoria é uma grande oportunidade para sair com muitas ações e próximos passos.

3. Pós Mentoria

Então você recebeu a mentoria, anotou suas ações e está preparado para os próximos passos. E agora? Entenda a seguir como ir além da execução.

  • Mantenha seu mentor informado

Se você está realmente preocupado com o seu desenvolvimento e relacionamento com o mentor, você efetuará o feedback dos resultados. Isso traz grandes benefícios:

# Você processa e avalia os resultados, ajustando se necessário;
#Passa a mensagem ao mentor de que realmente está interessado em se desenvolver;
# O mentor tem a oportunidade de aprender com você e interioriza o aprendizado. Para o mentor, é extremamente importante entender como foram as implementações dos pontos discutidos na mentoria. Com isso, ele entende como pode te ajudar ainda mais nos próximos passos.

  • Avalie o seu mentor

Antes de avaliar o seu mentor, vou listar aqui algumas características que um mentor deve ter:

  1. Dar conselhos livres de interesse;
  2. Ser verdadeiro e ir direto ao ponto;
  3. Manter a confidencialidade sobre os assuntos abordados;
  4. Abrir portas para você e seu negócio;
  5. Evita falar “faça isso” ou “não faça aquilo”;
  6. Te desafiar a sair da zona de conforto.

E então? O mentor apresentou as características acima? Ele te forneceu o direcionamento esperado? Caso você acredite que ele poderia ter sido melhor em alguma coisa, forneça o feedback para ele. O mentor nunca é dono da verdade e deve sempre buscar ser melhor a cada sessão. Apenas lembre que o mentor não tem responsabilidade em solucionar os seus problemas :)

  • Liste seus aprendizados como mentorado

Após a sessão de mentoria, consolide o seu aprendizado. Esse é um dos passos mais importantes do processo, pois estará desenvolvendo e aperfeiçoando o seu auto-conhecimento. Repasse os momentos pré e durante a mentoria para entender o que você pode fazer melhor na próxima vez.

Leia também: Mentoring: para você chegar lá com quem conhece o caminho

Realizou o planejamento corretamente? Faltou alguma pergunta? Esqueceu de mencionar algo? O mentor ficou com dificuldade de entender o seu desafio? Guarde essas respostas junto às anotações que você fez durante a sessão. Quando estiver se preparando para a próxima mentoria, basta retomar essas questões.

Conclusão

Espero que as dicas tenham te deixado mais preparado para receber mentoria. Se é a primeira vez que está buscando apoio nos seus desafios, ótimo, já pode começar com o pé direito. Ou, se está passando por este valioso processo, aproveite para surpreender seu mentor adotando uma nova postura em sua próxima sessão. E aí? Comente o que achou das dicas e se você possui outra para complementar ao artigo.

O conteúdo original você encontra aqui.

, Contabilizei, Ceo & Cofundador
Vitor Torres é formado em Administração de Empresas, atual cofundador e CEO da Contabilizei Contabilidade Online e Empreendedor Endeavor. Vitor é empreendedor aventureiro desde sua infância e sua trajetória é repleta de desafios e aprendizados ao promover a maior inovação na tradicional indústria contábil das últimas décadas.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. 0 curtidas
     
    Curtir

    Quer matar a experiência do usuário é eu ter digitado minha pergunta/comentário com algumas linhas e após o clique no “enviar” eu ter que ser registrado e perder tudo que foi digitado anteriormente. Deixem habilitado para o usuário fazer um comentário somente após a sua devida identificação. #uxFail #ficadica

    Como é calculado o ciclo da mentoria? Objetivos alcançados X algum período X mentor ?

Parceiros
Criação e desenvolvimento: