facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Quanto você precisa faturar para zerar os gastos da sua empresa? A resposta é o breakeven point

LoadingFavorito
Quanto você precisa faturar para zerar os gastos da sua empresa? A resposta é o breakeven point

O breakeven point é mais do que um mero dado de contabilidade. É um indicador fundamental da viabilidade do seu negócio. Conheça mais e descubra como calculá-lo aqui.

Se você é um empreendedor de primeira viagem – que está no início de algum negócio, é provável que já tenha passado pela seguinte situação: em uma conversa informal com amigos, conta, empolgado, sua ideia. Os amigos, alguns entre os quais já da área, te felicitam pela iniciativa. Empolgando-se também, começam a fazer perguntas mais técnicas e específicas; como, por exemplo, “qual o faturamento para você atingir o breakeven?”

Mas não temas! Estamos aqui para te ajudar. Não apenas a responder perguntas como estas, mas a entender melhor conceitos fundamentais de qualquer operação financeira. E o breakeven point está entre eles.

Bem observado. O que é breakeven point?

Em poucas palavras, é o ponto de equilíbrio de uma empresa.

É como o mercado se refere ao momento em que o total das receitas é igual ao total dos gastos (custos e despesas).

Quando uma empresa atinge o breakeven point, seu resultado, ou lucro final, é igual a zero. Então, a pergunta do seu amigo se referia ao nível de faturamento exigido para que seu empreendimento atinja precisamente este ponto de equilíbrio, o breakeven point.

Por que é tão importante? É fácil encontrá-lo?

Conhecer o breakeven é fundamental porque assim você terá uma noção precisa da viabilidade do seu negócio. É um ponto de referência do planejamento e da execução de suas atividades, já que, ao conhecê-lo, você consegue entender claramente o nível de vendas necessário para cobrir todos os custos envolvidos em sua operação. É a partir do breakeven que seu empreendimento pode começar a dar lucro.

Porém, encontrá-lo não é tão simples quanto se imagina. De acordo com este artigo do especialista e auditor financeiro Paulo Sérgio Dortas, para calcular o breakeven, é comum que empreendedores considerem apenas os custos diretos envolvidos na elaboração de um produto ou serviço, como matéria-prima, folha de pagamento, impostos etc.

Entretanto, além destes, devem ser levados em conta os custos que causam impacto na rentabilidade do seu negócio. Para isso, é fundamental que você conheça bem as relações entre suas receitas e seus custos. É imprescindível que saiba exatamente quais custos aumentarão ou se manterão quando houver aumento no volume de vendas, bem como qual o preço praticado para que recupere seus investimentos.

Para Dortas, este processo de entendimento passa pelo conhecimento de cada um dos aspectos que compõem o cálculo do breakeven point. São eles:

_Custos variáveis: os custos variáveis correspondem basicamente a todas as despesas para produzir seu produto ou para executar seu serviço. Ou seja, relacionam-se em proporção direta ao desempenho das suas vendas: quanto mais você vender, maiores serão seus custos variáveis.

_Custos fixos: alguns custos se mantêm, independentemente do seu volume de vendas. Alguns exemplos de custos fixos:

- Aluguéis de escritórios, lojas, armazéns, fábricas ou outras instalações;
- Salários base e os salários dos empregados, planos de benefícios a empregados, contratos de manutenção, contratos de serviços de limpeza e segurança, contratos de publicidade;
- Seguros;
- Custos de utilidades, como eletricidade, gás, água e esgoto;
- Custos de linhas fixas de telefone ou de telefone celular;
- Conexão com a internet, o custo mensal de um domínio e site;
- Impostos de bens móveis e imóveis; e
- Licenças e autorizações;

_Vendas: correspondem ao montante obtido pela comercialização dos seus produtos ou serviços. São exemplos de custos variáveis:

- Matérias-primas e suprimentos;
- Frete;
- Aluguel de máquinas, equipamentos e ferramentas para trabalhos específicos;
- Combustível;
- Horas extras do salário de empregados;
- Contrato de trabalho temporário;
- Reparos e manutenção, material de escritório;
- Chamadas telefônicas;
- Despesas de viagem; e
- Comissões de vendas.

_Margem de contribuição: representa o custo variável necessário para produzir uma unidade. Determiná-la é bastante simples: basta que você subtraia os custos variáveis do valor de venda. A margem de contribuição representa quanto cada produto gera para cobrir as despesas fixas e a margem de lucro. Serve também como parâmetro para você definir quanto precisa receber para pagar os custos adicionais ao investimento já existente: os custos fixos.

E como realizo o cálculo do breakeven point?

Uma vez de posse de todos os dados acima, basta aplicá-los a uma fórmula simples: o valor dos Custos fixos deverá ser dividido pelo resultado obtido pela divisão dos custos variáveis divididos pelas vendas e subtraído de 1.

A título de exemplo, vamos supor que seu empreendimento consista na produção de produtos de beleza para um nicho específico de mercado. E vamos assumir que seus números sejam os seguintes:

Custos fixos: R$ 5.000,00
Custos variáveis: R$ 2.000,00
Vendas: R$ 10.000,00

Assim teríamos:

R$ 5.000,00/ (1- R$ 2.000,00/ R$ 10.000,00), obtendo como resultado R$ 6.250.

Sendo assim, R$ 6.250,00 seria o valor mensal de faturamento que determinaria o ponto de equilíbrio na operação, onde os lucros são nulos, tornando-se positivo para valores superiores e negativos para valores inferiores.

É importante ter em mente que o breakeven representa a situação financeira da sua empresa em um determinado momento, levando em conta o preço do produto ou serviço e os custos fixos e variáveis que existem nesta circunstância específica. Assim, qualquer alteração nestes elementos vai mudar o resultado final do ponto de equilíbrio.

Onde posso me informar mais?

Este artigo do portal Capital Social traz mais informações sobre breakeven point.

Já que estamos no assunto, este artigo traz seis dicas para você ter um fluxo de caixa mais saudável.

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: