facebook
Você já se perguntou por que
nosso conteúdo é gratuito?
Somos uma ONG de fomento ao empreendedorismo de alto impacto que capacita
4 MILHÕES
DE EMPREENDEDORES
A CADA ANO
Faça a sua doação e contribua para continuarmos
este trabalho em 2016!

6 etapas do crescimento (e seus desafios)

LoadingFavorito

O principal sonho de um empreendedor, que é crescer o seu negócio, pode também ser o seu maior pesadelo.

Sim, crescer não significa apenas conquistar novos mercados e vender mais, mas fundamentalmente transformar o seu negócio constantemente e velozmente.

Essa transformação, a cada etapa, demandará diferentes competências ao negócio e ao empreendedor. A busca dessas competências pessoais e de colaboradores poderá ser o diferencial entre viver e morrer.

Antever as características e necessidades de cada etapa dos ciclos de vida de uma organização poderá ser a grande ferramenta para vencer esse desafio.

Algumas dessas etapas de crescimento e seus desafios podem ser assim resumidas:

EXISTÊNCIA

A preocupação é sobreviver, a empresa é totalmente administrada pelo empreendedor, há poucos colaboradores, não existem controles formais e o negócio é confundido com o dono e dependente dele.

SOBREVIVÊNCIA

A estratégia é sobreviver. A empresa começa a se organizar, já há necessidade de alguns sistemas formais e gerentes. Surge uma das primeiras crises, que é a necessidade de liderança. A organização ainda confunde-se com o dono que terá que passar a delegar obrigações e poder.

SUCESSO

A estratégia é crescer, manter a rentabilidade e buscar recursos para financiar o crescimento. O empreendedor começa a ter a certeza de que não conseguirá suprir todas as competências necessárias para o crescimento, e que é cada vez menos dono do negócio. Ao mesmo tempo, já superada a crise da necessidade de delegar tarefas, passa a conviver com a crise de ter que lidar com uma grande quantidade de formalizações e busca por profissionais mais qualificados, principalmente os administrativos e financeiros.

DECOLAGEM

A ordem é crescer. Gerentes passam a tomar decisões estratégicas, a figura do empreendedor não é mais decisiva para o sucesso das operações e os sistemas devem ser mais robustos. A crise é o empreendedor saber lidar com o fato de que a sua criação cresceu e que tomará rumos nem sempre definidos por ele. O empreendedor não necessariamente tem o conhecimento de vários de seus colaboradores.

MATURIDADE

Chega a maturidade. O fundamental é melhorar o retorno sobre os investimentos. O estilo de gerenciamento é baseado em equipes, o empreendedor provavelmente estará no conselho e chega a necessidade, que será o diferencial entre a empresa morrer ou sobreviver por gerações – da… REVITALIZAÇÃO

Gestores deverão lembrar qual foi o sonho do empreendedor, e fazer com que gerentes e colaboradores passem a viver esse sonho dentro da organização.

Portanto, empreendedor, saber em que fase a sua organização está e, mais importante, para onde está indo será fundamental para que você consiga antecipar as eventuais crises e buscar as competências necessárias para crescer de forma sustentável.

Mas lembre-se, como todo organismo vivo, as organizações têm as suas particularidades e, não necessariamente essas características serão tão claramente definidas, exigindo análises um pouco mais profundas.

Boa sorte!

 

Carlos Alberto Miranda é sócio-fundador da BR Opportunities, gestora de Private Equity com foco em empresas de rápido e alto crescimento.

, BR Opportunities, Fundador
Carlos Alberto Miranda é sócio-fundador da BR Opportunities, gestora de Private Equity com foco em empresas de rápido e alto crescimento. É Mestre em Administração de Empresas pelo IBMEC RJ. Participou do programa de Gestão e Estratégia para Executivos da Kellog School of Management da Northwestern University, Chicago - USA. Carlos trabalhou durante 21 anos na Ernst & Young, sempre nas áreas de Corporate Finance e Gestão Estratégica. 

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça login para deixar seu comentário sobre este conteúdo
ordernar por: mais votados mais recentes
  1. Ana Umbelino - says:

    1 curtidas
     
    Curtir

    Parabéns pelo texto inovador e coerente. Comecei com um sonho há 21 anos e realmente passei por essas fases. Agora chegou a hora de decolar e amadurecer… Como é difícil adquirir confiança pra isso. As vezes penso que não irei conseguir devido a estabilidade conquistada e falta de profissionais qualificados. Um sócio seria uma boa opção? Como escolher?
    Obrigada.

Parceiros
Criação e desenvolvimento: