Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Como está o Empreendedorismo no Brasil: Problemas e Soluções

LoadingFavorito
Como está o Empreendedorismo no Brasil Problemas e Soluções

Empreendedorismo: quais são os problemas e soluções para os nossos empreendedores? Saiba o que precisamos para que o empreendedorismo cresça ainda mais!

O brasileiro está perdendo, aos poucos, o medo de se tornar dono do próprio negócio. Quem ainda tem receio dessa escolha, pode começar a pensar com mais entusiasmo na possibilidade. O empreendedorismovem crescendo no Brasil, muito em decorrência da amplitude da disponibilidade de recursos para quem precisa de um primeiro empurrão no desenvolvimento de sua empresa, como também a oportunidade de se explorar novos negócios no cenário nacional.

Apesar desse crescimento visível, ainda existem alguns pontos que podemos e devemos melhorar para que o empreendedor brasileiro tenha condições de conquistar resultados ainda melhores em seus investimentos. Afinal, o empreendedorismo é uma das formas mais justas de se chegar a uma satisfação pessoal e profissional, e está mais do que provado que o seu papel na criação de empregos, desenvolvimento de cabeças pensantes e participação ativa na economia são fatores positivos para o crescimento do país como um todo.

Busca por conhecimento no empreendedorismo

Certamente esse é um dos itens primordiais para que a grande maioria das empresas brasileiras sucumba ou não conquiste resultados relevantes após algum tempo de existência.

Um dos motivos da falta de proatividade pode estar ligado a pouca compreensão que muitos jovens empreendedores têm sobre as novas formas de adquirir recursos, apoio e conhecimento através de iniciativas públicas e privadas. Segue aqui uma pequena lista de lugares que ajudam os empreendedores:

1. SEBRAE: nenhum país do mundo tem uma instituição de promoção ecom tanta penetração geográfica e variedade de programas como o SEBRAE tem no Brasil;

2. Governo: o Governo Federal e os Estados possuem programas estruturados para apoiar ou financiar empreendedores: Startup Brasil, FAPESP, SEED, FINEP e BNDES são algumas iniciativas;

3. Bancos: o seu banco é o maior interessado em fazer o seu negócio crescer. Vários bancos comerciais possuem programas de desenvolvimento para empreendedores em que todos saem ganhando;

4. Aceleradoras: mais fácil de encontrá-las em cidades grandes, essas organizações apoiam as empresas com mentorias, espaços compartilhados e até com ajuda em capital, em alguns casos;

5. Endeavor: e, claro, nós também! Os vídeos e artigos disponíveis no Portal ajudam os empreendedores de todos os cantos do país. São diversos conteúdos relevantes para o crescimento empresarial do empreendedor, além de cursos online e programas de aceleração e apoio a empreendedores.

Os impostos atacam o caixa do empreendedor

Considerada a taxa mais alta do mundo, os impostos que os empreendedores precisam pagar são tão complexos que se torna mais do que necessário ter um auxílio profissional para essa questão.

Segundo o IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), o número de novas normas tributárias, por ano, passam de 11.500.  Por isso, ter um planejamento tributário bem equilibrado com os ganhos e gastos da empresa deve ser uma tarefa feita com muita qualificação.

Mesmo com a criação do “Simples”, sistema de pagamentos de impostos facilitado para micro e pequenas empresas, o caminho ainda precisa ser muito melhor. Mesmo com o avanço do “Simples”, muitas empresas não podem optar pelo sistema e, então, têm de encarar obrigações assessórias diversas, diferentes impostos municipais e estaduais e processos burocráticos nem sempre claros.

Apesar de esse desafio ser um dos que mais afastam e limitam os empreendedores, não pode ser desculpa para colocar em prática seu investimento. Afinal, um projeto bem planejado, de boas ideias, não será abatido pela cobrança excessiva de impostos – que, é sempre bom lembrar, vale pra todos.

Além de melhorias e conhecimento, precisamos de inovação e resiliência

Segundo pesquisa feita pelo GEM (Global Entrepreneurship Monitor), apenas 11% dos brasileiros consideram que seus negócios são inovadores. Isso acaba englobando um pouco de todas as questões relacionadas anteriormente. A falta de conhecimento de como adquirir novos incentivos, de pesquisa de mercado, interação com o que acontece no mundo afora e persistência de se investir em um projeto que tenha pilares sólidos afastam a vontade para se colocar em prática ideias bacanas.

O empreendedorismo vive de cabeças pensantes, e a persistência para que a cultura empreendedora esteja enraizada em nosso país já começou. Cabe a você colocá-las em prática, pois as ferramentas disponíveis esperam por ideias geniais. Vamos por a mão na massa?

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: