Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

À primeira vista: Negócios de impacto social no Brasil

LoadingFavorito

A partir de um intercâmbio em uma empresa do programa Visão de Sucesso, da Endeavor Brasil, estudante da Universidade de Yale revela o seu olhar sobre o empreendedorismo social no país.

Minha curiosidade em negócios sociais ganhou título profissional quando eu trabalhava em uma empresa de consultoria estratégica para descobrir oportunidades para empresas em diversos setores, como a educação primária não-formal em Bangladesh, serviços médicos de baixo custo na Índia e o mercado de iluminação (off-grid) na África subsaariana. Para ter uma visão operacional desses negócios de impacto social, me inscrevi em um seminário de um ano sobre empresas sociais em países emergentes na Universidade de Yale. Minha equipe passou meses procurando a empresa certa para estudar, mas, depois de apenas algumas conversas com Julia Dias e Camilla Junqueira, do Projeto Visão de Sucesso, uma parceria entre Endeavor, BID e Itaú, nossas passagens foram compradas para o Rio de Janeiro.

Nosso foco era uma startup brasileira de agronegócio: Treebos, que permite aos usuários plantar árvores virtuais online, representando as árvores frutíferas reais que a Treebos planta em pequenas propriedades rurais no Brasil. É um pouco como o jogo Farmville, do Facebook, mas muito mais significativa. A agricultura brasileira e as cadeias de abastecimento são muito ineficientes – até 40% dos alimentos se perdem no transporte e o agricultor recebe apenas cerca de 7% do preço final de mercado. No caso da Treebos, os usuários assistem suas árvores crescerem online e podem comprar assinaturas que fornecem frutas, provenientes dessas árvores ou de fazendas orgânicas locais, para suas casas e escritórios. Isso cria uma nova fonte de capital crowdfunded que os agricultores de subsistência usam para reconstruir seus agronegócios usando métodos sustentáveis ??e aumentando os seus rendimentos.

Nossa primeira impressão marcante foi o próprio fundador, Murilo Ferraz, 34 anos, que viu sua carreira dar muitas voltas, não necessariamente relacionadas. Enquanto adolescente, ele fez uma pequena fortuna organizando shows e festas. Mais tarde, encontrou-se como dono de um consultório de ginecologia. Alguns anos se passaram e ele estava em meio às zonas de conflito na floresta Amazônica como médico do exército. Então, a Treebos aconteceu.

Ele construiu uma grande história de vida, mas isso não é tão surpreendente – empreendedores sociais, seja no Brasil ou no Quênia, muitas vezes buscam diferentes carreiras e experiências antes de encontrar a sua via para o impacto. Eu entrevistei ex-consultores de gestão que agora utilizam plataformas de pagamento móvel para vender lanternas solares em Uganda a baixo custo, li sobre um ex-treinador de boxe que agora trabalha para fazer favelas mais seguras através da educação, financiando essa prática pela venda de equipamentos de treinamento profissional. No Brasil, percebemos uma diversidade semelhante de histórias em suas mais de 20 mil empresas sociais e organizações sem fins lucrativos que atuam na venda de produtos ou serviços.

Eu me perguntava sobre os sistemas que estavam auxiliando as novas carreiras desses empresários. Em nosso primeiro dia no Rio, Murilo apontou para um prédio inteiro que abrigava tais incubadoras – muitas das quais eram as próprias startups, às vezes até competindo com seus orientandos por investimentos! Ele ressaltou a importância de buscar orientação de organizações bem estabelecidas, que contem com vasta experiência empresarial dos próprios funcionários e história institucional. Murilo fala com carinho do seu tempo no Projeto Visão de Sucesso e dos mentores ele encontrou lá.

Empreendedores em mercados emergentes muitas vezes criticam as redes de ‘clientelismo’ e falta de transparência que os afligem. Tendo nascido e sido criado na Índia, isso tudo era muito familiar para mim. Enquanto a maioria dos brasileiros que conheci compartilham sentimento similar, não pude deixar de notar também como surgiu uma rede orgânica de conexões que distribuiu oportunidades cruciais para muitos deles. A rede permite parcerias criativas entre profissionais de diferentes especialidades e mercados quando reunidos sob uma moeda de troca de contatos, muito diferente da cultura de práticas de recrutamento intensivo que eu observei em startups de outros lugares. É assim que uma startup do Espírito Santo encontrou rapidamente uma pessoa com diploma em arte em Connecticut (EUA) disposta a programar pro bono durante uma emergência em seu pré-lançamento.

Poderia ser apenas um erro de tradução, mas Murilo sempre usou a palavra “parceiro” para referir-se aos funcionários. Talvez a natureza pessoal dos negócios no Brasil esteja bem capturada nas assinaturas de e-mail que terminam com “beijos” e “abraços”.

Três semanas explorando uma startup não é experiência suficiente para compreender um setor diversificado e de alto crescimento em um país novo. Mas isso começa a lançar luz sobre como a ideia mundial – de aliviar a pobreza através de lucro e capitalismo – é localizada em culturas sociais e políticas particulares. Enquanto o empreendedorismo social rapidamente ganha audiência na mídia, estudar a Treebos ajudou a acrescentar as nuances de perspectivas macro em um setor emergente.

Abhinav Nayar é estudante de Ética, Política e Economia na Universidade de Yale, e parceiro da Treebos.com. É possível entrar em contato com ele através do e-mail abhinav.nayar@yale.edu

A Endeavor é a organização líder no apoio a empreendedores de alto impacto ao redor do mundo. Presente em mais de 20 países, e com 8 escritórios em diversas regiões do Brasil.

Acreditamos que a força do exemplo é o caminho para multiplicar empreendedores que transformam o Brasil e por isso trazemos aprendizados práticos e histórias de superação de grandes nomes do empreendedorismo para que se disseminem e ajudem empreendedores a transformarem seus sonhos grandes e negócios de alto impacto.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
  1. maria da gloria glorinha - says:

    0 curtidas
     
    Curtir

    estou preciasando de ajuda pra minha empresa estrada da pena 6 cosmos campo grande mgloriasss73@gmail.com

Parceiros
Criação e desenvolvimento: