Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

Tudo sobre a estrutura da Alphabet, nova empresa do Google

LoadingFavorito
Tudo sobre a estrutura da Alphabet, nova empresa do Google

Na semana passada, o Google anunciou que se tornou mais enxuto e que criou uma nova empresa para cuidar de seus negócios não relacionados à internet, a Alphabet.

Na prática, o Google Inc. se transformará em Alphabet Inc. Com a mudança, Larry Page deixa de comandar o Google, que será presidido por Sundar Pichai, e assume a direção da holding.

Além do site de buscas, continuam sob a administração do Google o Ads (braço de anúncios para web), os aplicativos (como o Chrome), o Android e o YouTube e o Google Maps. As demais divisões passam a ser geridas diretamente pela Alphabet, que também supervisionará o Google.

Veja como ficou o organograma da nova empresa e, abaixo da ilustração, entenda o que faz cada uma das subsidiárias que deixam de integrar o Google.

alphabet

Nest

A Nest é o braço da Alphabet com foco na internet das coisas, ou seja, no desenvolvimento de dispositivos conectados à internet. ela foi criada por Tony Fadell, um dos criadores do iPod. Depois de deixar a Apple, Fadell construiu a empresa, que teve destaque ao criar um termostato inteligente. Ele continua no comando da companhia.

A Nest protagonizou uma das maiores aquisições da história do Google. O negócio foi fechado por 3,2 bilhões de dólares, no ano passado.

Sidewalk

Um dos projetos mais recentes do Google, o Sidewalk Lab foi fundado em junho deste ano para criar ambientes melhores em centros urbanos.

Sua primeira missão será substituir orelhões de Nova York por totens de alta tecnologia. Seu presidente é Dan Doctoroff, que já comandou a Bloomberg e assumiu cargos públicos em Nova York.

Access and Energy

Criada em junho, a Access and Energy é a divisão da Alphabet responsável por levar o acesso à internet a todos os cantos do mundo.

Fazem parte dela, por exemplo, o Google Fiber, que oferece internet banda larga por meio de fibra ótica e o Project Link, que constrói redes desse tipo na África; além do Project Loon, que quer levar a web a lugares remotos com a ajuda de balões e do Google Green, programa de energia renovável da empresa.

A Access and Energy é presidida por Craig Barrat, que já comandou a Atheros Communications, que hoje pertence à Qualcomm.

X

O “Google X” é a incubadora de projetos da Alphabet. O laboratório de desenvolvimento continuará sendo administrado por Sergey Brin, que fundou o Google ao lado de Larry Page.

Lá, nasceram experimentos como o Google Glass e o Loon, programa que quer levar internet a lugares remotos por meio de balões. O Loon agora é administrado pela Access and Energy.

Também é dentro do X que fica a divisão de saúde “Life Sciences”, onde foram criadas lentes de contato inteligentes sensíveis à glicose capazes de detectar o diabetes, por exemplo.

Capital

Fundo de investimentos da Alphabet, o Capital tem como missão “investir pessoas apaixonadas pelo potencial da tecnologia de mudar o modo como vivemos”.

Seu presidente é David Lawee. A empresa já investiu em startups como o Duoling (para ensino de idiomas) e Survey Monkey (voltada à criação de pesquisas online.

Ventures

Outro braço de investimentos da Alphabet, o Ventures tem o objetivo de financiar o crescimento de empresas de todos os ramos.

O fundo já alocou capital em mais de 300 companhias como o Uber, a Nest (que agora também pertence ao grupo) e organizações na área de saúde. O ventures oferece a elas apoio nas áreas de design, engenharia, recrutamento e marketing, por exemplo. Seu presidente e fundador é Bill Maris.

Calico

Com estudos e pesquisas sobre a genética e o DNA, a Calico tem o objetivo de entender o envelhecimento e aumentar a longevidade das pessoas.

Segundo a empresa, esse é um dos maiores mistérios científicos. A companhia continuará sendo administrada por Art Levinson.

Artigo originalmente publicado na Exame.com

Leia mais:

Quem é Sundar Pichai, o novo CEO do Google

Deixe seu comentário

Parceiros
Criação e desenvolvimento: