Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Como encontrar os co-fundadores certos?

LoadingFavorito
Como encontrar os co-fundadores certos?

Como você poderia descobrir qual seria a mistura certa de habilidades que os co-fundadores de sua startup deveriam ter? Surpreendentemente, se você preencheu direitinho seu Business Model Canvas, você já sabe do que precisa.

Eu estava tomando café da manhã com Radhika, um ex-aluno de graduação, que queria compartilhar o progresso de sua pesquisa com consumidores com os clientes de sua startup de hardware. Assim, ela começou a traçar seu Business Model Canvas (modelo de negócios Canvas) em um guardanapo, mas rapidamente a conversa foi deslocada para o que realmente estava em sua mente. “Depois de ler o seu artigo sobre ‘Por que os fundadores devem saber como codificar’, fiquei com a impressão de que as startups que lidam com web e tecnologia móvel tinham uma grande vantagem. Parece que seus empreendedores já sabem de antemão que a combinação certa de habilidades para sua equipe seria: um programador, um gestor mais ativo e um designer. Contudo, o que dizer de nós, as startups de hardware? Tentar descobrir qual o conjunto ideal para os co-fundadores não é algo tão claro. Como faço para decidir o que preciso ter a bordo logo no primeiro dia? Quem posso contratar mais tarde? E o que posso terceirizar?”

As habilidades dos co-fundadores são a primeira derivada do Modelo de Negócios Canvas

Eu disse à Radhika que esta é uma questão perene para startups. Eu tinha lutado com um problema como esse por anos. E, à medida que o tempo passa, cada capitalista de risco desenvolve seu próprio instinto para o que compõe uma grande equipe em sua indústria. Eu disse: “Se você já preencheu seu Modelo de Negócio Canvas, você já sabe do que precisa em sua equipe de base, a resposta está nos olhando a cara.”

Ela olhou ainda um pouco confusa, então eu continuei a explicar…

Uma das virtudes de usar os Modelos de Negócios Canvas como parte do programa de configuração de uma startup é que eles ajudam a enquadrar cada uma de suas nove hipóteses críticas.

Enquanto a maior parte da atenção no início de uma startup é voltada para encontrar o ajuste ao mercado do produto (o jogo entre proposição de valor e segmento de clientes, bem no lado direito da tela Canvas), é o lado esquerdo da tela que vai dizer o que sua equipe de co-fundadores deveria ter.

Entendendo as atividades e recursos que vão ajudá-lo a especular sobre seu time

Sugeri à Radhika que começasse a olhar para a parte de seu Canvas chamada “atividades-chave”. O item “Atividades” é onde você define as coisas mais importantes que sua empresa deve fazer a fim de que o resto de seu negócio funcione. As atividades determinam a expertise única que a empresa tem que apresentar para entregar sua proposta de valor, seus clientes, os canais, o relacionamento com os clientes e/ou a receita.

Se você inicia uma startup, é comum ficar confuso sobre esta etapa.

Nós não precisamos saber as atividades para um plano de cinco anos, mas apenas listar as atividades necessárias para alcançar um marco importante logo.

Por exemplo: um fluxo de caixa positivo, seu primeiro milhão de usuários, mais contatos subscritos ou aprovações, etc.

Dessa forma, se você, por exemplo, está construindo um aplicativo móvel, suas principais atividades em seguida serão: desenvolvimento do software do aplicativo, seu design de interface dos usuários e, depois, as habilidades de criar a demanda para o produto. Ou, se estiver construindo eletrônicos de consumo de massa, suas atividades-chave podem ser: o design de baixo custo de hardware, o alto volume de fabricação, o design de interface do usuário, marcas de consumo e distribuição no varejo. Para os dispositivos médicos, as atividades poderão ser: a engenharia mecânica, os ensaios clínicos, a aprovação regulamentar, liberdade para operar (propriedade intelectual) e a descoberta de uma boa estratégia de reembolso.

E o que isso tem a ver com a equipe co-fundadora?

Depois de estabelecer quais são as atividades que sua empresa precisa totalizar no ambiente de trabalho, a próxima pergunta a ser feita é: “como é que essas atividades serão realizadas?” Ou seja, quais serão os recursos que se precisa para fazer tais atividades acontecerem? A resposta a essa pergunta é o que vai para a caixa “Recursos” na sua tela do modelo Canvas (e se terceiros, fora de sua empresa, estão se agindo como fornecedores desses recursos, você deve ir para a caixa “Parceiros”).

Por exemplo, na web e para os aplicativos móveis, a maioria dos recursos necessários corresponde a pessoas simplesmente: um desenvolvedor do sistema (o programador), um designer de interface de usuário, mais alguém para liderar essa equipe e criar a demanda do cliente, além de gerir o capital (o administrador geral).

Em startups de dispositivos médicos, tais recursos são: expertise na ciência básica, design industrial, fatores humanos, gerenciamento de organizações de pesquisa contratadas, reembolso, Propriedade Intelectual, e alguém para liderar a equipe, levantar capital e estabelecer parcerias estratégicas. Por isso, a equipe ideal, neste caso, pode ser composta por um médico; um engenheiro; um operador; e um desenvolvedor de negócios ou analista financeiro.

Será que estamos perdendo um fundador?

Uma vez que você já descobriu as atividades e os recursos, você pode, então, perguntar:

“Se estas atividades são cruciais na construção de nossa empresa, e esses recursos são as habilidades críticas de pessoas necessárias para fazê-las acontecer, será que alguém que faça parte da equipe fundadora traz essas habilidades?”

“Será que estamos perdendo o potencial de um dos fundadores? Ou podemos terceirizar essas atividades para parceiros?”

Radhika assentiu. “Eu entendo”, ela disse. “Compreendendo as atividades e os recursos, serei capaz de identificar e priorizar os conjuntos de habilidades as quais vou precisar, mas o que dizer sobre as características individuais das pessoas – resiliência? tenacidade? agilidade? trabalho em equipe? O quanto de valor eu deveria colocar nos co-fundadores com quem eu trabalhei antes?”

Eu sorri e disse: “Primeiro, descubra de que você precisa, então podemos tomar um outro café.”

Lições aprendidas:

  • Descobrir a melhor equipe de co-fundadores começa com uma listagem das atividades críticas que trarão o sucesso de sua startup no primeiro ano ou pouco mais que isso.
  • Em seguida, pergunte a si mesmo: quais os recursos humanos que são necessários para fazer essas atividades acontecerem?
  • Essas habilidades podem ser terceirizadas em parcerias de mercado ou são parte integrante do DNA da empresa?
  • Se elas são parte integrante do DNA (e do sucesso das atividades da empresa), devem estar dentro de sua equipe de co-fundadores.

Artigo originalmente publicado no blog do Steve Blank

Leia mais:

Como utilizar o modelo canvas em seu negócio

Os 9 pecados capitais das startups

Aprenda a fazer um bom acordo de acionistas

 

Steve Blank é um empreendedor serial que se tornou educador e está mudando a forma como startups são construídas e como empreendedorismo é ensinado. Ele criou a metodologia Customer Development (Desenvolvimento de Cliente), que gerou o movimento Lean Startup, e escreveu sobre o processo em seu primeiro livro, Os Quatro Passos para a Epifania. Seu segundo livro, Startup: Manual do Empreendedor, é um guia passo a passo para montar um negócio de sucesso. Blank já deu aula em Stanford University, U.C. Berkeley, UCSF, NYU, Columbia University, the National Science Foundation e the National Institutes of Health. Ele escreve regularmente sobre empreendedorismo em www.steveblank.com.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
  1. Cleberson Honda - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    Muito bom ! Eu sempre acompanho !

Parceiros
Criação e desenvolvimento: