facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Banco do Empreendedor do Paraná dá crédito estimulando o crescimento das empresas

LoadingFavorito
Banco do Empreendedor do Paraná dá crédito estimulando o crescimento das empresas

Em fevereiro de 2012, o Governo do Paraná criou o Banco do Empreendedor, uma ação para alavancar o desenvolvimento econômico do estado através do apoio às micro e pequenas empresas. Ligado à Agência de Fomento do Paraná, o Banco do Empreendedor foi o meio encontrado para expandir o programa Bom Negócio, que visa à capacitação técnica de empreendedores, e que vinha tendo bons resultados na capital do estado. Com essa iniciativa, o governo estadual conseguiu expandir o apoio para o restante do estado e prover uma solução mais completa, uma vez que a oferta de crédito, junto à capacitação técnica, seria crucial para o desenvolvimento econômico.

Diferentemente de instituições financeiras tradicionais, o Banco do Empreendedor não cobra taxas adicionais e não visa lucro, apenas o desenvolvimento de novos negócios na região – os juros da operação são usados apenas para cobrir os custos da operação. As taxas de juros mensais variam de 0,55% a 1,07% – o Itaú, por exemplo, maior banco privado do Brasil, tem taxas pré-fixadas para capital de giro de 2,13% ao mês, por exemplo. Além da classificação de risco de cada empresa, outro motivo que justifica a amplitude da taxa de juros é a subvenção de 5% ao ano paga pelo Governo do Estado do Paraná. Para obter o desconto, a empresa deve atestar que é uma boa credora, com pagamentos em dia, e participar de cursos de capacitação promovidos por parceiros da Fomento Paraná, além de manter ou aumentar a quantidade de empregados no decorrer do prazo do financiamento, o que demonstra a intenção do programa em incentivar o crescimento dos empreendedores beneficiados.

O Banco do Empreendedor trabalha com quatro linhas de financiamento, para capital de giro (mercadorias e matérias-primas) e/ou investimento fixo (obras, reformas, etc.):

Linhas_BancoDoEmpreendedor

Entre os parceiros que promovem a capacitação técnica dos empreendedores estão associações comerciais, a FECOMERCIO e o sistema FIEP, entre outros. O próprio Programa Bom Negócio, com cursos e consultorias gratuitas, também é um parceiro na capacitação. Com a diversidade de seus parceiros e o estímulo financeiro à capacitação técnica, o Banco do Empreendedor garante um apoio completo aos empreendimentos que aderem à iniciativa.

Desde seu início, o Banco do Empreendedor tem tido grande evolução em suas operações. O volume de crédito em 2013 foi de R$ 72,2 milhões, um aumento de 172% em relação a 2012, totalizando quase 3.000 clientes atendidos, com um ticket médio aproximado de R$ 25.000,00. O nível de inadimplência da operação é extremamente baixo, cerca de 0,05% – para comparação, em 2013 a inadimplência do Itaú foi de 3,7%. A capacitação aliada às taxas menores de juros é um dos motivos que explica a baixa inadimplência: “O empreendedor capacitado diminui o risco do Banco, por que ele melhora o investimento que faz na empresa. Se o negócio do nosso cliente dá certo, o banco também dá”, diz Alexandre Teixeira, diretor de Mercado e Relações Institucionais do Banco do Empreendedor.

Ainda assim, o número de munícipios atendidos pelo Banco do Empreendedor corresponde somente a 70% do total paranaense. Por isso, atualmente, a principal preocupação dos gestores do banco é aumentar a capilaridade das operações do Banco, desenvolvendo a economia local e melhorando o nível de vida da população. “A cada real investido pelo Banco do Empreendedor, outros 10 reais giram indiretamente na economia dos municípios. É dinheiro novo, que o empreendedor não tinha acesso, transformando os menores municípios do Paraná”, completa Teixeira.

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. ARY FILLER - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    ESTA INICIATIVA É EXTREMAMENTE INTELIGENTE , PRAGMÁTICA , SIMPLES DE SER IMPLEMENTADA , E NOS SUGERE UMA CONSTATAÇÃO ÓBVIA : ELA DEVERIA SER REPLICADA IMEDIATAMENTE EM TODO O PÁIS !!!

    OS CONCEITOS DO ” BOM NEGÓCIO “, E DO ” BANCO DO EMPREENDEDOR ” , PODERIAM SE TORNAR A MELHOR ” PORTA DE SAÍDA ” DO BOLSA FAMÍLIA , ALIANDO CRÉDITO E CAPACITACÃO !!

    ARY FILLER

Parceiros
Criação e desenvolvimento: